Artigo publicado originalmente em 27 de agosto de 2019

Anivaldo Padilha, torturado pela ditadura militar, narra uma cena que explica bem a banalização do mal. Estava sendo torturado por um torturador implacável. Aí toca o telefone. A sessão é interrompida e torturador atende. Do outro lado, a filha. O torturador se enternece:

– Oi, filha, o papai já vai, fique tranquila, já estou indo.

E volta mais feroz ainda, porque a resistência do torturado estava atrasando a ida dele para os compromissos familiares.

A faceta mais óbvia do fascismo é a banalização do mal, a desumanização das vítimas, uma das características do direito penal do inimigo.

Os diálogos da Lava Jato sobre as mortes dos parentes de Lula – divulgados pelo The Intercept e UOL – são a comprovação definitiva de como o fascismo se espalha, contaminando corações e mentes de pessoas de pequena estatura  moral.

A celebração da morte, por esses procuradores indignos, entrará definitivamente para a história. No futuro, será erguido um Panteão dos Atos Indignos, para lembrar esses tempos tenebrosos que se iniciam com a Veja, prosseguem com a Lava Jato e se encerram com Jair Bolsonaro, todos da mesma natureza, banalizadores do mal, cultivadores da morte, da selvageria, deslumbrados com o poder que receberam, mentes sádicas, se comprazendo em liquidar com reputações, empresas, empregos e não demonstrar respeito nem pela morte.

O GGN prepara uma série de vídeos sobre a interferência dos EUA na Lava Jato e a indústria do compliance. Quer se aliar a nós? Acesse: www.catarse.me/LavaJatoLadoB

No Panteão dos Atos Indignos, esses diálogos ocuparão lugar especial, ao lado de frases escolhidas de Bolsonaro e filhos, todos da mesma laia, da mesma natureza moral, e entronizarão os nomes de Januário Paludo, Monique Cheker, Thamea Danellon, Laura Tessler, Jerusa Viecili, Roberto Pozzobon, Deltan Dallagnol, para que não se esqueça, não se repita. A lembrança desses diálogos atravessará os tempos, amaldiçoando a memória dos comensais desse banquete de horrores, será um peso na memória dos seus filhos e netos, uma mancha que se estenderá por gerações.

Leia também:  Noblat: Januário Paludo pode levar a Lava Jato em Curitiba ao "lixo"

Tolos, medíocres, como o mais reles dos bolsominions, incapazes de enxergar para além do momento de paroxismo, de avaliar os desdobramentos futuros sobre sua própria história e biografia. E, no Twitter, invocando o nome de Deus e da fé, meramente porque falar de Deus e da fé se tornou um bom negócio.

Restaram, no diálogo, as observações do mais vulnerável e sensível dos procuradores, Diogo Castor, o que se deixou influenciar por colegas mais velhos, a ponto de se expor em críticas abertas a Ministros do Supremo, enquanto as raposas velhas usavam o biombo de partidos políticos e movimentos de rua para não se expor. Diz ele, por ocasião do velório do irmão Vavá:

“Entendo as ponderações. Considero razoáveis. Mas mesmo assim não acho que ele possa ser penalizado por causa disso, sendo que a lei prevê que todos os presos em regime fechado tem esse direito”.

E Januário Paludo, o mais experiente do grupo:

“O safado só queria passear”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

O Brasil começa a perceber que a natureza bruta do ódio, que virou matéria viva na direita brasileira, sai também do laboratório da Lava Jato para entrar na corrente sanguínea da classe média brasileira. O clero dos filhos abastados do Estado, gente que vem das classes opulentas e dominadoras corre parelha com o linguajar de torturadores, assassinos e outros tipos de gente fria. Pior, os párias da Lava Jato, com um grande e vasto palavreado de ódio, dividido fora das luzes, é gratuito, uma ferocidade animalesca, grosseira, nostálgica dos tempos da ditadura. É só ver a grita de um deles chamando Lula de “safado”, outra dizendo que seu sofrimento pela perda do neto era “mimimi”. Ali era tiro a esmo, sem qualquer motivo, mas que tinha o objetivo de atacar um alvo, Lula, de forma intensa. A impressão que dá é a de que concorriam para ver quem era o mais baixo, quem tratava com mais molecagem a dor de um ser humano com a perda de um ente querido. Até o choro de Lula mereceu galhofa dos cretinos, que juravam perante os holofotes da Globo nas suas coletivas serem imparciais, técnicos, sabedores das responsabilidades de um agente público ricamente pago pelo povo, incluindo regalias e privilégios. O fato é que o que eles colocaram para fora nesse espetáculo de ódio e soberba é o nojo que eles têm dos pobres, nojo incubado nessa espécie de tutoria imperial. Essa gente é filha do preconceito que está ao seu redor, que tem o olhar de repulsa para o povo exilado do Estado, povo que Lula abraçou e protegeu numa gloriosa rede de programas sociais que mudou a cara do país. Essa monarquiazinha dos filhos das classes dominantes cheios de caprichos, incapazes de compreender ou distinguir o que passa em termos de dor uma pessoa pobre, aderiu ao discurso mais vil desse país. Por isso falam de Lula rogando-lhe maldições traduzidas num vernáculo baixo ligado ao gênero mais puro do baixo nível intelectual, cínico e insensível. O que mais deve irritá-los é ver Lula erguer a cabeça por saber que é, sem contestação, o vulto máximo da nossa história por ter sido nobre e generoso com os pobres. Aí está o motivo de seu cárcere e o ódio que cerca essa vexatória condenação para o Ministério Público, a Polícia Federal e o judiciário brasileiro. *Por Carlos Henrique Machado Freitas

Luiz Mattos

"No Panteão dos Atos Indignos, esses diálogos ocuparão lugar especial, ao lado de frases escolhidas de Bolsonaro e filhos, todos da mesma laia, da mesma natureza moral, e entronizarão os nomes de Januário Paludo, Monique Cheker, Thamea Danellon, Laura Tessler, Jerusa Viecili, Roberto Pozzobon, Deltan Dallagnol, para que não se esqueça, não se repita. A lembrança desses diálogos atravessará os tempos, amaldiçoando a memória dos comensais desse banquete de horrores, será um peso na memória dos seus filhos e netos, uma mancha que se estenderá por gerações." . Nassif, esse é o meu consolo.... Eles são jovens, viverão ainda algumas dezenas de anos..... Tempo mais do que o suficiente para verem seus nomes ligados para sempre à infâmia! Certamente, nesse país de Judiciário cúmplice, covarde, corporativista, não serão punidos, talvez apenas o Deltan e apenas como uma farsa, uma pantomima no grande Teatro que virou o Brasil.... . Mas como será bom, como será JUSTO ver, como você disse, eles não poderem escapar do julgamento da História e perceberem a vergonha dos filhos e netos..... . Essa gente é a escória da terra!

44 comentários

  1. O Brasil começa a perceber que a natureza bruta do ódio, que virou matéria viva na direita brasileira, sai também do laboratório da Lava Jato para entrar na corrente sanguínea da classe média brasileira.

    O clero dos filhos abastados do Estado, gente que vem das classes opulentas e dominadoras corre parelha com o linguajar de torturadores, assassinos e outros tipos de gente fria. Pior, os párias da Lava Jato, com um grande e vasto palavreado de ódio, dividido fora das luzes, é gratuito, uma ferocidade animalesca, grosseira, nostálgica dos tempos da ditadura. É só ver a grita de um deles chamando Lula de “safado”, outra dizendo que seu sofrimento pela perda do neto era “mimimi”.

    Ali era tiro a esmo, sem qualquer motivo, mas que tinha o objetivo de atacar um alvo, Lula, de forma intensa. A impressão que dá é a de que concorriam para ver quem era o mais baixo, quem tratava com mais molecagem a dor de um ser humano com a perda de um ente querido. Até o choro de Lula mereceu galhofa dos cretinos, que juravam perante os holofotes da Globo nas suas coletivas serem imparciais, técnicos, sabedores das responsabilidades de um agente público ricamente pago pelo povo, incluindo regalias e privilégios.

    O fato é que o que eles colocaram para fora nesse espetáculo de ódio e soberba é o nojo que eles têm dos pobres, nojo incubado nessa espécie de tutoria imperial. Essa gente é filha do preconceito que está ao seu redor, que tem o olhar de repulsa para o povo exilado do Estado, povo que Lula abraçou e protegeu numa gloriosa rede de programas sociais que mudou a cara do país.

    Essa monarquiazinha dos filhos das classes dominantes cheios de caprichos, incapazes de compreender ou distinguir o que passa em termos de dor uma pessoa pobre, aderiu ao discurso mais vil desse país. Por isso falam de Lula rogando-lhe maldições traduzidas num vernáculo baixo ligado ao gênero mais puro do baixo nível intelectual, cínico e insensível.

    O que mais deve irritá-los é ver Lula erguer a cabeça por saber que é, sem contestação, o vulto máximo da nossa história por ter sido nobre e generoso com os pobres. Aí está o motivo de seu cárcere e o ódio que cerca essa vexatória condenação para o Ministério Público, a Polícia Federal e o judiciário brasileiro.

    *Por Carlos Henrique Machado Freitas

    77
    • Deveriam todos ser exonerados para dar o exemplo e essa ignomínia nunca mais se repetir….

      Aliás, algum desses botou a cabeça para fora hoje, ou se recolheram de vergonha????

      35
    • Nossa, Luiz Mattos, me arrepiei com esse texto fantástico que você colocou aqui do glorioso Carlos Henrique Machado Freitas. Li a Carta aos membros do MP por Eugênio Aragão e agora o nosso NASSIF, e agora com esse texto, desse comentário, enfiaram o punhal até o talo nessa gente, gentinha do mais baixo nível, pagos regiamente por nós pra fazer justiça e respeitar a Constituição e está aí estampado por vocês toda a nojeira que eles representam. Nada mais a dizer, vocês disseram tudo e falaram por nós todos, simples mortais que não temos o dom da palavra. Parabéns a todos, vou dormir de alma lavada. Boa noite!

      11
  2. os nazistas eram exatamente assim:nao tinham o minimo respeito ao ser humano ,à vida,executavam pessoas friamente,faziam experiencias cientificas com humanos como se faz hoje com camundongos .Todos da mesma materia: MONSTROS!!!

    49
  3. Mas, a grande vitamina dessas mentes outrofóbicas é a Globo Corporation, aquela que mesmo que alguém derrube o seu sinal, vai pairar pelo éter com a sua imoralidade infecta e contagiosa, reproduzindo-se “ad eternum” por outros meios de comunicação.

    45
  4. A exemplo do que os militares fizeram com Brizola e Juscelino, a unica coisa que esses imbecis arrotando superioridade vão produzir, vai ser um atestado de idoneidade pro Lula, e um atestado de incompetência, ignorância e pobreza moral pra eles mesmos.

    45
  5. Não adianta erguer Panteão, monumento, o cacete a quatro. Essa desgraça só não se repetirá de novo se esses fdps de hoje ( Deltan Moro e corja ) fossem devidamente punidos enquanto vivos, com os seus familiares tendo que se submeter a revista íntima antes de visitarem os monstros que fizeram isso por décadas ( já imaginou a Rosângela Moro passando por isso ) . Veja o exemplo concreto de nosso vizinho, os argentinos = diferente do Brasil, lá os fdps dos militares – que destruíram a economia argentina, aplicaram métodos de torturas que nada ficavam a dever aos nazistas e que fugiram como ratos quando tiveram que enfrentar o exército britânico, deixando pra trás soldados passando fome – foram presos e o pior deles ( e olha que a concorrência é forte) a cadela Videla morreu sentado numa privada, o único trono que um verme daquele tinha direito. Aqui todos viraram nomes de ruas, avenidas, escolas. Uma vez um amigo meu disse que lá foi diferente porque os militares argentinos perderam a guerra das Malvinas de forma vergonhoso e isso foi a gota d’água. Se algo semelhante tivesse acontecido no Brasil, a punição dura aos militares teria acontecido. Eu disse que não teria tanta certeza disso e lembrei dois desastres econômicos semelhantes e que tiveram finais diferentes = em 90 Collor confiscou toda a poupança e não houve nenhum levante, nada – e o fdp só caiu quase dois anos depois do maior roubo do país- e não foi pelo confisco, mas por pura inabilidade política em negociar com os que já tomavam conta da zona há mais tempo. Dez anos depois, aconteceu o curralito, o fim da paridade dólar-peso criado no período Menen-Cavallo ( tão elogiado pelos nossos analistas econômicos da época, que não se cansavam de dizer como a Argentina estava certa ) e caiu o presidente Fernando de La Rua e se seguiram mais uns 5 presidentes em seis meses, se não me engano.
    Ah, é bom lembrar o seguinte = Deltan e Moro são apenas os paus-mandados, os que fazem o papel de justiceiros. Entre aqueles que contratam o serviço desses vermes, estão nomes como família Aguiar, Setubal, Sales – enfim, a banca que foi devidamente poupada da Lava Jato e que apoio Bolsonaro pois esse colocou de ministro da economia um sujeito que é do mercado financeiro, Paulo Guedes, e que transformará isso aqui num imenso Haiti pra preservar o lucro de agiotas dessas famílias honradas. E é claro que não podemos esquecer os Marinhos – que amam esse país, afinal aqui se permite que empresa de mídia tenha propriedade cruzada, ou seja, o mesmo grupo pode ter emissora de tv, jornal, revista, rádio, portal de net e recentemente até maquininha de cartão. Bolsonaro é apenas a parte visível da doença, as pintinhas do sarampo. A parte invisível, que atinge os orgãos vitais e pode levar a morte, é nossa elite, que não vale nada, absolutamente nada. Ou o país acaba com esse elite miserável ou essa elite miserável acabará com o país.

    57
  6. Nassif,
    Estou tentando fazer a assinatura do GGN, mas ele só aceita pagamento através do PAYPAL. Eu não tenho interesse em fazer cadastro nele. A opção de pagar diretamente por cartão de crédito não funciona. O sistema sempre obriga a fazer cadastro no PAYPAL. Já tentei várias vezes. Tem como consertar isso? Porque se não, estou desistindo. Sinto muito.

    21
  7. Os artigos de Luis Nassif e Eugênio Aragão são arrasadores com os chocantes comportamentos dos procuradores da Lava Jato. Como foi que chegamos à isso… Tera sido o fato de não termos feito o processo e julgamento dos torturadores e responsaveis pela ditadura militar? E junto à isso, a decadência da educação brasileiro? Xou da Xuxa e Sessão da Tarde demais e menos leituras? FHC, o vaidoso, prognosticou o fim do fascismo tão logo bolsonaro chegou à presidência. Como todo apressado, ele se esqueceu que o fascismo não tem fim, meramente se transformou. A base, porém, continua sendo a mesma.

    18
  8. E quem ainda tinha algum respeito por alguém que ocupa o cargo de procurador e alguma civilidade, agora cala-se constrangendo-se. O espelho do banheiro pode ser cruel…

    Papel feio colam esses procuradores no Ministério Público…

    15
  9. SOU PELA EXTINÇÃO DO mpf E A PRISÃO DE TODOS OS CRIMINOSOS DA QUADRILHA LAVA JATO EO ENQUADRAMENTO DO PODER JUDICIÁRIO AO QUE DIZ A CONSTITUIÇÃO.
    JUIZ NÃO PODE FAZER POLÍTICA E, SE FIZER, DEMISSÃO SEM DIREITO A APOSENTADORIA COM VENCIMENTOS.
    NÃO PRECISAMOS DE UMA GESTAPO EM PLENO SÉCULO XXI.

    25
  10. “No Panteão dos Atos Indignos, esses diálogos ocuparão lugar especial, ao lado de frases escolhidas de Bolsonaro e filhos, todos da mesma laia, da mesma natureza moral, e entronizarão os nomes de Januário Paludo, Monique Cheker, Thamea Danellon, Laura Tessler, Jerusa Viecili, Roberto Pozzobon, Deltan Dallagnol, para que não se esqueça, não se repita. A lembrança desses diálogos atravessará os tempos, amaldiçoando a memória dos comensais desse banquete de horrores, será um peso na memória dos seus filhos e netos, uma mancha que se estenderá por gerações.”
    .
    Nassif, esse é o meu consolo…. Eles são jovens, viverão ainda algumas dezenas de anos….. Tempo mais do que o suficiente para verem seus nomes ligados para sempre à infâmia!
    Certamente, nesse país de Judiciário cúmplice, covarde, corporativista, não serão punidos, talvez apenas o Deltan e apenas como uma farsa, uma pantomima no grande Teatro que virou o Brasil….
    .
    Mas como será bom, como será JUSTO ver, como você disse, eles não poderem escapar do julgamento da História e perceberem a vergonha dos filhos e netos…..
    .
    Essa gente é a escória da terra!

    20
  11. #LulaéAmorBrasil

    Todos deviam investir nesse antidoto☝️.
    Invistir dizendo o que é. O terreno está contaminado em reação a Lula ser o Presidente mais Amado do Brasil.
    Explicite!
    #LulaéAmorBrasil

  12. De minha parte nenhuma surpresa…
    já li coisas parecidas nos votos de alguns ministros do STF no caso mensalão

    e se não houver uma resposta oficial do STF, tenham certeza do seguinte:

    do tratamento bestial à condenação sem provas, basta que todos sejam iguais em bestialidade

    13
  13. Me desculpe, Nassif, mas, nem daqui a 50 anos! Esse pessoal ja passou do ponto de retorno. Assim como os golpistas, torturadores e assassinos do regime de 64 vão morrer dizendo que “salvaram” o pais do “comunismo”, da “cubanizaçao”, esses boçalnaros vao até o fim dizendo que salvaram o Brasil da corrupção, do sinistro projeto de poder petralha e da “venezuelizaçao”.

    A globo pode vir até a fazer mais um mea culpa, mas, tudo da boca pra fora.

    Tenho repetido desde 2014: muita gente boa não sabe mesmo com quem estão lidando.

    21
  14. De minha parte nenhuma surpresa…
    já li coisas parecidas nos votos de alguns ministros do STF no caso mensalão

    e se não houver uma resposta oficial do STF, tenham certeza do seguinte:

    do tratamento bestial à condenação sem provas, basta que todos sejam iguais em bestialidade

  15. Se o CNMP, o MPF, o STJ do Thompson Flores, o Fux, o Barroso,o Fachin, a bruxa Carmem e o STF não fizerem nada, eu me mudarei para a Venezuela. Lá certamente os homens terão mais decência.

    10
  16. Quem não teve pena em trabalhar ativamente para desmontar um país e alijá-lo de seu futuro, quase que impossivelmente terá remorso em maltratar a um e a outro, não importando legalidade, direitos, idade ou a história de seu contrário. Na era da intolerância, o comum e usual é eliminar o opositor. Não se estranha que os auges de audiências nos programas da moda nas últimas duas décadas, os tais realitys-shows são os
    momentos de eliminação dos “inimigos”?
    Quando consideramos o passado, quando até os embates se faziam em espaço delimitado e fora da área de moradas e da vida civil, nos chamados campos de batalhas, onde à noite os tais bárbaros se reuniam com os do outro lado para comer-comemorar, entendemos que é ingênuo acharmos determinados fatos “uma barbaridade”. O grande desafio atual é o de manter a própria sanidade para não deixar adormecer ainda mais o humanismo em si, que é o último laço a manter viva a chama da empatia, que como vemos, já foi divorciada por tantos. O processo, ao perder o humanismo é definitivamente o do individualismo vir a romper com a cooperação, que nos dá a possibilidade de haver a empatia e assim, elevar a competição. Quanto mais individualismo há, mais solidão, inquietação, depressão e ansiedade. Estará ali, instalado o elevador para o ego, reconhecido como o grande inimigo e desequilibrador da psiquê humana. O ego nos deixa cegos, isolados, com isto vinga o medo e ai, com o individualismo já implantado no ambiente, o ser vai definhando e “destreinando” a sua racionalidade, permitindo aflorar ali o lado emotivo-reativo no indivíduo e será quando os instintos de animalidade reinarão. Acabou o humanismo e já houve a entrada da era do revanchismo. Do iluminismo ao “eliminismo”. Um perigo é não identificarmos o processo que estará ocorrendo paulatinamente. O grande “demônio” virá quando deixarmos o mal agir dos outros, também nos tornar maus e ai ocorrerá a dinâmica de fato, do “olho por olho, dente por dente”, trazendo em seguida um mundo de cegos, caolhos e desdentados. Maus sentimentos são as bases para as más palavras e os malfeitos e isto não é sinal de ser ruim ou bom, é de estarmos fracos, fragilizados, divididos e frustrados – o melhor ambiente para fazer prosperar o ódio e dar rigor aos maus sentimentos. Fosse da natureza humana sermos mal e os malfeitos não nos trariam mau estar, não nos deprimiriam e adoeceríamos tanto, não tornariam a tantos dependentes de viver drogados, insones e ai, ter de se drogar até para dormir. Não se mentiria ou fugiria para esconder o que parece estar errado. Grave é que o desumanismo traz consequências avassaladoras, já que o comportamento psicopata padrão é justamente o de agir de modo insensível e frio, com relação aos sentimentos do outro. Como hoje somos bastante adiantados em diagnósticos, estatísticas e estudos de tendências, já dá para reconhecer em que floresta escura e fechada o mundo vem se aventurando.

    19
  17. EStou horrorizada! Meu estômago até embrulhou! Como puderam reunir um grupo tão calhorda? Já imaginou cair nas garras de procuradores dessa subespécie, mancomunados com um juiz da mesma laia? Lula só poderia ser considerado culpado. Parece um pesadelo, todas as portas estavam trancadas para ele!

    19
  18. Essa bicharada ta quase tao bicha como a bicharada do governo norte americano que faz contabilidade de limpada de cu 24 horas por dia na minha casa.

    Quase… so faltaram os paetehs…

    3
    4
  19. Até quando não quero,acerto.Há exatos 15 dias fiz um simples comunicado explicando minhas razões e motivos por que estava deixando as “Redes Sociais”.Gostem ou não,hoje o maior ponto de prostituição do País,e aí está o por que,quando,há mais de 5 anos afirmo isso.Um homem de bem,um cidadão que se dá ao respeito,um ser humano,mesmo com suas limitações,não pode e não deve compactuar e se misturar com excrecências ou excrementos humanos como esses Procuradores que compõem essa Lava Jato,o maior crime já cometido contra o Estado Brasileiro e suas Instituições.Não é só Jair Bolsonaro,um boquirroto fétido e sua súcia de assassinos,mas especialmente o Supremo Tribunal Federal dos Luizes Fux e Barroso,de Fachin,de Carmen Lúcia,como essas pessoas,depois de lerem esses diálogos estarrecedores,se portariam diante de um filho,filha,de um irmão,irmã,de um Pai,de uma Mãe,ou de um familiar qualquer.Nem sei do por que estou escrevendo essas linhas tão doloridas,infames e crueis.Algum sentimento íntimo me dizia que alguma coisa escabrosa estava a caminho,e acreditem,vem coisa bem pior pela frente.Paro por aqui,sem saber exatamente se terei a coragem de postar o que seja em Rede Social,no momento,apenas a certeza de que,neste triste e doloroso momento,tenho vergonha de pertencer a raça humana.

    12
    • Vou repetir,visto que,o Blog não considerou meu comentário anterior,acredito eu por ter usardo pornofonias ouvidas constantemente na sala de algum Presidente Sul Americano.Seguinte:Esse comentário/texto acima publicado,nada tem a ver com Post “A Lava Jato e os Indignos FDP do Januário”
      Fiz esse texto por ocasião da morte do neto de Lula,em cima de declarações desrespeitosa ,desumanas e cruéis feitas por Procuradoras BJ que compõem essa náuseabunda Operação.Isso deve ter uns 6 meses e,o por que de ter sido replicado agora não faço a menor idéia.

    • Vou repetir,visto que,o Blog não considerou meu comentário anterior,acredito eu por ter usardo pornofonias ouvidas constantemente na sala de algum Presidente Sul Americano.Seguinte:Esse comentário/texto acima publicado,nada tem a ver com Post “A Lava Jato e os Indignos FDP do Januário”
      Fiz esse texto por ocasião da morte do neto de Lula,em cima de declarações desrespeitosas ,desumanas e cruéis feitas por Procuradoras BJ que compõem essa náuseabunda Operação.Isso deve ter uns 6 meses e,o por que de ter sido replicado agora não faço a menor idéia.

  20. Nassif,
    Sem dúvidas, comentários vergonhosos e acredito que, embora você cite a manifestação do prom. Diogo Castor, também cabe ressalva à posição mais cautelosa do promotor Carlos Fernando dos Santos Lima, quando sugere que fiquem “em silêncio”, e conclui que “ninguém ganha falando contra quem morre ou contra a família”.
    Abraços

  21. Isso só vai acabar quando o povo – ou fração dele – se encher de uma forma que essa gente seja linchada em praça pública ou guilhotinada. Como já disse Mino Carta, “só quando escorrer sangue na calçada”, mas sangue azul, bem entendido. Até lá, somos meros “servos da gleba” de bancos e seus vassalos do Judiciário, partidos políticos, etc.

    O ser humano é um animal que escreve. Só entende, no fundo, os conceitos de força e medo. Nossa elite, pouco evoluída, só vai sossegar quando sentir risco real de aniquilação física.

    17
  22. Desabafo “tangenciante”……
    Claro que concordo com o Nassif e com “Carta pública aos ex-colegas da Lava-Jato, por Eugênio Aragão”
    Mas pondo no “papel” meu desabafo, começaria dizendo que a “casinha” Brasil esta em ruínas….caindo aos pedaços…..e a reforma que precisamos, não é reforma e sim uma enorme reconstrução…..Se um dia voltarmos a ter um governo que pense pais e povo, que tenha um projeto de pais compatível com a dimensão deste nosso pais/continente, não vejo solução à médio prazo, que passe pela democracia republicana “transloucada” dos anos PT…..o Presidencialismo de coalizão esta morto e fedendo no meio da sala…..se o PT ou as esquerdas ou Lula voltarem ao poder, na minha visão das coisas, Lulinha paz e amor acabou…..mas acabou MESMO…..Com a capacidade dos USA e aliados em desestabilizar democracias, me parece que se um pais quer ser soberano e ter um mínimo de controle sobre o seu destino e futuro, ainda mais um pais desigual e imenso como nosso Brasil, não vejo solução a não ser um regime um pouco mais duro….Não estou defendendo uma ditadura sanguinária, mas se olharmos “pro lado” e compararmos o Brasil com paises de dimensões e problemas semelhantes, que tem um “plano”(Rússia, China, Índia) nenhum deles é uma democracia das mais avançadas….Democracia plena e bom em países menores com população bem educada e informada, com os valores republicanos e democráticos/iluministas bem alicerçado por décadas de educação…..Dado o tamanho do “canteiro de obras”, sem um presidente forte com um grupo de apoio fiel(uma “guarda pretoriana” num certo sentido),não vejo saída….O judiciário deve ser revisto de alto a baixo, começando com a educação dessa turma de futuros MPs/Juizes, policias e FA idem, da formação até o topo, servidores públicos,políticos e empresários que tenham consciência que pertencem a um pais,uma nação e que sintam que fazem parte desse esforço, desse projeto…..E os empresários que queiram “ir embora”, que vão, mas a empresa fica………e nacionalizada….
    Mais especificamente, quanto ao judiciário e MP seria cana para uma meia duzia e rua para uma “boa”centena” com aposentadoria de gente normal, do povo, os milicos da ativa calado ja ta errado, e se for palpitar politica,cana….. os de pijama, vão cuidar dos netos e jogar Bocha ou palavras cruzadas, se preferirem……Que o governo escute a todos, discuta com todos, mas na hora do “vamo ve”, o gov decidiu, ta decidido e todo mundo segue sem reclamar e sem sabotagem…..Resumindo ” “hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás”…

    14
    1
  23. Um trecho no artigo define perfeitamente este grupo que acoitado nas redes sociais arrotam valentia e vomitam ódio: “…como o fascismo se espalha, contaminando corações e mentes de pessoas de pequena estatura  moral.”
    Isso mesmo!
    Apenas pessoas de pequena estatura moral assumem papéis tão virulentos. Nossa dita “classe média” é putrida, promíscua e cafetina.

    11
  24. Moralistas imorais, religiosos(as) pecadores(as), fraudadores(as) da lei, mercenários(as) da verdade, procuradores(as) da ambição gananciosa, corruptores(as) da imparcialidade, vergonha do judiciário, vergonha do judiciário, vergonha do judiciário, vergonha do judiciário, vergonha do judiciário, vergonha do judiciário, …

    11
  25. Se não respeitam nem uma criança morta, fico imaginando a educação que tiveram e a que dão ou darão aos filhos e filhas

    se for por assimilação desse tipo de ódio, pobres crianças

    que um bom Deus cuide para que cresçam respeitando as lágrimas do sofrimento de quem quer que seja

    10
  26. “…será um peso na memória dos seus filhos e netos, uma mancha que se estenderá por gerações…” Não creio que haverá esse peso. Os filhos e netos deles serão exatamente como eles, mauricinhos e patricinhas com ódio de classe e desprezo e nojo por pobres. Serão exatamente como os chefes e corregedores dos procuradores, qua não os punem, protegem.

  27. Penca de covardes escondidos no anonimato agora revelado.indignos de serem chamados de humanos, qualquer outro nome que queiramos dar a eles ofendera severamente a outros. Inomináveis.

  28. Nenhuma novidade. Na verdade, agora só aparece o que Tacla Durán já tinha dito, ou seja, que havia uma “indústria da sacanagem” envolvendo membros da Lava Jato e os réus dos seus processos.
    Sabe-se também de outras coisas, por exemplo, que Moro está atolado até o pescoço no caso Banestado.
    Sabe-se também de outra coisa, muito pior. que o nível de imbecilização a que o brasileiro foi submetido é tamanha que pouquíssimos já abriram os olhos para a filhdaputice que foi feita neste país.

  29. Nada de novo,pouca galinha e muito ovo.Vem cá seu Nassifão,para os chapas dele,essa raça de FDP nós já sabíamos o que fizeram nos verões passados.E Barroso,Fachin,Fux e Carminha que deram cobertura ampla,geral e irrestrita,aos sacripantas embolsadores da grana proveniente daquele duto que a safada da Globo mostra,dia sim outro também,saeem incólumes desta história pingando pus pra tudo que é lado?DU VI D O DÔ.

  30. A história não acabou e o bandido já é o procurador. Agora só falta o clímax: a anulação de todos os processos em que o vagabundo atuou. A prisão dele tem que ter o close na algema e um pé na bunda quando ele for enfiado na viatura da PF.

  31. CPI da lava jato urgente.
    Ouvir o doleiro Messer e pegar o Januário.
    Ouvir o Januário e pegar os filhos, toda a turminha de Curitiba.
    Ouvir o Tacla Duran e pegar o Zucolotto.
    Ouvir o Zucolotto e pegar o… Sergio Moro, juntamente com a digníssima esposa.

  32. Fizeram a desgraça. Destroçaram o país e ali colocaram um presidente nazista e sua trupe.
    Mas se algum deles pelo menos ler este artigo verá no que meteram, onde seu banditismo os levou. Que desgraça…
    Bandido chique esquece que tem filho, neto, etc.

  33. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome