Arthur Lira se encontra com Lula em Brasília

Tatiane Correia
Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.
[email protected]

Reunião entre presidente eleito e presidente da Câmara dos Deputados ocorre a dois dias da votação da PEC da Transição

Foto: Ricardo Stuckert

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), se reuniu com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) neste domingo, em Brasília.

A reunião ocorre a dois dias da votação da “PEC da Transição” na Câmara dos Deputados – sendo que a votação estava prevista para a última quarta-feira.

Segundo o jornal O Globo, petistas admitem nos bastidores que Lira só pretende colocar votos na PEC caso seus aliados tenham espaço no governo, o que pode afetar diretamente a formação do ministério do novo governo.

Além disso, o Centrão não quer perder influência em estatais como a Codevasf, que irá integrar o Ministério da Integração Nacional e é uma das autarquias que concentra grande parte dos recursos do orçamento secreto.

O cenário também é afetado pela indefinição em torno do orçamento secreto, cuja legalidade está em julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que pode ser finalizado nesta segunda-feira.

Saiba Mais

Tatiane Correia

Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Não há momento mais perigoso para uma pessoa quando o da certeza antecipada de sua vitória. FHC, na certeza da vitória, pousou suas nádegas indevidas na cadeira que foi de Jânio Quadros antes do resultado das eleições. Bozo estava certo de que sairia vencedor nas eleições para presidente e para garantir essa certeza ainda tratou de sabotar seu adversário. Perdeu. Não será diferente com o Lira. Ele tem a faca, o queijo e o apetite na mão, só que o queijo é do Lula.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador