Cúpula militar sinaliza apoio a Mourão, diz jornal

Comandante Pujol já "tratou de vacinar as forças de qualquer responsabilidade sobre a crise"

Videoconferência dos líderes do G20

Jornal GGN – Representantes da Aeronáutica, Exército e Marinha teriam sinalizado, nesta semana, apoio ao “nem tão bem-quisto” vice-presidente, general Hamilton Mourão, em eventual substituição de Jair Bolsonaro. A informação é do El Pais deste sábado (28).

Segundo o jornal, os militares “avaliam que a popularidade do presidente poderia despencar [por causa da crise do coronavírus e seus desdobramentos] e que fosse colada nele a pecha de um fracassado líder que prefere alavancar a economia do que salvar vidas”

Nesta semana, o comandante do Exército, o general Edson Leal Pujol, “tratou de vacinar as forças de qualquer responsabilidade sobre a crise”, publicando um vídeo preocupado com o avanço do coronavírus. Ele recomentou que os militares levem a epidemia a sério e redobrem os cuidados. Além disso, as forças estão à disposição de governadores e prefeitos.

Mourão, lembrou o jornal, “está longe de ser uma unanimidade.”

Além disso, as chances de Bolsonaro dizer adeus à presidência ainda são escassas. O presidente tem dito que não vai renunciar, e o impeachment dependeria do Congresso, que tampouco pretende deflagrar o processo neste momento.

Por ora, Bolsonaro se isola a cada dia mais.

Leia também:

Decreto de Bolsonaro é burocracia, não conspiração para um golpe militar 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora