Símbolo da corrupção brasileira, Roberto Jefferson sugere golpe contra o STF

Nas redes sociais, o presidente do PTB também publicou foto segurando arma de fogo em ameaça a comunistas

Imagem: Reprodução/Twitter

Jornal GGN – O ex-deputado e presidente do PTB, Roberto Jefferson, conhecido pelos escândalos de corrupção do Mensalão, se exibiu nas redes sociais neste sábado, 9 de maio, segurando arma de fogo para “combater o bom combate” contra comunistas, além de sugerir que Jair Bolsonaro demita os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Bob Jefferson é o mais recente bolsonarista de ocasião.

Em uma das publicações o político diz que “Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita. Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO. Se não fizer, cai”, escreveu em seu perfil no Twitter. 

Já em outra publicação, Roberto Jefferson aparece segurando arma de fogo e diz que está se preparando “para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da Pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”, afirmou.

Em 2005, Roberto Jefferson foi condenado pelo STF pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso Mensalão. Com isso, seu mandato de deputado federal pelo Rio de Janeiro foi cassado. 

Agora, além de responder pelos crimes de corrupção, o político pode ser processado por atentado contra a ordem política e social.  

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora