Embaixador da China pede explicações ao governo sobre declaração racista de Weintraub

Ministro da Educação de Bolsonaro publicou texto junto com um quadrinho brasileiro da Turma da Mônica ironizando a China e o modo de fala dos chineses

Jornal GGN – Não é novidade as provocações de membros do governo Bolsonaro soltas a torto e a direito nas redes sociais. Dessa vez, Abraham Weintraub usou sua conta no Twitter para ironizar a China. Em reação, o embaixador chinês, Yang Wanming, pediu uma declaração oficial do governo brasileiro sobre o ato racista do ministro da Educação.

Embaixador da China no Brasil, Yang Wanming. |
Foto: Adriano Machado/Reuters

Yang Wanming também se manifestou pela rede social e disse nesta segunda, 6 de abril, que “o lado chinês aguarda uma declaração oficial do lado brasileiro sobre as palavras feitas pelo min. da educação [Abraham Weintraub].

“Nós cientes de que nossos povos estão do mesmo lado ao resistir às palavras racistas e salvaguardar nossa amizade”, completou o embaixador ao marcar o Ministério das Relações Exteriores na publicação.

No sábado, 4 de abril, Weintraub publicou texto junto com um quadrinho brasileiro da Turma da Mônica, de Maúricio de Souza, ironizando a China e o modo de fala de chineses que tentam pronunciar palavras em português. O texto usou características famosas do personagem Cebolinha, que ao falar troca a letra ‘r’ por ‘l’.

“Geopolíticamente, quem podeLá saiL foLtalecido, em teLmos Lelativos, dessa cLise mundial? PodeLia seL o Cebolinha? Quem são os aliados no BLasil do plano infalível do Cebolinha paLa dominaL o mundo? SeLia o Cascão ou há mais amiguinhos?”, dizia o tuite, que foi apagado pelo ministro. 

Antes de exigir explicações do governo brasileiro, a Embaixada da China no Brasil se pronunciou criticando o ministro. “Deliberadamente elaboradas, tais declarações são completamente absurdas e desprezíveis, que têm cunho fortemente racista e objetivos indizíveis, tendo causado influências negativas no desenvolvimento saudável das relações bilaterais China-Brasil. O lado chinês manifesta forte indignação e repúdio a esse tipo de atitude”, diz o comunicado da Embaixada.

Vale lembrar que esta é a segunda vez que membros do governo Bolsonaro atacam o país asiático, que têm relações com o Brasil. Em março, o filho de Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, disse que a China era a responsável pela  pandemia do novo coronavírus e comparou a situação com o acidente nuclear de Chernobyl.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. Simplesmente é um vale-tudo para acabar com as medidas sanitárias… “olha, não tem equipamentos médicos, suprimentos, etc. etc. vamos voltar a trabalhar”.
    A lógica é torta ou a situação que é torta?
    Sobre aquele medíocre, recuso-me a comentar pontualmente.

  2. Não pode ser somente por estupidez que os filhos do bozo e seus ministros continuem espicaçando o governo chinês.
    Parece mais uma ação orquestrada para que esses idiotas inviabilizem as relações brasileiras com aquele país, para a honra e glória dos irmãos do norte que, negociando livremente com a China, vão comprar de lá para revender para o brasil a custos exorbitantes.

    • E você acha que a bancada do agronegócio vai deixar passar batido, a possibilidade de não ter a quem vender soja, milho, e carnes variadas? É mais fácil o Centrão cassar o mandato – não só do jair, mas também do filho encrenqueiro, o 02.

  3. “WANTRAUB”:
    “Geopolíticamente, quem podeLá saiL foLtalecido, em teLmos Lelativos, dessa cLise mundial?
    PodeLia seL o Cebolinha?
    Em “gíria” “Cebolinha” é agricultor “pé rapado” de “Canabis sativa”, para “vender” nos rodapés de ruas, vulgo “esquinas” no Brasil. Relativamente os “INFORMAIS” sairão fortalecidos, tal como um tal de “Cebolinha”, “comédia que de vez em quando aparece no “Polícia e nas Ruas” fazendo só a mãe dele chorar.
    “Quem são os aliados no BLasil do plano infalível do Cebolinha paLa dominaL o mundo? SeLia o Cascão ou há mais amiguinhos?”
    Bem, nem todo ruminante é “informal” como o “Cebolinha”. Se fosse só o “Cascão” não seria “aliados” e sim somente ‘aliado’.
    Amiguinhos como o “Anginho” e a “gostosa” da “Tina” ‘WANtraub’?
    ………………………………………………………….
    ‘WEINming’:
    “Deliberadamente elaboradas, tais declarações são completamente absurdas e desprezíveis, que têm cunho fortemente racista e objetivos indizíveis, tendo causado INFLUÊNCIAS negativas no desenvolvimento saudável das relações bilaterais China-Brasil. O lado chinês manifesta forte indignação e repúdio a esse tipo de atitude.”

    Eis a palaBra 🔑:-“INFLUENZA”.
    Em 2003 teve-se o surto da “SARS” que fatorial(!) e anagramamente é “RASS” que traz a memória sonoramente a palaBra “HESS”(“LEI DE HESS” ENTALpia) Vid 2009 H1N1.

    Em gíria “H” quer dizer “FAKE” ou “MENTIRA”, em álgebra “N” significa número de elementos. Portanto, conceitua-se H1N1 como: Uma Simples ligação hidrogenada Mentirosa de um nitrogenado elementar ☢️Mentiroso☢️.
    Pois bem, o “COROA”, ou melhor o “NOVO COROA VÍRUS” vulgo “COVID-19”, nada mais é do que um surto protestante, “PROTESTO🏳️” contra INFLUÊNCIAS {INFLUENZAS} e principalmente contra o “TRÁFICO DE INFLUÊNCIAS (INFLUENZAS)”. Como diz a letra: “🎧Vérsiculo primeiro tráfico de idéias, para morrer basta estar vivo não subestime jamais 🎵🎶 Vérsiculo segundo tráfico de idéias o mano mais esperto é aquele que vive mais 🎶🎶”.
    #FIKEEMKSA

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome