“GAIVOTA QUERIDA … de subir aos ares, gaivota querida, gaivota menina …” – Gilberto Gil

GAIVOTA

Gilberto Gil

 

Gaivota menina 

De asas paradas 

Voando no sonho 

D’águas da lagoa 

Gaivota querida 

Voa numa boa 

Que o vento segura 

Voa numa boa

 

Gaivota na ilha 

Sem noção da milha 

Ficou longe a terra 

Gaivota menina 

Gaivota querida 

Voa numa boa 

Que o alento segura 

Voa numa boa

 

Gaivota, te amo e gaivotaria sempre em ti 

Gaivotar seria poder te eleger para mim 

Eu te quero, e se fosse o caso, quereria mais ainda 

Ser, eu mesmo, gaivota sobre mim 

Sobrevoar meus temores, meus amores 

E alcançar o alto, alto, o mais alto dos teus sonhos 

Dos teus sonhos de subir

 

De subir aos ares 

Gaivota querida 

Gaivota menina 

Pousa perto de mim.

 

https://www.youtube.com/watch?v=40oItC1nk_M]

 

[video:https://www.youtube.com/watch?v=DvzjRjPPnnU

 

 

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Anna Dutra

- 2015-11-15 18:24:20

Que bom!
A cada leitura é uma nova leitura. Em cada fase da vida, o vôo ganha novos significados, um outro viés, "piruetas" novas ... No aprendizado contínuo vamos ajustando as asas e calculando melhor os mergulhos. Que beleza deve ter sido esse trabalho. E realmente, o pior que pode acontecer é o aprisionamento. Sou sempre - já repeti à exaustão - pela felicidade dos que eu amo: se a felicidade está em voltar pra casa, acomodar, liberadíssimos. Se a felicidade está na viagem, na busca, bão tamém. O importante é deixar ser feliz. Sufocado pela infelicidade é impossível criar, cantar, sorrir. E quem quer isso ? Estou sempre de braços - e coração - abertos para as escolhas pela alegria, pela leveza. Na minha próxima ida à livraria, vou buscar este livro. Bacana. Lindo também o Gil. Adorei acordar com esta beleza. Obrigada por postar.

Odonir Oliveira

- 2015-11-15 12:40:25

Anna, no ano passado já trabalhamos essa obra,com livro de papel

Esse ano, com os menores, já trabalhamos inclusive as ilustrações magníficas do livro "Mensagens para sempre", de Richard Bach, Editora V&R, B. Aires, Argentina. São belíssimas aquarelas acompanhadas de trechos não só de Fernão Capelo, como de outras do autor. Desenharam muitas gaivotas, fizeram dobraduras etc. etc..

Por exemplo: (p.20)

"Quando amas alguém e sabes

que ele está pronto para aprender a crescer,

tu o deixas em liberdade"

Anna Dutra

- 2015-11-15 11:51:57

Jonathan Livingston Seagull — a story
Não me lembro de ter visto por aqui um post sequer sobre este libelo à Liberdade e ao Amor. Porque será? Apresente o Sr. Gaivota ao Clubinho, poetisa!  Ensine-os a buscarem seus sonhos. Sempre.  Respeitando o sonho do outro. O Sonho nos mantém vivos! Pitadinhas: [video:https://youtu.be/Riscd454deQ] [video: https://youtu.be/ZaKF4UoPPhw] Há farto material nas "redes". Te desejo um bom vôo !!!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador