Medo de Bolsonaro ser reeleito supera o medo da volta de Lula, mostra pesquisa Quaest

A Quaest também aferiu que para 56% dos eleitores, Bolsonaro não merece um segundo mandato. O índice caiu em relação à pesquisa de julho

A pesquisa Quaest divulgada em 3 de agosto, a menos de 60 dias das eleições 2022, perguntou aos eleitores o que eles temem mais: a continuidade do governo Bolsonaro ou a volta do PT.

Para 48%, a reeleição de Jair Bolsonaro é o cenário mais temerário.

Já a volta do PT com um terceiro mandato para Lula desperta medo em 38% dos entrevistados. Outros 6% disseram que os dois são indesejados.

A Quaest também aferiu que para 56% dos eleitores, Bolsonaro não merece um segundo mandato. O índice caiu em relação à pesquisa de julho, quando 59% pensavam desta forma.

Por outro lado, 54% acham que Lula merece voltar à presidência, contra 43% que discordam dessa sentença.

No placar geral, o impacto do anúncio do Auxílio Brasil turbinado não foi forte. Lula tem 44% das intenções de voto e Bolsonaro, 32%. Ambos oscilaram dentro da margem de erro, embora a distância de 12 pontos seja a menor da série histórica.

A avaliação negativa de governo de Bolsonaro caiu de 47% para 43% entre o eleitorado em geral. Entre aqueles que recebem o Auxílio Brasil, a avaliação negativa de governo caiu mais: de 48% para 39%.

Também cresceu de 42% para 45% os que acham que Bolsonaro está fazendo o que pode para resolver os problemas do País. A maioria, 51%, continua achando que ele não faz tudo que pode.

Na Quaest, o voto é definitivo para 65%, mas 33% acham que pode mudar de voto caso aconteça alguma novidade no pleito.

No segundo turno, Lula venceria Bolsonaro por 51% a 37%. Na pesquisa de julho, a vantagem do petista era maior: 53% a 34%.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador