Com queda de 11% em internações, Doria desiste da fase vermelha aos finais de semana

Governador de SP anunciou nesta quarta a reabertura de restaurantes, bares e shoppings aos sábados e domingos, a partir do dia 6 de fevereiro

Foto: Divulgação/Governo de SP

Jornal GGN – O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quarta (3) a suspensão da fase vermelha aos finais de semana e feriados em todo o estado. Com isso, shoppings, bares, restaurantes e outros serviços não essenciais estarão abertos a partir do sábado (6). Segundo Doria, o recuo é possível porque houve queda de 11% em novas internações em UTI de casos de coronavírus.

O tucano lembrou que, apesar da flexibilização, distanciamento de 1,5 metros entre clientes, álcool em gel e máscaras continuam sendo obrigatórias. Ele ainda anunciou o início na fase 2 de vacinação, em idosos a partir de 90 anos, a partir da próxima segunda (8). Pelo calendário adotado até o momento, os idosos com 85 anos começam a ser vacinados em 15 de fevereiro.

O secretário de saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn acrescentou que as medidas restritivas estabelecidas há 15 dias foram essenciais para reverter um crescimento vertiginoso da pandemia e reduzir a ocupação de leitos hospitalares. Hoje, a taxa de ocupação em UTI está em 67,8% no Estado de SP. Antes, o índice era superior a 70%, lembrou.

Gorinchteyn ainda cobrou ajuda do Ministério da Saúde, sugerindo que o governo Bolsonaro está fazendo distinção com o Estado de São Paulo. “O Brasil só será democrático se garantir que todos os brasileiros tenham acesso à saúde em todos os cantos do país. Precisamos de leitos habilitados – financiados, custeados – pelo Ministério da Saúde”, disse. Ele também cobrou recursos para compra de insumos, como seringas.

Leia mais:

Produção de vacinas do Butantan não deve sofrer novas interrupções, diz Dimas Covas

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora