Com 180 mil mortos, Bolsonaro diz para Brasil valorizar liberdade acima da vida

Sem citar diretamente a pandemia, presidente defendeu que não é momento para a população se desesperar

Jornal GGN – No sábado (12), após o Brasil ultrapassar a marca de 180 mil mortos por coronavirus, o presidente Jair Bolsonaro disse que a população não tem motivo para entrar em desespero e deveria valorizar a liberdade individual acima da própria vida.

“Não deixem que pânico nos domine, a nossa liberdade não tem preço, ela vale mais que a nossa própria vida”, afirmou ele em um breve discurso em um formatura da Marinha. A informação é da Reuters.

Ainda segundo a agência de notícias, Bolsonaro citou passagens da Bíblia em seu discurso. Ele disse que “se te mostras fraco no dia da angústia é que tua força é pequena”, e que “quando o Estado avança sobre direitos e liberdades individuais, dificilmente ele recua”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Nao sei o que este imbecil, ou o séquito idiota que ainda lhe dá ouvidos, pensam.
    Mas, particularmente, eu prefiro curtir vivo a minha liberdade.
    O cara se faz de maluco pra alegar insanidade no julgamento. Esperto…

  2. A liberdade de quem?
    Quando o governo aparelha órgãos de estado para monitorar adversários, qual o parâmetro de liberdade do hipócrita…para comer pastel com caldo de cana???

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome