Brasil não vai retomar PIB pré-covid, diz economista

Cenário para os próximos 5 anos será decidido em 2021, se o Congresso conseguir avançar com a agenda de reformas para "consolidação fiscal"

Jornal GGN – Solange Srour, nova economista-chefe do Credit Suisse, disse em entrevista ao Estadão que o “Brasil não chegará a retomar o PIB pré-covid-19, não será uma recuperação em ‘V'”, como diz Paulo Guedes, mas pelo menos, em sua visão, será “algo acima do que se esperava”.

“Vemos uma queda do PIB de 4,8% em 2020 e um crescimento de 4,1% em 2021 – um número alto, mas porque a base é bastante baixa.”

Para ela, o cenário para os próximos 5 anos depende será decidido em 2021, se o Congresso conseguir avançar com a agenda de reformas para “consolidação fiscal” prometida pelo governo antes da pandemia.

“A consolidação fiscal e a reforma administrativa se tornaram muito mais importantes do que antes. O crescimento do Brasil dependerá do andamento dessa agenda. É por isso que a atenção do mercado é muito grande sobre como será construído o Renda Cidadã, se haverá a manutenção do teto de gastos. O foco é esse porque, dependendo da resolução dessas questões, o crescimento do Brasil pode ser maior ou menor no médio prazo.”

Ainda segundo a economista, o Brasil está “longe” de viver uma crise que provoque choque de preços de maneira generalizada, encarecendo ainda mais a vida do consumidor e contribuinte.

Ela avaliou que estamos vivendo “choques de oferta não relacionados à demanda e à renda, mas sim a preços de commodities lá fora que estão surpreendendo devido à recuperação mais forte da China, e também à desvalorização cambial. Não é um descontrole inflacionário por culpa do Banco Central (BC), é um choque rotineiro. O que importa para o BC e a população é se esse choque vai passar para os demais preços da economia.”

2 comentários

  1. A lenga lenga dos abutres sobre as reformas…….mas afinal, deram esse notícia idiota por que são favoráveis as reformas?!?!?

  2. “Brasil não chegará a retomar o PIB pré-covid-19”, conforme mais um economista.
    E qual era este pib?
    Que eu saiba já estavamos na merda e com indicadores econômicos já manipulados, tudo festejado por uma imprensa hipócrita onde, como na piada da irmas, 1kg de bosta de cavalo sob a arvore de natal significava um ponei em algum lugar.
    Muito otimismo em torno de um cocô.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome