Guedes confirma prorrogação de acordos que reduzem contrato e salário do trabalhador

Contratos poderão ser renovados por mais dois meses; medida foi liberada na pandemia do novo coronavírus "para preservar empregos", segundo ministro

Ministro da Economia, Paulo Guedes. Foto: Reprodução

Jornal GGN – Os acordos que suspendem contratos de trabalho e viabilizam a redução salarial foram prorrogados por mais dois meses, como admitiu o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta sexta-feira.

“Quase 16 milhões de trabalhadores já tiveram seus empregos preservados graças ao programa do Benefício Emergencial. Eu diria que foi o programa mais efetivo em termos de gastos. Preservar 16 milhões de empregos gastando R$ 22 bilhões… O programa está tendo tanto sucesso, tanto êxito que vamos estender por mais dois meses”, confirmou Guedes, nesta sexta-feira (21/08), segundo informações do jornal Correio Braziliense.

O ministro ainda disse que o estrago no mercado de trabalho poderia ser bem maior sem a Medida Provisória 936. “Vamos estender por mais dois meses para continuar preservando empregos, enquanto a economia faz essa volta em V e continua gerando empregos”, concluiu Guedes.

A confirmação de Guedes foi dada durante a divulgação dos últimos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), que apontou a perda de aproximadamente 1,566 milhão de vagas de trabalho formal entre março e junho deste ano devido à crise instalada pela pandemia do novo coronavírus. Em julho, foram criadas 131 mil vagas formais, o que Guedes considera a confirmação da retomada econômica do país.

 

Leia Também
A barganha do Orçamento às custas de servidores da linha de frente da Covid-19
380 economistas assinam manifesto pelo fim do teto de gastos, por César Locatelli
Auxílio emergencial não pode ser suspenso agora, segundo especialistas
Bolsonaro chama deputados de “sócios” após manutenção de veto

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora