Coronavírus: Brasil tem maior taxa de contágio do mundo

Estudo mostra que cada infectado transmite o vírus para cerca de três pessoas no país; avaliação considerou dados de 48 países

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Brasil apresenta o maior número de reprodução de Covid-19 entre 48 países avaliados pelo Imperial College de Londres.

Também chamado de R, o índice considera para quantas pessoas cada infectado transmite a doença sendo que, quanto mais alto, maior a velocidade de transmissão e de uma sobrecarga do sistema de saúde.

Na semana iniciada nesta segunda-feira, o R do Brasil era de 2,81 – ou seja, um infectado por coronavírus transmite a doença para outras três pessoas. Em vários países do mundo, governos têm considerado que as restrições de mobilidade só poderão ser relaxadas sem risco caso o número de reprodução fique abaixo de 1.

A Alemanha é apontada como uma das nações com maior sucesso no controle da doença, com seu número de reprodução ficando em 0,8 (com uma variação de 0,65 a 1,14).

Assinado por 47 pesquisadores, o levantamento mostra que o Brasil e os Estados Unidos são os únicos países com prognósticos superiores a 5 mil mortes para a próxima semana, e tudo indica que os contágios continuarão a avançar.

O Brasil também integra o grupo de nove países em que a pandemia está em trajetória ascendente, assim como Canadá, Índia, Irlanda, México, Paquistão, Peru, Polônia e Rússia. Os dados foram divulgados pela Folha de São Paulo.

Leia Também
Lançada plataforma mundial de mapeamento de políticas públicas contra a Covid-19
Le Temps: Como o coronavírus ataca todo o nosso corpo
Depois do “E daí?” para mortes por coronavírus, Bolsonaro põe culpa em governadores

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora