Doria ajusta orçamento para repasse de recursos à Fapesp

USP, Unicamp e Unesp também terão seus orçamentos integrais; proposta orçamentária foi ajustada e reduzida para R$ 9,7 bilhões

Jornal GGN – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a redução em R$ 2,3 bilhões para a arrecadação projetada com o ajuste fiscal aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

A proposta orçamentária encaminhada à Alesp em setembro projetava R$ 12 bilhões em receitas caso o pacote fosse aprovado, mas a projeção foi ajustada para R$ 9,7 bilhões por conta das mudanças efetuadas pelos deputados e a demora na aprovação da medida, o que gerou uma arrecadação menor nas palavras do governo.

Por outro lado, o texto garante os orçamentos integrais da Fundação de Apoio à Pesquisa de São Paulo (Fapesp) e das três universidades estaduais que haviam sido desidratados durante a votação do pacote.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, Doria tinha se comprometido com uma “devolução”, por meio de decreto, de R$ 454 milhões à Fapesp (o valor tinha sido retirado do Orçamento aprovado pela Alesp, com uma desvinculação de 30% da receita prevista), além de outros R$ 736 milhões à Universidade de São Paulo (USP), à Universidade de Campinas (Unicamp) e à Universidade Estadual Paulista (Unesp).

 

 

Leia Também
Doria quebrou promessa ao mexer no orçamento da Fapesp, diz Mara Gabrilli
Covas exclui PP de cargos devido a aproximação com Bolsonaro
Depreciação de vacina Covid-19 atinge SUS, ciência e tecnologia brasileira

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome