TV GGN: O fim do modelo Lava Jato e da força tarefa do MPF, com Hindemburgo Diniz

Entrevista com o subprocurador Hindemburgo Diniz, corregedor da PGR no período da Lava Jato e atualmente Secretário de Cooperação Internacional do MPF

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Xadrez da Lava Jato como bode expiatório da hipocrisia nacional, comentário de Rafael Ramos

3 comentários

  1. Não se trata de se formaram uma junta ou não, se têm independência maior ou menor …, estamos falando em bandidos que trabalham em quadrilha. Criminosos, usando seu salário e a “justiça” para cometer crimes e protegidos pelas “instituições.
    Estamos divagando quando falamos de criminosos.

  2. Este procurador Heindemburgo deixou-se parecer
    um grandissimo cascateiro e defensor dos companheiros. A entrevista serviu ao Nassif que,
    lá na frente, a usará para deixá-lo pendurado na brocha.

  3. “””TV GGN: O fim do modelo Lava Jato e da força tarefa do MPF, com Hindemburgo Diniz””””

    Aqui, onde lemos que a lava jato CONDENOU várias empresas ao invés dos seus empresários corruptos, incrívelmente estão condenando a lava jato e não os corruptos lavajateiros de moro, stf até o pôrra do japonês de mérda…

    Por isso que temos que rezar muito para livrarmo-nos dessa gente que está destruindo o país, tanto os ativos, como os avalistas, os que endossam, os bicos calados, os na moita, os rasga-sedas, os boi, os cú-de-burros etc…

    Não basta estarmos nas mãos de maçons-milicos-milicianos golpistas larápios assassinos e traficantes dos inférnos!!! O duro é essa gente borda de pizza que parece que não mas ajudam a enterrar o Brasil mais do que os próprios….

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome