Moro avisa STF que é a favor de divulgar depoimento contra Bolsonaro

Ex-juiz argumenta que divulgação total evitaria que frases fossem vazadas aos poucos e tiradas de contexto

Jornal GGN – Os advogados de Sergio Moro avisaram ao Supremo Tribunal Federal nesta segunda (4) que o ex-juiz não se opõe à divulgação do depoimento dado à Polícia Federal no último sábado, no âmbito do inquérito que investiga a suposta interferência política de Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

A defesa afirmou que a publicidade do depoimento – que não foi gravado, mas transcrito, por determinação do STF – seria bom para evitar a divulgação de “trechos isolados” com “interpretações dissociadas de todo o contexto”. A informação é do G1.

“[…] Considerando que a imprensa, no exercício do seu legítimo e democrático papel de informar a sociedade, vem divulgando trechos isolados do depoimento prestado pelo Requerente em data de 02 de maio de 2020, esta Defesa, com intuito de evitar interpretações dissociadas de todo o contexto das declarações e garantindo o direito constitucional de informação integral dos fatos relevantes – todos eles de interesse público – objeto do presente Inquérito, não se opõe à publicidade dos atos praticados nestes autos, inclusive no tocante ao teor”, dizem os advogados.

Leia mais: Moro apagava mensagens e só entregou últimos 15 dias à Polícia Federal

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora