E os responsáveis pela lambança?

O militar cometeu crime de tráfico internacional de entorpecentes, está e deverá ficar na Espanha para responder ao inquérito criminal, ser indiciado e julgado. Assunto superado. Agora, e os responsáveis pela lambança?

Foto: Agência Brasil

Por Boeotorum Brasiliensis

Comentário no post O DVD pirata no AeroLula x 39 kg de cocaína na comitiva de Bolsonaro

A questão aqui não é o fato de alguém da comitiva ter tentando usar da oportunidade de fazer parte do staff da Força Aérea dando apoio à viagem presidencial ao exterior.
A pergunta é como? Como alguém entra com 39 quilogramas de cocaína no avião da FAB integrante da comitiva? Que medidas de segurança protegem o presidente da República? Consideremos não somente o acesso das pessoas e bagagens à base aérea e ao avião, mas o escrutínio necessário e indispensável sobre as pessoas a quem se permite o acesso ao presidente e demais autoridades que o acompanham. O que aconteceu não foi um incidente fortuito, foi uma falha de segurança que, a princípio, pode estar indicando que não há – ou não são seguidas – as salvaguardas mínimas exigidas neste caso.

O militar cometeu crime de tráfico internacional de entorpecentes, está e deverá ficar na Espanha para responder ao inquérito criminal, ser indiciado e julgado. Ponto! Assunto superado nesse aspecto.

Agora, e os responsáveis pela lambança? O ministro do GSI, general Heleno, é o titular responsável pela segurança do Presidente e outras autoridades, inclusive de chefes de estado e dignatários estrangeiros quando no Brasil. Ora, se alguém tem acesso a um avião da comitiva dessa forma levando consigo quase quarenta quilos de substância ilícita nada o impediria – apenas como hipóteses de risco – que tivesse acesso ao avião presidencial, ao presidente ou a outras autoridades e que estivesse transportando explosivos ou armamento. Ninguém e, especialmente, o general Heleno será responsabilizado por tamanha falha?

Leia também:  Brasil envia aeronave protagonista na logística contra a Covid-19 para treino nos EUA

Provavelmente, não. Em suma, bagunçou geral.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

16 comentários

  1. como diria o barão de itararé sobre o
    aeroína:
    há mais carreiras nos aviões presidenciais
    do que o ar que nos rodeia e
    que a nossa vã filosofia
    pode admitir….

  2. como diria o barão de itararé sobre o
    aeroína:
    há mais carreiras nos aviões presidenciais
    do que o ar que nos rodeia e
    que a nossa vã filosofia
    pode admitir….

  3. Enquanto esse bando de malucos fica ai nessa conversa mole de cu, Cuba, tiro, Venezuela, marxismo cultural, golden shower, o miliciano pensou: “molinho de passar um pó nessa [email protected]!”

    Até na área deles são uns sem noção; imagina na educação, saúde, turismo, ambiente, economia, ciência…

    Ai, ai…

  4. Não seja ingênuo, tá na cara que todos no avião sabiam do entorpecente. O sargento se lascou por quê tava sozinho na hora da apreensão.

  5. É preciso mais do que responsabilizar. É preciso investigar a fundo esta questão.
    39 quilogramas,pelo seu valor,indica,em primeiro lugar a existência de uma rede de tráfico de drogas. É não é uma rede qualquer. O milico envolvido pode ou não fazer parte desta rede de tráfico mas,com certeza,tem todas as condições de informar pelo menos os seus contatos de recebimento e entrega da droga.
    Agora,se quiserem responsabilizar mesmo,esqueçam o milico esmurrador de mesa. A incompetência dessa gente já está patente nas companhias que o cercam,notadamente aquele que hoje é o mandatário do país.
    Para responsabilizar alguém temos que responsabilizar os poderosos das famílias midiáticas que,de forma organizada, coabitam a população a apoiar um golpe de estado que culminou com a fraude eleitoral de retirar o candidato favorito da eleição e permitir a vitória desta figura cujo reconhecimento do fracasso já se faz no âmbito internacional.

    3
    1
  6. O helênicoaugustinho já saltou fora: só com bola de cristal disse ele. Ou seja, a secretaria de segurança institucional comprará quilos de bolas de cristal e contratará, sem licitação ou concurso, videntes, ciganas e o saci-pererê, além do boitatá. Mas, o ex-generaleco fala com propriedade: nada sabe sobre segurança, que o negócio dele é olimpíadas e haitianos (22.000 balas disparadas em única noite). E o país, ó, se ferrando de verde-e-amarelo, já que os toffolóides continuam morrendo de medo-associado…

  7. Em período pré-eleitoral (11/2013) houve o caso do helicoca que envolvia família de políticos com muita proximidade com o candidato do estabilishment, que iria concorrer às eleições presidenciais. O caso era muito maior em quantidades e valores e se tratava da pasta de coca, que possivelmente seria destinada à rede de beneficiamento e distribuição. Uma chance enorme para debelar com grande cadeia do tráfico. Como se sabe o caso simplesmente virou pó. Sobrou para o piloto explicar como pegou sem ordem o helicóptero, voou até outro país, pegou milhões em pasta de coca e pegou o boleto bancário com vencimento para 60dd e de volta atravessou vários estados. Pega este caso, soma com o do Queiroz, Marielle, justiça seletiva na lava jato, militares metralhando uma família e já absolvidos (em futuro talvez condecorados) e depois quer cobrar da “justissa” brasileira e com ministério das mãos sujas? É esperar demais, pois a chance de recuperação já passou e faz tempo. Aliás, tudo não chegaria até aqui, neste país, não fossem por omissão, interesse e conivência da “justissa”.

    5
    1
  8. Não me admira o tal sargento estar com as drogas. Tenho minhas dúvidas que seja a primeira vez. Agora, esperar uma manifestação do gen. Heleno ou um repórter que o questione é atitude poltanesca.

  9. Não será surpresa se Bolsona mandar, publicamente ou não, abrir investigação, sim, mas para apurar quem foi que avisou aos espanhóis que o sargento tava com cocaína na bagagem.

    “Tem traíra nesse negócio aê, talquei? É da PF, talquei?”

    2
    1
  10. A culpa é dos comunistas.
    O importante mesmo era tirar a Dilma e prender o Lula, o resto é mi mi mi.
    Agora é colocar a Bíblia no sovaco e rezar pro bispo Macedo fazer um milagre.
    Estou com mais raiva de 58 milhões de panacas do que propriamente do Bozo.
    É o fim da imagem do Brasil no exterior. Se faltava alguma coisa para isso, não falta mais.

    4
    1
    • Quanto à culpa, sem dúvida, é coisa de “comunistas”. A prova de que os petistas estão por trás dessa armação está aí embaixo, mandada para mim via rede social que ora repasso. É irrefutável.
      117 fuzis
      37 imóveis
      39 kg de cocaína

      117+37+99=193 :. 1+9+3=13
      TREZE!

      • Corroborando e aumentando:
        O PT é 13, o Lula foi julgado e condenado pela 13.a Vara de Curitiba e teve sua pena aumentada pelo TRF4, cuja origem é 13 ou 1+3=4.
        Logo, a culpa é do PT – P=2 e T=7
        PT=9+4 (do TRF4 )= 13
        9 é número kármico de finalização e universalidade
        4 é número de fechamento de caminhos e dificuldades.
        Talvez a escolha do número da sigla indique os caminhos do partido o destino de seus líderes.

  11. A política, os lesa-pátria e a proximidade com o poder está levando a honra e a reputação das forças armadas, se aproximar do péssimo nível do judiciário e das instituições políticas.

  12. Divagando…
    Já que oTacla Duran tem cidadania espanhola e goza de plenos direitos até para advogar na Espanha, seria otimo se o mesmo se apresentasse como defensor do militar traficante e propusesse ao meliante uma delacao premiada para que ele revele quem são seus comparsas brasileiros .
    Uma dúvida :
    Pela Teoria de Domínio de Fato criado pelo juizado paranaense não seria possível acusar o capetao presidente como proprietário da carga apreendida ?

  13. Corroborando e aumentando:
    O PT é 13, o Lula foi julgado e condenado pela 13.a Vara de Curitiba e teve sua pena aumentada pelo TRF4, cuja origem é 13 ou 1+3=4.
    Logo, a culpa é do PT – P=2 e T=7
    PT=9+4 (do TRF4 )= 13
    9 é número kármico de finalização e universalidade
    4 é número de fechamento de caminhos e dificuldades.
    Talvez a escolha do número da sigla indique os caminhos do partido o destino de seus líderes.

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome