Portugal torna obrigatório uso de máscara ao ar livre

País vem aprovando medidas para tentar conter o segundo surto de infecções pela Covid-19. Só ontem, 22, foram registrados 3.270 novos casos da doença

Foto: Manuel de Almeida/EPA - EFE - 6.3.2020

Jornal GGN – Para tentar conter a segunda onda de infecções do novo coronavírus, o Parlamento de Portugal aprovou nesta sexta-feira, 23, o uso obrigatório de máscaras de proteção facial ao ar livre.

A decisão é obrigatória pelos próximos 70 dias e vale para pessoas com mais de 10 anos de idade, em locais onde não for possível manter distanciamento físico.

A multa para quem descumprir as regras varia entre 100 e 500 euros (cerca de R$ 664 a R$ 3.322).

Até então, o uso de máscaras facial era obrigatório em comércios, espaços fechados e nos transportes públicos.

Nas últimas duas semanas, os índices de novas infecções pelo Covid-19 explodiu em país. Só ontem, 22, foram registrados 3.270 novos casos da doença. Até agora, são 112.440 infecções e 2.276 mortes pela Covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde do país.

O cenário afetou diretamente os hospitais da região. Na capital, mais de 80% das vagas para pacientes com Covid-19 nas enfermarias dos hospitais estão ocupadas. Com isso, Lisboa e Porto vão reabrir hospitais de campanha.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pandemia de coronavírus começa a dar sinais de novo crescimento no Brasil

2 comentários

  1. Alguém precisa avisar o governo português que não se pode obrigar o uso de máscara, vacinação ou lá o que seja, obrigar é um atentado aos direitos das pessoas, é atitude politicamente incorreta, faz uso da vacina quem quiser, até mesmo crianças, e quem não se vacinar e contrair o vírus, será porque deus assim o quis, a jenial damares que o diga. E depois, ainda tem gente que debocha das piadas de português.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome