Com aval para impeachment, ALERJ articula grupo que vai julgar Witzel

Nesta quinta, a denúncia contra o governador será encaminhada ao presidente do TJ, Cláudio de Mello Tavares, que comandará o tribunal misto de julgamento

Jornal GGN – A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro agora articula a eleição de cinco deputados que irão compor a comissão mista que vai julgar o impeachment do governador Wilson Witzel.

Segundo informações de O Globo desta quinta (24), nos bastidores, há cinco deputados que estão sendo cogitados para representar a Casa no tribunal misto: Chico Machado (PSD), Dani Monteiro (PSOL), Waldeck Carneiro (PT), Anderson Moraes (PSL) e Alexandre Freitas (Novo).

A comissão mista será formada por 5 parlamentares eleitos e cinco desembargadores sorteados entre os 180 do Tribunal de Justiça.

Nesta quinta, a denúncia contra o governador será encaminhada ao presidente do TJ, Cláudio de Mello Tavares, que comandará o tribunal misto de julgamento. Os desembargadores da comissão mista devem ser sorteados até a próxima sexta (2/10).

A Alerj aprovou na quarta (23) o impeachment de Witzel por 69 votos a 0.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

peregrino

- 2020-09-24 15:13:45

Azares dos azarões que vencem... quem se inspira na corrupção, mas tenta reinventar o recebimento, sempre se dá mal prometem combater, mas o que fazem mesmo é apenas abrir novos caminhos para o recebimento Só igrejas sabem como fazer, e muito bem, diga-se de passagem, vendo todos milionários

jucemir r. da silva

- 2020-09-24 14:06:57

Na guerra entre a Milícia do Alvorada e a Milícia do Laranjeiras pelo controle do Rio de Janeiro, venceu a que tem muito maior poder de fogo. É isso, só isso e nada além disso.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador