“GAIVOTA QUERIDA … de subir aos ares, gaivota querida, gaivota menina …” – Gilberto Gil

GAIVOTA

Gilberto Gil

 

Gaivota menina 

De asas paradas 

Voando no sonho 

D’águas da lagoa 

Gaivota querida 

Voa numa boa 

Que o vento segura 

Voa numa boa

 

Gaivota na ilha 

Sem noção da milha 

Ficou longe a terra 

Gaivota menina 

Gaivota querida 

Voa numa boa 

Que o alento segura 

Voa numa boa

 

Gaivota, te amo e gaivotaria sempre em ti 

Gaivotar seria poder te eleger para mim 

Eu te quero, e se fosse o caso, quereria mais ainda 

Ser, eu mesmo, gaivota sobre mim 

Sobrevoar meus temores, meus amores 

E alcançar o alto, alto, o mais alto dos teus sonhos 

Dos teus sonhos de subir

 

De subir aos ares 

Gaivota querida 

Gaivota menina 

Pousa perto de mim.

 

https://www.youtube.com/watch?v=40oItC1nk_M]

 

[video:https://www.youtube.com/watch?v=DvzjRjPPnnU

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Jonathan Livingston Seagull — a story
    Não me lembro de ter visto por aqui um post sequer sobre este libelo à Liberdade e ao Amor.

    Porque será?

    Apresente o Sr. Gaivota ao Clubinho, poetisa!  Ensine-os a buscarem seus sonhos. Sempre.  Respeitando o sonho do outro.

    O Sonho nos mantém vivos!

    Pitadinhas:

    [video:https://youtu.be/Riscd454deQ%5D

    [video: https://youtu.be/ZaKF4UoPPhw%5D

    Há farto material nas “redes”.

    Te desejo um bom vôo !!!

  2. Anna, no ano passado já trabalhamos essa obra,com livro de papel

    Esse ano, com os menores, já trabalhamos inclusive as ilustrações magníficas do livro “Mensagens para sempre”, de Richard Bach, Editora V&R, B. Aires, Argentina. São belíssimas aquarelas acompanhadas de trechos não só de Fernão Capelo, como de outras do autor. Desenharam muitas gaivotas, fizeram dobraduras etc. etc..

    Por exemplo: (p.20)

    “Quando amas alguém e sabes

    que ele está pronto para aprender a crescer,

    tu o deixas em liberdade”

    • Que bom!
      A cada leitura é uma nova leitura.
      Em cada fase da vida, o vôo ganha novos significados, um outro viés, “piruetas” novas … No aprendizado contínuo vamos ajustando as asas e calculando melhor os mergulhos.

      Que beleza deve ter sido esse trabalho.
      E realmente, o pior que pode acontecer é o aprisionamento. Sou sempre – já repeti à exaustão – pela felicidade dos que eu amo: se a felicidade está em voltar pra casa, acomodar, liberadíssimos. Se a felicidade está na viagem, na busca, bão tamém. O importante é deixar ser feliz. Sufocado pela infelicidade é impossível criar, cantar, sorrir. E quem quer isso ? Estou sempre de braços – e coração – abertos para as escolhas pela alegria, pela leveza.

      Na minha próxima ida à livraria, vou buscar este livro.
      Bacana.
      Lindo também o Gil. Adorei acordar com esta beleza. Obrigada por postar.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome