Se PGR arquivar indiciamento, Senadores da CPI pretendem pedir impeachment de Aras

O documento final da CPI do Covid chegará a Aras um dia depois da votação do texto, quarta, dia 27. Aras deverá analisar os nove crimes imputados a Jair Bolsonaro pela comissão, bem como de quatro ministros de Estado, aos filhos de Jair, Flávio e Eduardo, e outros cinco deputados federais

Agência Brasil

Jornal GGN – O G7, grupo majoritário de senadores da CPI da Covid, entenderam que pressão é o caminho para que o procurador-geral da República, Augusto Aras, cumpra integralmente as decisões do relatório final e, caso isso não ocorra, pretendem pedir punição dele com perda do cargo via impeachment. As informações são de Lauro Jardim, em O Globo.

O documento final da CPI do Covid chegará a Aras um dia depois da votação do texto, quarta, dia 27. Aras deverá analisar os nove crimes imputados a Jair Bolsonaro pela comissão, bem como de quatro ministros de Estado, aos filhos de Jair, Flávio e Eduardo, e outros cinco deputados federais. Todos têm foro privilegiado.

Os senadores concordam que, caso Aras se omita, procrastine ou arquive as recomendações, as decisões da comissão irão diretamente ao STF, por meio de uma ação penal subsidiária.

No caso de Aras, os senadores definiram a proposição de um pedido de impeachmet na Casa contra ele, por negligenciar o trabalho da CPI mais importante já ocorrida no Congresso.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome