Investigados propõem delação premiada contra Silvinei Vasques à PF

Ana Gabriela Sales
Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.
[email protected]

Propostas detalham o nível de politização da instituição na gestão de Silvinei Vasques e sua possível interferência nas Eleições 2022, diz jornalista

O ex-diretor-feral da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Pessoas investigadas no inquérito que levou à prisão do ex-diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Silvinei Vasques, ofereceram propostas de delação premiada contra o ex-agente da corporação. 

As propostas detalham o nível de politização da instituição na gestão de Silvinei Vasques e sua possível interferência nas Eleições 2022, informou a jornalista Camila Bomfim, em blog no G1.

Segundo a reportagem, os investigadores ainda analisam o teor das propostas. Caso aceita, a colaboração premiada precisa do aval do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, relator do inquérito.

Silvinei Vasques foi detido de forma provisória em agosto, pelo uso da máquina pública para interferir no pleito presidencial passado, quando a PRF concentrou blitze no Nordeste, reduto de eleitores do presidente eleito Lula (PT), no dia da votação. 

Em junho, Silvinei Vasques também prestou depoimento à CPMI dos atos golpistas. Na ocasião, apesar dos relatórios em posse do colegiado, ele negou qualquer irregularidade sobre sua atuação na PRF.

Leia também:

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador