Presidente da Associação dos Delegados da PF diz que corporação está “desprotegida”

"O que nós sentimos muito é que a polícia está desprotegida. Ela não tem um mandado para diretor-geral", disse

Jornal GGN – Ao Correio Braziliense desta sexta (24), o presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), Edvandir Paiva, disse que a exoneração de Maurício Valeixo do comando da PF mostra que a corporação está desprotegida contra decisões políticas.

“O que nós sentimos muito é que a polícia está desprotegida. Ela não tem um mandado para diretor-geral. E por conta dessa desproteção, toda vez que houver mudança, e essa já é a quarta, vai ocorrer todo tipo de especulação”, disse. Ele defendeu a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição para independência funcional da PF.

Na esteira da saída de Valeixo, Sergio Moro deve anunciar nesta sexta (24) a saída do Ministério da Justiça.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora