Raio X da indústria automobilística: a dura recuperação, por Luis Nassif

Percebe-se uma queda drástica a partir de janeiro de 2018. Apenas no último mês estabilizou a produção, em patamar ainda muito baixo, mas sinalizando algum crescimento pela frente.

O Raio X do comportamento da inflação, por Luis Nassif

Dos 447 itens que compõem o IPCA, no último trimestre houve alta em 339.

Balança comercial: aumenta a integração do Brasil com a China

O saldo comercial brasileiro saltou de US$ 40 bilhões para US$ 50 bilhões em um ano. Sem a China, cairia de US $28 bilhões para US $22 bilhões.

A inflação e a recuperação da economia global, por Luis Nassif

A grande discussão é se a alta nos preços das commodities é fruto da financeirização do setor ou da recuperação da demanda. Mesmo assim, as altas estão sendo discrepantes, mostrando que se devem mais a fatores específicos e a jogadas de financeirização.

O STF continua sendo testado por Bolsonaro, por Luis Nassif

A cada dia que passa, a sensação de impunidade vai ampliando a margem de arbítrio de Bolsonaro. É hora do STF assumir a iniciativa.

As instituições preparam o contra-ataque contra Bolsonaro, por Luis Nassif

Bolsonaro tem uma tradição de apunhalar antigos aliados. A solidariedade a Pazuello foi estritamente utilitária, para não enfraquecê-lo junto aos militares e junto à própria CPI - já que sempre foi visto como o chefe absoluto de Pazuello.

Índice de Confiança Empresarial melhora, mas continua abaixo de janeiro, por Luis Nassif

Cruzando índices diversos, tiram-se algumas conclusões relevantes.

A privatização da Eletrobras será o golpe do século, por Luis Nassif

O projeto de lei de privatização da Eletrobras é um dos golpe mais ruidosos já registrados nas privatizações brasileiras. A Eletrobras tem capacidade de gerar 30,1% da energia e detém 44% das linhas de transmissão do País

O PIB potencial e a resposta a Otaviano Canuto, por Luis Nassif

Segundo Canuto, o pacote Levy “foi muito mais uma questão de ressaca decorrente do acúmulo de erros macroeconômicos nos períodos anteriores”.

A fragilidade da recuperação econômica, por Luis Nassif

Por outro lado, a redução do isolamento foi forçada especialmente pela falta de ajuda pública - o que aumentou substancialmente casos e óbitos. O problema é que essa leniência tem impactos na possibilidade de uma terceira onda.

Um Raio X das exportações brasileiras por estado, por Luis Nassif

Na garimpagem das estatísticas de comércio exterior, a Holanda, ou Países Baixos é interessante. Apesar de pouco notada é o 4o maior comprador de produtos brasileiros, atrás da China, Estados Unidos e Argentina, mas à frente do Chile, Alemanha.

O desmonte do mercado automobilístico, por Luis Nassif

O ponto central da história é a queda do mercado interno, devido às políticas fiscais suicidas implementadas a partir da gestão Joaquim Levy, mantidas pelo governo Temer, somadas ao desmonte das políticas trabalhistas que jogaram enormes contingentes de brasileiros na informalidade. A carteira de trabalho sempre foi peça essencial para a tomada de crédito pelas famílias.

Os sinais da estagflação, por Luis Nassif

No acumulado de 12 meses, fica mais nítido o estrago causado pela combinação de desvalorização cambial com explosão das cotações internacionais de commodities.

O comércio cai 0,6% com segunda onda da pandemia, por Luis Nassif

Em relação ao desempenho do comércio nos estados, no mês houve aumento da atividade em 9 estados e queda em 17.

Aumenta o fluxo comercial do Brasil com a China, por Luis Nassif

No acumulado de 12 meses até abril de 2021, a China adquiriu 34,31% das exportações brasileiras - contra 30,8% de 12 meses atrás.
GGN