Lula: “A destruição é tão rápida que a gente não tem poder de reação”

"O que está restando se agravar nesse país para a gente retomar nossa capacidade de luta?", questiona o ex-presidente

Jornal GGN – O ex-presidente Lula disse nesta segunda (21), durante o lançamento do programa de reconstrução do Brasil apresentado pelo PT, que a ampla destruição promovida por Jair Bolsonaro em diversos setores do governo é tão rápida que não dá tempo da oposição reagir.

“Às vezes a destruição é tão rápida que a gente não tem poder de reação. Vamos ser francos: nós não reagimos prontamente a todo o desmonte que ele fez de políticas sociais”, disse Lula. “O que está restando se agravar nesse País para a gente retomar nossa capacidade de luta?”, questionou ao longo do discurso.

Segundo Lula, FHC tomou posse em seu primeiro mandato prometendo “acabar com a era Getúlio”, mas não conseguiu recuar em conquistas dos trabalhadores. Mas desde o impeachment de Dilma Rousseff, o desmonte saiu do papel e acelera sob Bolsonaro.

Para Lula, o Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil, elaborado pela Fundação Perseu Abramo, e apresentado a lideranças de partidos aliados – PDT, PSB, PSOL e PCdoB – é uma “arma poderosa na mão de pessoas que estão sem esperança, que não acreditam mais, que negam a política e acham que todo mundo é igual. É um instrumento que nos dá munição para enfrentar o próximo período.”

De acordo com Lula, o Plano deixa claro que “esse País só será transformando quando a gente mudar a pessoa que está governando.”

Assista a partir das 3 horas e 30 minutos:

Leia mais:

PT lança Plano de Reconstrução do Brasil sob críticas construtivas de aliados

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora