Deltan será afastado do comando da Lava Jato, diz revista

Cúpula do MPF pensa em saídas honrosas para coordenador da Lava Jato. Uma das hipóteses aventadas nesta sexta é liderar uma outra força-tarefa, mas longe de Curitiba

Foto: Lula Marques/PT

Jornal GGN – É destaque na coluna Radar, da Veja, nesta sexta (11), que o procurador da República Deltan Dallagnol será afastado da coordenação da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional do Ministério Público, que teria acatado pedido de afastamento apresentado pela senadora Kátia Abreu.

Nesta semana, outros jornais noticiaram que a cúpula do Ministério Público Federal estava elaborando uma saída “honrosa” para Dallagnol. Uma hipótese seria o novo procurador-geral da República, Augusto Aras, oferecer uma promoção de cargo. Dallagnol passaria a ser procurador regional por mérito, mas antes teria de pleitear o posto.

Segundo a coluna de Veja, há também a possibilidade de Aras alojar Dallagnol no comando de uma força-tarefa de combate ao narcotráfico, mas bem longe de Curitiba.

O procurador responde a inúmeros processos no CNMP, por ataques contra políticos e reclamações por abusos praticados na Lava Jato.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora