Doria perde cartão de visitas para 2022

Governo de São Paulo desiste de entrega fatiada do Rodoanel; contratos para retomada das obras devem ser assinados até dezembro

Foto: Governo do Estado de São Paulo

Jornal GGN – O governo de João Doria (PSDB) desistiu de entregar parte do trecho norte do Rodoanel em 2022, a tempo da eleição presidencial que o político tucano pretende disputar.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, depois de diversos adiamentos e a suspensão de uma licitação pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado), um novo modelo de concessão foi proposto pelo governo estadual: a empresa vencedora deverá concluir as obras do trecho antes de explorá-lo comercialmente.

O modelo foi proposto em reunião dos conselhos do programa de desestatização e do programa de parcerias público-privadas, em 10 de dezembro, e a decisão para a mudança contou com o aval do vice-governador, Rodrigo Garcia (DEM), e dos secretários de Logística e Transportes, João Octaviano, e de Projetos, Orçamento e Gestão, Mauro Ricardo.

A previsão é que a nova licitação seja lançada no segundo semestre deste ano, enquanto o cronograma anterior estabelecia a retomada das obras neste mês de fevereiro, para entrega a partir de agosto de 2022, embora o trecho completo só fosse ficar pronto em 2023.

A mudança nas regras acaba por inviabilizar uma vitrine que Doria pretendia usar pra impulsionar sua campanha à Presidência da República e também a de Rodrigo Garcia em uma eventual tentativa de eleição ao governo paulista.

Além do porte do Rodoanel, que circunda a região central da Grande São Paulo e ajuda a reduzir o tráfego de carga nas marginais, a obra é marcada por suspeitas de corrupção e por se arrastar há mais de 20 anos.

 

Leia Também
Com queda de 11% em internações, Doria desiste da fase vermelha aos finais de semana
Produção de vacinas do Butantan não deve sofrer novas interrupções, diz Dimas Covas
Covid-19: Doria diz que população paulista será vacinada até o fim deste ano

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora