fbpx
sábado, julho 11, 2020
  • Carregando...

    A trágica experiência da Suécia e o erro fundamental de Mandetta, por Luis Nassif

    No caso do Brasil, o grande erro inicial foi a estratégia do Ministério da Saúde - ainda sob Luiz Henrique Mandetta - de limitar a testagem. Consiste em, a cada indivíduo infectado, proceder-se ao mapeamento das pessoas que estiveram com ele, a testagem e o isolamento daqueles que apresentarem diagnóstico positivo.

    A enganosa recuperação da indústria, por Luis Nassif

    Em relação a 12 meses atrás, o quadro é mais dramático. As únicas altas foram em produtos de limpeza, alimentos, remédios e coque.

    O cenário da economia depende do Covid de Bolsonaro, por Luis Nassif

    Trata-se de um presidente tão irracional, que todas as análises concentram-se nas reações psicológicas deles a dois desdobramentos da doença: se forem sintomas leves, a previsão de comportamento é um; se for grave, o comportamento será outro.

    As estatísticas do setor automobilístico ainda não mostram fundo do poço, por Luis Nassif

    Por enquanto não há condições de definir o momento do fundo do poço e o ritmo de recuperação da economia. Mesmo porque não há ainda sequer informações sólidas sobre a segunda rodada da pandemia, que se seguirá ao relaxamento do isolamento social.

    O novo discurso e as velhas práticas de Paulo Guedes, por Luis Nassif

    Mas Guedes não veio para resolver problemas. Veio para implementar sua guerra ideológica, tão obsessiva quanto a de seu chefe no plano moral..

    Os novos modos de produção e a destruição do emprego, por Luis Nassif

    Valendo-se do impeachment, empurrou-se goela abaixo do país o desmonte total da proteção trabalhista, sem colocar nada no lugar.

    O provável fim das forças tarefas do MPF, por Luis Nassif

    Decidiam, por conta própria, com quem compartilhar seus dados. Compartilharam com o DHS e o FBI, ligados ao Departamento de Estado dos Estados Unidos, e se recusaram a compartilhar com a Procuradoria Geral da República.

    Um raio-x do mercado de trabalho com a Covid-19, por Luis Nassif

    Por ramo de atividade, os setores mais afetados pelo desemprego foram o Comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas, que perdeu 1,6 milhão de empregos; e serviços domésticos, com perda de 1,2 milhão de empregos.

    Sem vacina, a guerra contra o Covid 19 se arrastará por todo o ano

    Assim, caso não surja nenhuma vacina nova nos próximos meses, o isolamento se estenderá pelo segundo semestre.

    Os economistas iluministas e a hipocrisia fiscal, por Luis Nassif

    Sem uma forma de justificar as iniquidades fiscais, eles teriam que deixar os holofotes dos cargos políticos, dos convites para palestras para públicos leigos e levar a disputa para o terreno pedregoso dos trabalhos acadêmicos aprofundados.

    Nova Lei do Saneamento permitiu passar a boiada da privatização da água, por Luis Nassif

    Nas próximas décadas, a água será a mais importante commodity do planeta. O Brasil possui água em abundância, aquíferos, rios. É um bem público. Por isso não pode ser propriedade nem de estados, municípios, menos ainda de empresas privadas.

    As discussões sobre a privatização do saneamento, por Luis Nassif

    Por esse modelo, não apenas haveria a privatização da distribuição da água, mas também a concessão do uso da água para setor privado. Aí começa um tema complicado.

    Os fakenews de Paulo Guedes em relação à carga tributária, por Luis Nassif

    Em relação a tributação sobre Renda, lucro e ganhos de capital, Brasil ocupa a 34ª posição, com apenas 6,5% do PIB, contra uma média de 11,4%

    A redução da Selic não alterará em nada a recessão

    A Teoria Monetária Moderna é praticamente ignorada nos debates públicos, de uma opinião pública e midiática extraordinariamente presa a ideias passadas. Por outro lado, até agora não saiu um estudo rebatendo de forma sólida os argumentos levantados por seus defensores.

    A demissão de Mansueto de Almeida, o lugar-tenente de Paulo Guedes, por Luis Nassif

    Saindo, Mansueto se preserva para um eventual movimento liberal não-fundamentalista,  na companhia da Casa das Garças e de outros templos mais racionais.