Palestina Livre, por Rui Daher, BRD Capítulo 9

Palestina Livre, por Rui Daher, BRD Capítulo 9

Somente hoje tive conhecimento da agressão fascista, perpetrada por “guardinhas” da Polícia Militar e skinheads disfarçados com perucas, contra Hasan Zarif, proprietário do AL JANIAH, bar, restaurante, casa de shows e bunker de palestinos, inclusive refugiados.

Sou, junto com minha mulher, Fernando Juncal e Dimea do local. Considero-me amigo do Hasan. Para lá levo minhas filhas, meu filho, seus namorados, e amigos.

Com prazer. A qualidade do que lá é servido e bebido é ótima. Os preços honestos, o serviço uma linda coreografia de moças e rapazes altos, fortes, bonitos, gentis. A música também é inovadora, moderna, a certa altura afasta-se as mesas e dançamos ritmos árabes inesquecíveis, modernos, sons que aqui desconhecemos por ignorância americanófila.

No AL JANIAH tudo enternecerá o coração dos amigos Chaddad, Nassif, Farah. Como também deveria enternecer os de meus amigos da colônia judaica, Grajew, Kauffman, Fischer, Heilbut.

Se assim, por que, vocês últimos não se pronunciam contra reacionários que vão protestar contra a imigração? De onde vieram seus pais, avós, bisavós? Do Xingu? Mesmo japoneses, alemães, italianos, portugueses, onde cagavam nos navios branco-amarelos? No convés, pois não.

SP TV, aquela me(r)diocridade da Globo, o que faz a ponto de me tirar o prazer de entrar em casa. Entrevista os bostinhas fascistas a mentir que foram atacados, bombas foram atiradas pelos palestinos, em fake reprodução do que acontece no Oriente Médio. Um corregedor da polícia, covarde e no muro declara as platitudes de sempre.

Cadê a palavra do amigo Hasan? De seu companheiro, menos parrudo, que nos recebe na porta com um sorriso palestino e sua túnica xadrez?

Leia também:  A política econômica do fascismo italiano, por Rogério Maestri

Infelizmente, viajo amanhã cedo para o Nordeste. Vou atrás de Nego, o garçom que inventa igrejas para desajustados como eu, de Portela o sertanejo farinheiro que conheci num sarau do turco. Só volto no domingo à noite. Perderei Mujica, na CartaCapital, sentindo não poder atender o convite telefônico de outro amigo, Sérgio Lírio; perderei e a Feira do MST no Parque da Água Branca.

Sei que os companheiros estarão lá. Hasan, se precisar volto com minha AK-47 verbal, mas antes saiba, politicamente tá na cara o motivo da repressão contra você e seus companheiros; em termos econômicos, você fez um empreendimento de sucesso e eles acham que isso é só para eles. Não é! Força!

Hasan e companheiros de bunker, contem comigo. Semana que vem tô aí tomando um Palestina Libre com você.  

https://www.brasil247.com/pt/247/sp247/293486/Ato-contra-Lei-de-Migração-termina-com-prisão-de-dono-do-Al-Janiah.htm

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. Palestina…..

    Caro sr., este assunto mostra bem a falta de informação e ignorância nacional e como a mídia vai moldando tamanha desinformação para seu interesse. Primeiramente, o preso foi o agredido. Inacreditável. Depois, a vinda de imigrantes, mesmo de países pobres como o Haiti, mostra o tamanho da nossa falta de cultura, conhecimento e educação. A mídia aos poucos, está transformando a base intelectual que costurou este país da Amazônia aos Pampas em antagônicos ou inimigos, implantando interesses das grandes potências no Oriente Médio como se nossos fossem. Quando árabes e mulçumanos representaram  exatamente o contrário. Basta ver marcas e  sobrenomes que construiram este país Kassab, Alckmin, Jatene, Maluf, Daher, Temer, Sirio Libanês, Monte Libano…   

  2. Pô! Depois dessa propaganda,

    Pô! Depois dessa propaganda, a gente uma hora dessas vai dar uma passada aí no Al Janiah prá comer umas porpêta!

  3. Cancelamento do Encontro de amanhã
    MAIO5CANCELADO!! – Encontro no Al Janiah em apoio aos refugiados e imigrantesPúblico · Organizado por Tainah Fernandes e Patrick Bortoluzzi Margotti   clock Amanhã às 19:00 – 23:00Amanhã · 17—24° Tempestade intensa pin Exibir mapa Al JaniahRua Rui Barbosa, 269, 01326-010 São PauloSobre Discussão  1,3 mil comparecerão · 3,9 mil interessadosVer todos    Detalhes *******LEIAM!! AVISO IMPORTANTE!!!********

    É com uma profunda dor no coração, que eu e Patrick viemos aqui comunicar que nosso ato, infelizmente, terá que ser CANCELADO.
    Desde o começo estávamos em conversa com o pessoal do Al Janiah, e devido ao tamanho da repercussão que o episódio tomou e por motivos de segurança, tanto ao Hasan quanto as outras vítimas e também aos participantes, chegamos a decisão de que, por hora, iremos cancelar nosso ato. 
    Muitas notícias falsas estão circulando na internet mostrando o Hasan como terrorista e chamando o episódio da última terça na Paulista de primeiro ato terrorista do Brasil. O que é um absurdo e pedimos a ajuda de todos para denunciar.
    O Hasan e os outros rapazes estão impedidos de praticar uma série de atividades por conta de uma liminar, então queremos expo-los o mínimo possível, porque a gente sabe que rola perseguição. 
    Por esses motivos e porque causa da cobertura da grande mídia, e das notícias falsas, não queremos colocar nenhum participante em risco de sofrer repressão, nem policial nem da direita fascista. 

    “Mas o que podemos fazer? Vamos desistir da luta e deixar por isso mesmo?”

    Não, não vamos desistir! 
    Como dissemos, estão circulando muitas notícias falsas, por isso pedimos a ajuda de todos para que nos mandem tudo o que encontrarem sobre isso para que possamos encaminhar para o advogado do caso.
    Ataques preconceituosos, racistas e xenófobos também. Racismo e xenofobia são crimes no Brasil e devem ser denunciados. Então tirem prints, denunciem ao Facebook e Twitter, se for o caso, mas também mandem pra nós. 

    Está sendo estudada a possibilidade de um outro ato e contamos com o apoio da vereadora Sâmia Bonfim do PSOL na Câmara. 

    A gente espera que vocês entendam nossa decisão e que a luta de vocês não pare, assim como a nossa. 

    Um beijo e um abraço à todos vocês que nos apoiaram. Eu e Patrick agradecemos mesmo, de coração! 

    #migraredireito 

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome