Bolsonaro quer tirar Moraes de investigação de interferência no caso de Milton Ribeiro

Bolsonaro pediu que STF derrube decisão de Moraes, que deu início ao processamento da investigação de interferência do presidente

O presidente Jair Bolsonaro, e o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agencia Brasil

Jair Bolsonaro pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrube o pedido do ministro Alexandre de Moraes sobre a investigação da interferência do presidente na Polícia Federal, relacionada ao ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Milton Ribeiro, que chegou a ser preso em deflagração da Polícia Federal, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro o havia alertado de que ele seria alvo de Operação.

A fala do ex-ministro foi feita em um dos áudios e telefonemas pessoais interceptados pelos investigadores, que levantaram a suspeitas de interferência na apuração.

Outro inquérito de interferência

Mas Bolsonaro já era alvo de inquérito no STF pela acusação de interferir na PF, em 2020, após a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça.

Com esse novo áudio, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu para que os fatos relacionados a Milton Ribeiro, de suposta interferência de Bolsonaro na investigação, fossem apurados nesse inquérito, que está sob a relatoria de Moraes.

Bolsonaro quer tirar de Moraes

O ministro pediu, na semana passada, a manifestação da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o episódio.

Mas a defesa do presidente, a Advocacia-Geral da União (AGU) alegou que se tratam de inquéritos diferentes, e que a ministra Cármen Lúcia é a responsável pela investigação relacionada ao ex-ministro.

Com esse argumento, Bolsonaro quer derrubar o pedido de Alexandre de Moraes sobre o posicionamento da PGR. Na prática, a AGU não quer que o ministro seja o relator dessa apuração de possível interferência do mandatário.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador