Revista GGN

Assine

PT promete pressionar autoridades para cancelar operação na UFMG e punir abusos

Foto: Jornalistas Livres
 
 
Jornal GGN - A bancada do PT emitiu uma nota em solidariedade à cúpula da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que foi alvo de uma ação de busca e apreensão e condução coercitiva da Polícia Federal nesta quarta (6), e informou que pressionará as autoridades para "sustar a operação e punir disciplinarmente os responsáveis, em particular aqueles que autorizaram tamanha arbitrariedade."
 
"Não há qualquer justificativa para a forma como a operação se deu. Não há qualquer justificativa para conduzir coercitivamente dirigentes universitários, cidadãos e cidadãs conhecidas publicamente, com endereço estabelecido, cumprindo suas funções e que, a qualquer momento, estariam à disposição da Polícia Federal para prestar as explicações que fossem necessárias. A banalização das conduções coercitivas visa apenas o espetáculo, a autopromoção de agentes públicos mais acostumados aos holofote do que à prática de suas funções", diz a nota.
 
A operação Esperança Equilibrista investiga um suposto desvio de R$ 4 milhões em recursos da Fundep. Além disso, a PF quer saber porque a obra do Memorial da Anistia não foi concluída. A ação de condução coercitiva foi criticada por não ter convocado os reitores e ex-reitores para esclarecimento antes, lembrando o caso da Universidade Federal de Santa Catarina, onde os excessos e exposição midiática levaram ao suicídio o então reitor Luiz Carlos Cancellier.
 
"Agora em Minas Gerais esse absurdo se repete maximizado. É preciso lembrar que a UFMG é uma das maiores Universidades brasileiras. É de um projeto acadêmico que estamos falando. Essa violência ainda é pior porque ela arrasta pra suspeita suja o estudo da anistia brasileira, o estudo dos excessos da ditadura, as terríveis memórias da ditadura que também invadiu os Campi, prendeu, caçou, torturou e matou", disse a deputada Margarina Salomão, na tribuna da Câmara.
 
Assinam a nota do PT os deputados Carlos Zarattini, Margarida Salomão, Raimundo Angelim e os senadores Lindbergh Farias e Fátima Bezerra.
 
Veja a nota completa abaixo.
 
A operação da Polícia Federal que na manhã desta quarta (06) conduziu coercitivamente os atuais reitores e os ex-reitores da UFMG é uma prova de que a onda de arbitrariedade e exibicionismo no país está longe de acabar. Demonstra-se que o martírio do ex-reitor da UFSC, Luiz Carlos Cancellier, não foi o suficiente para constranger aqueles e aquelas que hoje entendem ter o direito de utilizar prerrogativas legais para produzir perseguições de cunho político e pessoal.
 
Não há qualquer justificativa para a forma como a operação se deu. Não há qualquer justificativa para conduzir coercitivamente dirigentes universitários, cidadãos e cidadãs conhecidas publicamente, com endereço estabelecido, cumprindo suas funções e que, a qualquer momento, estariam à disposição da Polícia Federal para prestar as explicações que fossem necessárias. A banalização das conduções coercitivas visa apenas o espetáculo, a autopromoção de agentes públicos mais acostumados aos holofotes do que à prática de suas funções.
 
Temos explícito mais um episódio de uma ofensiva contra as conquistas progressistas dos últimos anos, desta vez dirigida contra a Educação brasileira e seu propósito de democratizar e libertar. Não por coincidência, o gesto de violência da Polícia Federal voltou-se contra o Memorial da Anistia, ação da UFMG que busca promover o resgate da verdade reprimida pela Ditadura Militar brasileira, contribuindo para restabelecer no Brasil o tão elementar direito à memória.
 
Somamo-nos à indignação já manifestada pela direção da UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais, conclamando a sociedade para defender a instituição dessa caçada brutal, sustar a operação e punir disciplinarmente os responsáveis, em particular aqueles que autorizaram tamanha arbitrariedade.
Brasília, 6 de dezembro de 2017
 
Média: 4.7 (15 votos)
16 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

E o helicóptero do Perrrela?

E o helicóptero do Perrela? Foram 450 kg de cocaína? Houve alguma detenção coercitíva? Não é um caso da Polícia Federal? 

Seu voto: Nenhum

"A história da humanidade é a história das lutas de classes". Karl Marx

Simplesmente repugnante

Não existe definitivamente qualquer justificativa para um ato tão absurdo e violento como esse. É um ultraje para os reitores e vice reitores e para a Universidade. O aparato policial é estarrecedor: preparados para prender criminosos de alta periculosidade armados até aos dentes! Tão repugnante quanto ridículo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de evandro condé de lima
evandro condé de lima

Quanto à pf (em minúsculas)

Assistimos e lemos volta e meia sobre detentos em prisões federais que transportavam meno sde um quilo de pasta base ou similar pelos aeroportos. Um helicóptero, seus pilotos e 450 kg de coca não deram nem cinco meses de prisão. Cadê os culhões?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

a quem cumpre proibir este exagero?

a Globo? porque por aqui não estão sendo analisadas por ninguém

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de C.Poivre
C.Poivre

Espetáculo de covardia!

O aparato é como se estivessem prendendo a quadrilha do MT, incrustada no Palácio do Planalto, ou a Organização Criminosa conhecida como Farsa a Jato. Aí sim se justificaria uma operação com muitos policiais e poderoso armamento considerando a alta periculosidade das duas quadrilhas acima citadas. É típico de policiais em geral, são fortes com os fracos e fracos com os fortes. Queria ver é eles enfrentarem traficantes armados na mesma proporção deles. As polícias do Brasil (todas elas) precisam ser demitidas e recomeçar do zero sem gente de tão baixa qualidade.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Serjão
Serjão

A militância

Convoque a militância PeTista!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"A esperança... dança na corda bamba"

Olha o aparato para conduzirem coercitivamente a professora... Eh chocante. Todo o episodio é chocante. Essas pessoas deveriam, como manda a Constituição Federal, primeiro ser intimidas e seguirem com discrição as investigações. Mas não, preferem as cenas espalhafatosas para que saiam no JN e demais canais de midia e humilharem as pessoas acusadas.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

O que chama a atenção na foto

Vejam o arsenal e o uniforme de guerra dos PFs, é como se estivem escoltando, prendendo na verdade, o pior dos assassinos sanguinários, é um acinte o que esses policialecos fazem com as pessoas.

Estamos em tempos de exceção e em tais tempos chegou o momento do povo brasileiro partir para a radicalização e o confronto, não podemos mais nos manter quietos e aceitarmos passivamente governo ilegítmo e torpe que se apossou do Estado Brasileiro.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

"Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e plantas roseiras e faz doces. Recomeça. Faz da tua vida mesquinha um poema e viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir". Cora Coralina

Em 06/03/2016 já escrevi neste GGN um artigo que se chamava:....

Em 06/03/2016 já escrevi neste GGN um artigo que se chamava: Para que serviam os fuzis?

Ou seja,já naquela data ficava claro que os fuzis serviam como intimidação, estão esperando que alguém reaja para criar uma crise.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

bem por aí mesmo...

e de tanto intimidarem sem conseguir, um dia apertarão acidentalmente........................

e não terá sido a primeira vez

acredito que todo aparato e fotos estão sendo observadas e analisadas no exterior

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Edemar Motta
Edemar Motta

Eles mesmos mandam as fotos

Eles mesmos mandam as fotos para os patrões verem como estão aprendendo direitinho.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Estes ataques às

Estes ataques às universidades federais num momento em que se quer cobrar mensalidades e, quem sabe?, privatizá-las, certo?

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de José Eduardo de Camargo
José Eduardo de Camargo

O fim da PF

Não adianta protestar! Essa polícia tem que ser extinta ou reestruturada e ponto final! E sugiro até um novo nome: Polícia Republicana, algo que a PF deixou de ser há muito tempo!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Fardas e ideologia da U.S

Fardas e ideologia da U.S Army, mas salário bancado pelo tesouro nacional brasileiro .

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Rei
Rei

Infelizmente era exatamente isso que o Governo queria

Agora o ciclo se fechou... mais um caso de corrupção pregado na testa do PT pelo esquema governo+mídia... desviando a atenção das pessoas da reforma e da roubalheira do Temer.

É só ler os comentários nesses portais de notícia... todo mundo associando o PT com as universidades Federais... com desvio de verba... agora o PT sai em defesa da universidade... cai como uma luva para a narrativa que a imprensa deixava implícita.

Já posso até ver as manchetes: "PT sai em defesa da corrupção nas Universidades"... "PT critica investigação da Polícia Federal"

Não sei qual a saída pra esse tipo de situação... mas com certeza o Governo deu mais um "Xeque-Mate" no Xadrez.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.