E os responsáveis pela lambança?

O militar cometeu crime de tráfico internacional de entorpecentes, está e deverá ficar na Espanha para responder ao inquérito criminal, ser indiciado e julgado. Assunto superado. Agora, e os responsáveis pela lambança?

Foto: Agência Brasil

Por Boeotorum Brasiliensis

Comentário no post O DVD pirata no AeroLula x 39 kg de cocaína na comitiva de Bolsonaro

A questão aqui não é o fato de alguém da comitiva ter tentando usar da oportunidade de fazer parte do staff da Força Aérea dando apoio à viagem presidencial ao exterior.
A pergunta é como? Como alguém entra com 39 quilogramas de cocaína no avião da FAB integrante da comitiva? Que medidas de segurança protegem o presidente da República? Consideremos não somente o acesso das pessoas e bagagens à base aérea e ao avião, mas o escrutínio necessário e indispensável sobre as pessoas a quem se permite o acesso ao presidente e demais autoridades que o acompanham. O que aconteceu não foi um incidente fortuito, foi uma falha de segurança que, a princípio, pode estar indicando que não há – ou não são seguidas – as salvaguardas mínimas exigidas neste caso.

O militar cometeu crime de tráfico internacional de entorpecentes, está e deverá ficar na Espanha para responder ao inquérito criminal, ser indiciado e julgado. Ponto! Assunto superado nesse aspecto.

Agora, e os responsáveis pela lambança? O ministro do GSI, general Heleno, é o titular responsável pela segurança do Presidente e outras autoridades, inclusive de chefes de estado e dignatários estrangeiros quando no Brasil. Ora, se alguém tem acesso a um avião da comitiva dessa forma levando consigo quase quarenta quilos de substância ilícita nada o impediria – apenas como hipóteses de risco – que tivesse acesso ao avião presidencial, ao presidente ou a outras autoridades e que estivesse transportando explosivos ou armamento. Ninguém e, especialmente, o general Heleno será responsabilizado por tamanha falha?

Provavelmente, não. Em suma, bagunçou geral.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora