Butantan faz novo pedido de uso emergencial de Coronavac

Solicitação desta segunda-feira é referente a outras 40 milhões de doses do imunizante. Dessas, 4,8 milhões já estão prontas

Foto: Divulgação

Jornal GGN – O Instituto Butantan encaminhou nesta segunda-feira, 18, um novo pedido à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial de 40 milhões de doses da CoronaVac, a vacina contra a covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e produzida no Brasil pela entidade paulista. Ainda, de acordo com o governo do estado, 4,8 milhões dessas doses já estão prontas

O pedido de uso emergencial aprovado ontem pela Anvisa é referente as 6 milhões de doses importadas da China, que estão prontas para distribuição. 

“Na manhã de hoje pedimos uso emergencial para todas doses vacinas produzidas no Butantan. A primeira partida chegando a 4,8 milhões, já em disponibilidade na medida que for feita autorização”, disse o diretor do instituto, Dimas Covas, durante coletiva de imprensa.

“Uma vez aprovada, a produção será feita de acordo com essa autorização. Não haverá necessidade de todo lote ser requisitado. (…) Poderíamos ter entrado com dois pedidos lá atrás. A Anvisa solicitou que primeiro terminasse um processo e depois aplicasse outro. A documentação é similar. Isso foi feito e esperamos que decisão seja feita no mais curto espaço de tempo, do ponto de vista da documentação serão os mesmos”, completou.

Com informações do Uol.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora