“Dinner For One” – tenha um final de ano politicamente incorreto, por Wilson Ferreira

Por Wilson Ferreira

Curta da Semana

“Dinner For One” – tenha um final de ano politicamente incorreto

Por que TVs europeias, principalmente alemãs, a cada 31 de dezembro exibem um velho curta em preto e branco chamado “Dinner For One”, desde 1963? Alemanha, Leste Europeu e países nórdicos exibem todo final de ano o curta original ou versões com um humor mais politicamente correto. “Dinner For One” é a síntese da fleugma e humor negro inglês: uma senhora da alta sociedade comemora seus 90 anos e um mordomo finge servir a convidados em uma grande mesa de jantar com cadeiras vazias – são os lugares de amigos de outras comemorações, já falecidos. Um bizarro mix de embriaguez involuntária, morte e aniversário. Por que a cada final de ano os europeus continuam assistir fascinados a esse estranho curta?

A cada final de ano ocorre um fenômeno politicamente incorreto na TV europeia. Nesse final de ano, certamente esse curta será reproduzido em diversos países do continente, principalmente na Alemanha. Nesse país em 1963 foi produzida a versão original do curta que acabou ganhando diversas versões, principalmente nos países nórdicos além de países do Leste Europeu como Lituânia, Estônia e Ucrânia.

Estamos falando do curta Dinner For One (aka The 90th Birthday) performado pelos comediantes ingleses Freddie Frinton e May Warden. O curta é baseado em um pequeno sketch de comédia escrito por Lauri Wylie para o teatro em 1920. A versão mais popular é essa que apresentamos aos leitores do “Cinegnose”, produzido pela TV alemã em 1963 com texto original em inglês com uma pequena introdução em alemão – assista ao curta abaixo.

O curta foi vetado ou adaptado em muitos países para versões menos “etílicas”: a versão original (e mais popular) é considerada excessivamente incorreta por mostrar um excessivo consumo de bebidas alcoólicas.

Embora seja reproduzida a cada 31 de dezembro, o curta não se trata de uma comemoração de Ano Novo: tudo ocorre em um jantar de aniversário dos 90 anos de Miss Sophie, uma sofisticada inglesa da alta sociedade. O curta mostra Miss Sophie (May Warden) com o seu mordomo chamado James (Freddie Frinton) que serve sofisticadas iguarias em uma grande mesa de jantar. Eles fingem servir e conversar com amigos já falecidos como se estivessem sentados à mesa comemorando mais um aniversário da protagonista.

O curta é atravessado pelo irresistível bordão: “The same procedure as last year?”(“O mesmo procedimento do ano passado?”), pergunta sempre James. “The same procedure as every year, James!” (“O mesmo procedimento como todo ano, James!”), responde Miss Sophia.

A cada rodada de pratos, James serve uma bebida correspondente nos copos dos convidados imaginários. O mordomo é forçado a beber todos copos como se cada “convidado” ( chamados Mr. Pomeroy, Mr. Winterbottom, Sir Toby e o Almirante von Schneider) estivesse oferecendo um brinde à aniversariante. A cada rodada James tem que personificar cada um dos convivas. De forma cada vez mais engraçada, o álcool começa a exercer sua influência sobre o pobre mordomo – a cada minuto fica mais difícil equilibrar as travessas, servir cada um dos convidados e driblar o tapete de pele de um tigre cuja cabeça insiste em fazê-lo tropeçar.

Terminado o jantar, Miss Sophie anuncia ao muito bêbado James que deseja se retirar para sua cama, ao que o mordomo pergunta: “By the way, the same procedure as last year, Miss Sophie?” (“A propósito, o mesmo procedimento como no ano passado, Miss Sophie?).

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. A proposito

    Muito bem lembrado, Wilson. Acho que Diner for One lembra o faire-play inglês, o fiel mordomo (que sabe muito mais sobre seus patrões e amigos, que eles mesmos. Personagem que lembra Oscar Wider) e a tradição e costumes ingleses.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome