Planalto “pisa em ovos” com Frederick Wassef

    Cresce temor entre auxiliares e família Bolsonaro sobre uma reação destemperada do advogado, visto como potencial ‘homem-bomba’

    Foto: Reprodução

    Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro e seus aliados têm “pisado em ovos” para não melindrar o agora ex-defensor do senador Flávio Bolsonaro, o advogado Frederick Wassef, que tem sido tratado como “homem-bomba” desde a prisão de Fabrício Queiroz em sua casa na última semana.

    Segundo informações do jornal O Globo, tanto o presidente como sua família temem que Wassef tenha uma reação destemperada diante de um rompimento mais brusco, e seguem acompanhando a possibilidade do advogado ser preso caso sejam encontrados indícios de crime em sua relação com Queiroz. Corre nos bastidores que Bolsonaro e Flávio erraram por não terem escolhido um “medalhão” desde o começo.

    Wassef anunciou sua saída da defesa de Flávio na noite de domingo – ele era o defensor do senador no caso de movimentações financeiras suspeitas. Logo após o anúncio, Flávio Bolsonaro usou suas redes sociais para declarar que “a lealdade e a competência do advogado Frederick Wassef são ímpares e insubstituíveis”.

    Contudo, “por decisão dele e contra a minha vontade, acreditando que está sendo usado para prejudicar a mim e ao presidente Bolsonaro, deixa a causa mesmo ciente de que nada fez de errado”, escreveu.

    Essa sinalização ocorreu após a divulgação de uma nota pela advogada Karina Kufa afirmando que ele não é advogado do presidente, como Wassef se apresentava e como o próprio Bolsonaro chegou a declarar publicamente.

     

    Leia Também
    Em meio à crise, Bolsonaro tenta se blindar contra impeachment
    Advogados acrescentam acusações e pedem urgência em impeachment contra Bolsonaro
    TSE arquiva uma das ações para cassar Bolsonaro
    TV GGN: Bolsonaro, Wassef e o novo Ministro da Educação
    Do Banestado à Lava Jato: o passado de Sergio Moro

    Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

    Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

    Apoie agora

    2 comentários

    Deixe uma mensagem

    Por favor digite seu comentário
    Por favor digite seu nome