Moro recebeu dinheiro para apoiar Bolsonaro

Seria interessante que a imprensa amiga de Moro levantasse mais dados sobre essa pensão. Seria uma maneira de comprovar (ou não) que ele não vendeu seu apoio a Bolsonaro.

Foto: Reprodução

Em sua declaração, de ontem, Sérgio Moro disse que a única exigência a Bolsonaro, para aceitar o Ministério da Justiça, seria uma garantia de pensão para sua família, caso alguma coisa acontecesse com ele, já que abriu mão de sua carreira de juiz.

O que seria esse “alguma coisa”? Atentado, morte, ou demissão do cargo?

No caso de receio da morte, o correto seria um seguro de vida. Um contrato com pagamentos mensais, em caso de morte? Quem seria o avalista? De quem a viúva iria cobrar? E qual seria o risco de um contrato desses vir a público?

O mais provável é que Sérgio Moro quisesse um seguro contra eventual demissão, quando ele se veria privado dos proventos de Ministro e da aposentadoria de juiz. Mas não bate. Ele tem formação de advogado, a esposa é sócia de escritórios de advocacia. A alegação de que seria para amparar a família cabe em qualquer proposta de suborno. Basta o sujeito alegar que fez aquilo para garantir a família.

O que houve, de fato, é que Moro vendeu seu passe de avalista do governo Bolsonaro. Quanto foi? Quem pagou?

Leia mais: É ilegal Moro receber adicional como forma de “pensão”, segundo a Constituição

Ao trazer o tema em seu pronunciamento, provavelmente Moro estava apenas se antecipando a eventuais indiscrições de Bolsonaro. Ou a comentários maliciosos de que o dinheiro teria sido pagamento dos serviços prestados nas eleições – como divulgar o vídeo de Pallocci dias antes das eleições.

Seria interessante que a imprensa amiga de Moro levantasse mais dados sobre essa pensão. Seria uma maneira de comprovar (ou não) que ele não vendeu seu apoio a Bolsonaro.

Leia também:  Juízes racistas. Muito além de um negro assassinado no Carrefour, por Armando Coelho Neto

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

19 comentários

  1. Moro-ministro, com esse pedido de garantia de pensão espúria, ilegal, seria condenado pelo moro-juiz por prática de corrupção…
    Além de violar a legalidade, atenta contra a impessoalidade. Porque isso não é devido a todos os que abandonam uma carreira para aceitar o convite a um cargo “arriscado” de chefia pública? Ou seja: fica-se com o bônus, mas o ônus segue na conta do erário (a verdadeira “viúva”). O mesmo tipo de atitude espúria o ex-juiz já tomara antes de assumir o MJ: embora já montando seu gabinete, fazendo reuniões e já sem judicar, não se desligou oficialmente, por 2 ou 3 meses, do Judiciário, sob a cândida argumentação de que, se na transição lhe ocorresse algo, não poderia ele e família ficar ao desamparo. O nome disso é crime e improbidade: transferir ônus indevido aos cofres públicos.
    Aliás, esse negócio de pensão espúria (“por fora”) à família, nos dias de hoje, é típica combinação de mafioso, miliciano, trato de ingresso no PCC. É o Queiroz (cadê ele, moro?) fazendo escola.

    23
    1
  2. Sergio Moro sendo Moro. Destruidor de empresas e empregos, foi parar no governo da destruição. Nasceu para o grande público, oferecendo vazamentos para a globo e morreu vazando para ela. Fez carreira na política por prejudicar opositores, encerra a carreira na política executiva prejudicando ex-aliados. Com o STF sonhou, se gastar um dinheirinho talvez chegue a senador. Quem nasceu para faturar em cima da escandalização, mostra não ter a mínima capacidade para representar a nação.

    24
  3. É inequívoca essa questão. Foi o próprio camisa preta do Paraná que disse. E,contrariamente ao que sempre fez,de forma ilegal,diga-se de passagem,nem precisou ficar trancafiado em sua masmorra curitibana.
    Ele confessou tudo em uma entrevista coletiva chamada por ele e transmitida ao vivo para todo país.
    Não dá para entender como não saiu dali preso.
    Agora só falta identificar os demais atores deste processo. Além do sujeito que ocupa a presidência da República e do azeitona patético que o acompanhava quem mais está envolvido?
    Quem iria financiar está operação?
    Desde quando o camisa preta do Paraná trabalha com está extorsão? A operação curitibana precisa ser inteiramente auditada e uma CPI seria um instrumento ideal.
    Está na hora destes moralistas sem moral pagarem por seus pecados de lesa pátria.

    21
  4. Nassif, sinceramente, na boa
    Não dá pra você separar os assuntos nos seus vídeos diários as 20:00 ..UMA COISA é o publico que aprecia musica ..outro, política e economia ..convenhamos, TRINCA os dentes tentar por estes tempos misturar as estações, não ? ..crie dois programas já que vc não consegue resistir a um SACOLEJO !!!
    E aqui no BLOG, pensar que já foi mais dinâmico, propositivo, com centenas de participações ..e hoje, até com artigos com PAUTAS fechadas ..que pena ..perde você, perde o público
    Vc não quer repensar e ABRIR os comentários, ou vc ainda esta preso naquelas de que “seria criminalizado” por opiniões de 3os ?
    NA DUVIDA, pede pra MARIANA, quem sabe ela te inspira ??!!

  5. Ora…..foi a única declaração que me saltou aos ouvidos na porca e monótona entrevista do marreco….. tão escandaloso esse tal pedido de “pensão” que só posso imaginar quão tosco é o julgamento do indivíduo…..
    Será que uma pessoa, que se acredita “paladino” contra a corrupção, não conhece a tipificação do crime que tanto diz combater????
    E a oposição, sonolenta-incompetente e em parte,envergonhadamente favorável as reformas canalhas do desgoverno? Vão deixar passar? Ao contrário que os cientistas políticos dizem, depois de olhar em suas bolas de cristais, deve ter gente no andar de cima da justiça louquinha pra assar um marreco…
    E nem precisaria condenação, colar o estigma já basta, afinal, em política há que ser igual a mulher de Cesar…..

    14
  6. O fato dele mencionar isso, sem ter sido questionado e de certa forma fora de contexto, já levanta a suspeita de ser algo não só pouco republicano, mas um potencial escândalo. Certamente com o raciocínio tosco do tipo: “se abordo essa merda antes que eles levantem a lebre, diluo a questão”. O problema é que estamos entubando elaborações toscas há tanto tempo, que uma a mais não faz nem cócegas, ainda mais com o auxílio luxuoso do JN, empenhado na campanha, que sequer levantou a questão.

    13
  7. Nassif fala sério! Você acha que se essa “imprensa amiga”, ao conseguir descobrir alguma coisa errada e/ou ilegal que possa ter acontecido entre Bolsonaro, ou o seu governo, e Sérgio Moro, o que ela faria:

    Jogaria fora a possível galinha dos ovos de ouro e publicaria o escândalo, nas primeiras páginas em letras garrafais?

    Soltaria uma notinha de rodapé tímida e inofensiva?
    Proporia dividir o Poder do governo secretamente, em troca do silêncio.

    Se contentaria apenas com uma grande enxurrada de publicidades + exclusividade total de todas as informações e mais…..

  8. O juiz-ladrão confessou esse e outros crimes

    Para voltar a atuar na area juridica terá que solicitar à OAB

    QUEM TEM A OBRIGAÇÃO DE NÃO EMITIR AUTORIZAÇÃO PARA O CRIMINOSO ATUAR !!!

  9. Tudo certo, mas tá esquisito…
    E se o congresso optar por Bolsonaro?
    E se o MPF “entender” que as acusações de moro contra Bolsonaro são menos graves do que chantagear e grampear um presidente?
    Isso de grampear presidentes e chantagear testemunhas foi “normal” contra o PT e LULA, mas fora disto é crime!
    Se o congresso não fizer nada, acaba um concorrente ao pleito de 2022 e morre apenas mais um mito de caçador de marajás!
    Qual a relevância dele no momento?
    Nenhuma!
    Pode o congresso lavar as mãos e deixar moro à própria sorte!
    E bolsonaro fica à vontade para jantar a rede globo!

  10. boçalnaro sempre incomodou-se com o fato de saber que moro é cria ilegal da corruptela que se tornou a persecução penal em Curitiba. aliás, é atribuído a Pontes de Miranda: existe a justiça, e existe a justiça do Paraná. de outro lado, é fato incontroverso de que boçalnaro indica sempre alguém tenha ojeriza à globo. se o candidato aparecer na globo, já está defenestrado.

    p.s. : por curiosidade fui pesquisar sobre o presidente (lá chief justice) da suprema corte do eeuu e tentei encontrar alguma manifestação em jornais ou portais de notícias, ou mesmo palestaras que por ventura tenha professado. baldada pesquisa. aí, comparemos: https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/o-caso-noblat-toffoli-e-a-promiscuidade-de-brasilia-ou-a-republica-dos-fidalgos-cercada-pela-rale-nos-todos/.

    tentei achar também algum tipo de aula magna, em instituições privadas, e nada. não há uma linha de manifestação em tweeter, facebook, seja lá que rede antissocial for. John Roberts se chama. há apenas um conta no tweeter mas refere-se a johnrobetsfox, ou seja, algum possível repórter. e pensar que moro representa a virtude de nosso judiciário, com vários magistrados, diga-se, das altas cortes, a elogiá-lo. como se não tivessem o dever de uma revisão processual. esse país….

    https://en.wikipedia.org/wiki/Chief_Justice_of_the_United_States

  11. Nasir, como um cara com 22 anos de magistratura, com uma grande experiência na área penal, deixa tudo pra trás, entra em um governo sabidamente fraco de todos os pontos de vista, sem nenhuma proteção???
    Um jornalismo investigativo teria corrido atrás do. DURAN, para saber onde foi parar o dinheiro das delações premiadas, e das empresa americanas que se beneficiaram com a destruição das empresas nacionais, principalmente na área de Petróleo. Porque o Moro após a lava jato foi correndo aos EUA, a pretexto de visitar orgaos do governo americano??
    Inocente ele não é, e nunca foi para deixar isso tudo para trás

  12. Pensei que uma bomba atômica fosse esplodir no planalto centra,mas a questão ficou entre amigos? Tem muita falcatrua pra ser desvendada e os 3 poderes aí na boa e de braços cruzados. Este país precisa ser passado a limpo, tá difícil aguentar.

  13. Tremendo exagero. Seria bom comentar sobre os jornalistas que recebiam dinheiro do governo federal, para falar bem do Lula.

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome