Nomes aliados a Bolsonaro são cotados para substituir Moro

Chefe da Secretaria-Geral da Presidência e secretário de Segurança Pública do DF estão entre os nomes sondados para assumir Ministério da Justiça

Jorge Oliveira (esq.) e Anderson Torres são nomes cotados para ingressar no governo Bolsonaro

Jornal GGN – O chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, passou a ser um dos mais cotados para substituir Sergio Moro no comando do Ministério da Justiça.

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, um dos desenhos traçados nos bastidores do Palácio do Planalto está relacionado a um antigo desejo do presidente Jair Bolsonaro: a cisão do ministério em duas pastas, Justiça e Segurança Pública. Moro era considerado um empecilho para que isso pudesse acontecer.

Caso tal cenário se confirme, a possibilidade é que Jorge Oliveira assuma a pasta de Segurança Pública, enquanto a pasta da Justiça ficaria com o secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, que inclusive é amigo do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Também existe a possibilidade de indicação do ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF), amigo pessoal do presidente.

Todas essas mudanças foram tratadas diretamente por Bolsonaro com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) – e foi por esse motivo que Rocha não assinou carta recente divulgada pelos governadores contra Bolsonaro e mostrou-se alinhado ao governo federal.

 

Leia Também
Moro: Falei que seria interferência política, Bolsonaro disse que seria mesmo
Presidente da Associação dos Delegados da PF diz que corporação está “desprotegida”
“Está cavando a própria cova”: seguidores criticam Bolsonaro por saída de Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome