Temer será consultor da Huawei no leilão brasileiro da rede 5G

Ex-presidente foi contratado não só para fornecer assessoria jurídica, mas por conta de sua aproximação com o presidente Jair Bolsonaro

O ex-presidente Michel Temer. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – A empresa chinesa de telecomunicações Huawei contratou o ex-presidente Michel Temer para atuar como consultor da empresa no leilão de redes 5G que será realizado em março deste ano.

Segundo o site ZDNet, a contratação foi confirmada em breve comunicado, que afirmou que a Huawei está “comprometida com a transparência com todas as partes interessadas”.

Além de fornecer consultoria jurídica, a contratação do ex-vice-presidente no mandato de Dilma Rousseff e presidente do país após o impeachment (de 2016 a 2018) também tem um componente político: sua proximidade com o atual titular Jair Bolsonaro, os diversos aliados que o ex-presidente possui no Congresso e o fato de Temer ter nomeado o atual presidente do conselho da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Leonardo Euler de Morais, cujo mandato termina em novembro de 2021.

Bolsonaro tentou impedir a participação da Huawei no desenvolvimento de novas redes móveis no Brasil, a pedido do então presidente dos Estados Unidos, Donald Trump , o que foi posteriormente confirmado pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Já o presidente da Huawei no Brasil, Sun Baocheng, chegou a afirmar que o impedimento da empresa teria consequências de longo prazo para o lançamento do 5G – sem considerar o impacto no comércio bilateral entre China e Brasil, que não anda das melhores por conta dos sucessivos ataques de Bolsonaro ao país, o que já causou o atraso no envio de insumos para a produção de vacinas contra a covid-19.

 

Leia Também
Governo volta discutir participação da Huawei no 5G, para conseguir insumos de vacina da China
Bolsonaro desautoriza Mourão sobre 5G
Acordo Brasil/EUA e Leilão 5G: Bolsonaro entre pressões domésticas e tensões EUA/China, por Edna Aparecida da Silva
A Tecnologia 5G da HUAWEI é uma ameaça para o Brasil?
Disputa pelo 5G no Brasil: EUA fazem ‘ameaças’ e China oferece ‘presentes’

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. Se o golpista e usurpador Michel Temer é bom para a Huawei isso significa que a Huawei não é boa para o Brasil. A partir de agora passei a defender a exclusão dessa empresa da disputa pela instalação da tecnologia 5G no Brasil. Pau na Huawei, sem dó general Mourão.

  2. Fique tranquilo sr. Fábio. O ermão Treme só aceitou a incumbência para encher os bolsos e, na primeira oportunidade, trair os chineses.
    Não é por nada não, apenas que a traição está no dna dele.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome