Revista GGN

Assine

Hangout do dia seguinte

Média: 4.4 (59 votos)
167 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

imagem de Esmael Leite da Silva
Esmael Leite da Silva

A votação da  Câmara Federal

A votação da  Câmara Federal serve apenas como um indicativo ao senado para dizer que um crime de responsabilidade foi cometido, algo como um inquérito policial, este inquérito é remetido ao Senado, ali será escolhida uma comissão de 21 senadores que vão debater se houve ou não o crime e darão um parecer sobre o caso, este parecer será levado a uma sessão plena do senado, se o parecer então é votado pelos 81 senadores, se os 41 optarem que o processo é justo e deve continuar ele prossegue, caso contrário ele é encerrado. No caso continuidade a Presidenta Dilma Rousseff será afastada por até 180 dias sem a perda do mandato e Temer assume durante este periodo, durante o tempo de afastamento da Presidenta, haverá sessões de Julgamento sobre o mérito da questão,  estas sessões no senado serão presididas  pelo Presidente do STF, após acusação e defesa, todos o senadores votam, caso ela seja condenada por 54 dos 81 senadores ela perde o cargo e o impeachment se completa, caso não alcance este resultado ela volta ao cargo.

Observação: Resolvida esta questão, para o bem e para o mal, ela refletirá juridicamente sobre todos os governadores, prefeitos e gestores de órgãos públicos que eventualmente cometam pedaladas, mesmo que não sejam sujeitos a impeachment, poderão ser processados e condenados por crime de responsabilidade, bastando para isso apenas que o fato seja denunciado, este é o nó da questão, quem viver, verá o STF com mais uma espada sobre o executivo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

NASSIF,

Parabéns pela Cobertura do dia de ontem. O GGN nos deu uma visão clara de sua linha editorial e abrangência.

Boa sorte na 4a feira com o Sr. Cunha, o homem mais poderoso da República!

Seu voto: Nenhum (22 votos)

Se não entregar............

  Michelzinho tem de 60 a 90 dias, não a partir de maio, mas de hoje, para pagar a fatura, ou fará companhia a Dilma.

  Dois testes estão o aguardando, tanto a ele quanto a Cunha, projetos que interessam bastante aos empresários/banqueiros, e que irão impactar diretamente os que hurraram, o da flexibilização das leis trabalhistas ( terceirização ), ajuste fiscal ( algo semelhante a CPMF ).

   Outro que provavelmente eles prometeram a governadores e prefeitos, é referente a renegociação das dividas destes com a União.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

junior50

Golpe de hoje, esperança do amanhã

Nassif, como sempre, produzindo bela análise. Escrevi algo sobre o assunto em meu blog, repetido aqui no portal. A seguir:

"do blog do Marcio Valley

O desenho do golpe esperado ocorreu: o processo de impeachment vai prosseguir no Senado.

O partido que lidera o golpe, o PMDB forneceu um total de 59 votos favoráveis ao golpe e dois contra. O PMDB do Rio colaborou com nove votos a favor do processo e dois contra. Um massacre.

O "líder do governo", Leonardo Picciani encenou, de modo pouco convincente, o papel de homem fiel ao governo do qual é líder, votando contra o impeachment, logo após ter orientado seus liderados a votar a favor.

No dia 08 de dezembro de 2015, em texto publicado no blog, esse resultado foi previsto, inclusive em relação ao desembarque maciço do PMDB.

O texto não foi bem aceito, muito provavelmente, e de modo compreensível, porque não era o momento para pessimismos, ainda que fundados em realidade patente e cristalina (talvez ainda não seja). Eis o link: http://marciovalley.blogspot.com.br/2015/12/o-impeachment-passara-dilma-... e o trecho que previa o comportamento do PMDB no golpe: ..."

Continuação:  a q u i

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Helena/S.André SP
Helena/S.André SP

Veja o que está acontecendo na Argentina!

O governo Macri e a justiça comandada por ele estão tentando prender Cristina Kirchner. Recentemente, Cristina foi convocada para prestar depoimento sobre irregularidades no Banco Central durante o seu mandato. Mas o povo argentino já se rebelou. Milhares de argentinos saíram às ruas em apoio a Cristina Kirchner e disseram: "Se tocarem em Cristina, vamos criar o caos". O mesmo pode acontecer aqui no Brasil, caso juiz moro tente prender Lula. juiz moro que não ouse fazer isso, pois ele já deve ter percebido que há muitos brasileiros que vão sair às ruas para defender Lula.

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de arkx
arkx

o Povo no Poder

em 1954, foi necessário Getúlio atirar contra o próprio peito e sair morto do Palácio, para que o povo ocupasse as ruas e barrasse o golpe.

em 2016, basta Dilma Roussef abrir as portas do Planalto, para o Povo sem Medo nas ruas entrar e  ocupar: não vai ter golpe! vai ter luta!

cada geração tem sua missão, ou cumpre ou trai. a geração das “Diretas Já” tem fracassado miseravelmente. aprisionada numa maldição, na qual se repete a ressaca interminável de um dia seguinte que insiste em retornar.

como em 2016, com a votação do impeachment de Dilma. como em 2015, com o “ajuste fiscal” de Dilma Roussef. como em 2014, com a Lava Jato. como entre 2009 e 2014, com as desonerações e incentivos para os grandes empresários. como em 2005, com o Mensalão. como em 2008, com a operação Satiagraha. como em 2003, com a reforma da Previdência de Lula. como em 2002, com a “Carta ao Povo Brasileiro”. como em 1999, com a crise cambial de FHC. como em 1994, com o Plano Real. como em 1993, com o escândalo dos anões do orçamento. como em 1992, com o impeachment de Collor. como em 1989, com o segundo debate entre Collor e Lula. como em 1985, na posse de Sarney. como em 1984, com as Diretas Já. como em 1979, com a anistia...

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Eu posso ate estar

Eu posso ate estar enganado,mas essas patifarias contra Nassif tem o dedo de Gedel Vieira Lima.Filho de Afrisio Vieira Lima,que foi Deputado Estadual,Federal,Secretario de Seguranca Publica do Estado da Bahia,envolvido em toda sorte de patifarias.Inclusive,a Bahia toda comenta que teria agredido o entao Governador Antonio Carlos Magalhaes com um soco em pleno Palacio de Ondina.ACM tinha verdadeiro horror a eles.Luis Eduardo botou pano quentes a contragosto do Pai.Quando Diretor da Baneb Corretora de Valores,hoje incorporada ao Bradesco ,Gedel deu  um desfalque,foi demitido.Um dos mais perigosos politicos brasileiro.Traicoeiro,infiel,inconfiavel,vingativo,de altissima periculosidade.So anda acompanhado de jaguncos.Um coronel das antigas.Eu,se Nassif fosse teria uma conversa com Jaques Wagner a respeito dele,para confirmar essas informacoes .Promovera contra Nassif,uma cacada sem treguas e sem precedentes .De toda camarilha palaciana,de longe,e o mais perigoso e corrupto de todos eles.

Seu voto: Nenhum
imagem de Eliseu Leão
Eliseu Leão

Observação grafica

Nassif,

desloque o logotipo para o campo esquerdo do video

dando-lhe completa visibilidade.

Seu voto: Nenhum

Farinha pouca meu pirão primeiro

Como aqui é o Brasil e não é para principiantes, vamos à visão jurídica do site Migalhas, que detonou o impeachment.

"O que está feito, está feito; o que está por fazer... está feito."

Joaquim Nabuco

(Clique aqui)

Epílogo

O impeachment terminou, mas não sem antes aparecer mais um imbróglio jurídico. Ao permitir que a pena de inabilitação fosse votada em separado, o ministro Lewandowski transporta de volta às raias jurídicas o feito que deveria ser preponderantemente político.

Sendo o impeachment um processo penal sui generis, por mais que se queira a todo momento compulsar o CPP, não é possível. No crime comum, como se sabe, a condenação é apartada da punição, e a dosimetria da pena deve ser calculada de acordo com a culpabilidade. No processo de impeachment não parece haver tal separação.

O livrinho diz que a condenação do presidente da República será proferida por "dois terços dos votos do Senado Federal, à perda do cargo, com inabilitação, por oito anos, para o exercício de função pública".

A preposição "com", s.m.j., está a implicar a ideia de companhia, de união. Mas se se lobrigou ali um advérbio de dúvida ("talvez"), fazer o quê ?

Não fosse pela semântica, que parece pôr fim à questão, há o fato de que não há lógica em raciocínio diverso. Se o crime de responsabilidade é de tal grau a ponto de se apear do cargo o chefe da Nação que foi eleito democraticamente, nada mais óbvio que tal pessoa fique inabilitada por – pelo menos – oito anos.

No caso, o que se fez foi um certo abrandamento da pena. Ficou-se, nitidamente, com dó. Então, o único raciocínio possível a partir da complacência é de que a conduta não tipificava o infamante crime de responsabilidade. De fato, se a menor das penas (inabilitação) não lhe é cabível, muito menos a maior (impeachment) lhe será.

De maneira que, data vênia, assistimos ontem a um daqueles clássicos erros de quesito em júri, quando a resposta num sentido anula o quesito anterior e torna incompreensível o resultado.

No processo penal comum, sabemos as consequências. Todavia, mantendo a coerência do quanto já dito, esse processo é de rito diferenciado. Em todo caso, a defesa de Dilma já recorreu ao Supremo pleiteando nova votação (MS 34.371 - relator, ministro Teori). (Clique aqui)

Entre penas e absolvições, vamos e venhamos, migalheiro, nenhum escritor de novelas seria tão criativo ao escrever o último capítulo de um processo tão tumultuado e contestado quanto este.

Fim ! (Será ?)

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Follow the money, follow the power.

imagem de Paulo Figueira
Paulo Figueira

Sugiro ao Nassif um vídeo

Sugiro ao Nassif um vídeo desse por semana com análise da conjuntura política e ou econômica.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de   Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Como estou deixando a agua

Como estou deixando a agua assentar,não perco viagem.Alerto mais uma vez Nassif.Fique de olho no Ministro Chefe da Secretaria de Governo,Gedel Vieira Lima.Conheço-o de perto,é um cangaceiro.Tome o mais absoluto cuidado.Sei do que falo.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de zé limaé
zé limaé

Esse indivíduo...

Esse indivíduo é muito pior do que o gângster, Eduardo Cunha. Muito pior, em todo e qualquer sentido!

Seu voto: Nenhum
imagem de   Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Aprendi com um velho sábio

Aprendi com um velho sábio que me ensinou quase tudo.Deixa a agua assentar.Depois vamos ver o que se faz.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Parece-me que cometi um

Parece-me que cometi um equivoco.Pelo visto a agua nao vai assentar tao cedo.Se ela produzir um tsunami,para mim ja nao sera nenhuma surpresa.Como nos velhos carnavais da minha terra: As aguas vao rolar.  

Seu voto: Nenhum
imagem de   Junior Sertanejo
Junior Sertanejo

Relembrando Joel.Ouço falar

Relembrando Joel.Ouço falar que Lula ajudou a eleger esse oligóide que ora ocupa a  Presidencia da Republica,por motivo de viagem do desenterino Michael Temer.Se verdade for,deve-me explicações.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A Batalha no Senado

Hoje a Presidenta Dilma tem cerca de 21 votos no Senado federal, precisará de 28 votos para impedir a perda do mandato.

Precisará de sete votos deste grupo de senadores

Eunício Oliveira--PMDB – CE

JaderBarbalho--PMDB – PA

Renan Calheiros--PMDB – AL

Acir Gurgacz PDT – RO

Elmano Férrer-PTB – PI

Fernando Collor PTC – AL

Otto Alencar PSD – BA

Roberto Rocha PSB – MA

Walter Pinheiro – BA

Lembrando que Marta Suplicy(PMDB-SP) e Cristovam Buarque (PPS-DF) declararam voto a favor do impedimento.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

2014---distribuição de renda

imagem de Reginaldo RJ
Reginaldo RJ

como dito, treino é treino e

como dito, treino é treino e jogo é jogo. a sessão da câmara dos deputados foi só o treino, ou o primeiro tempo. agora que é pra valer, e sem dúvida os movimentos sociais tem que sair às ruas ostensivamente!!

Não Passaram!!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Reginaldo RJ
Reginaldo RJ

a cobertura do grupo GGN de

a cobertura do grupo GGN de comunicação foi sem dúvida a melhror. parabéns.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Ricardo Gonçalves
Ricardo Gonçalves

Muito boa análise,

Muito boa análise, Nassif.

Espero que tenha dormido bem. Eu não dormi.

Seu voto: Nenhum
imagem de Paulo Orlando
Paulo Orlando

O Jornal de todos Brasis Hangout do dia seguinte

Brilhante como sempre Nassif , O Brasil não Merecia Isso !

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Waldemir de Araújo Filho
Waldemir de Araújo Filho

"A vaca foi pro brejo"!

Apesar de sempre crer que é preciso usar todos os espaços de luta possível para defender a legalidade; o Estado de Direito e um projeto, marcadamente, de inclusão... neste momento, reconheço que a derrota na Câmara para os golpistas foi expressiva: demonstrou uma enorme fragilidade política do governo e dos movimentos de resistência de terem uma expressão parlamentar compatível com a justeza de nossas causas. No momento, não vejo como reverter este quadro com o grau de adesão que o projeto conspirador conseguiu agregar em torno de si. Toda a valorosa mobilização das últimas semanas não foi suficiente para conquistar mentes e corações de quem tem voto no Parlamento para, se quisesse, derrubar o impedimento sem crime configurado. O ódio construído nos últimos anos, em especial, após a última derrota dos adversários, vem sendo vitorioso apoiado na forte insatisfação popular com o governo Dilma II. Difícil vislumbrar a esta altura um quadro de virada. Em boa medida, penso que o jogo está jogado. De todo modo, o parabenizo Nassif pelo esforço de análise da conjutura após o Dia Nacional dos Canalhas (Golpistas).

Seu voto: Nenhum
imagem de Marcia Eloy
Marcia Eloy

Nassif

Me desculpe, mas só concordo com você em parte. Os blogs de esquerda, os sindicatos, os professores universitários, os juristas só acordaram dois meses atrás. tudo o que foi feito neste últimos meses deveriam ter começado na primeira passeata de 2013. Toda ação deveria ter sido respondida com uma reação. Se a presidente errou, e é verdade, errou, todos ereram com ela e o PT também.Agora acho que nada deve ser feito deixa o Temer entrar, aí o povão e a própria classe média vai sentir na pele quem é ele. Só o sofrimento faz as pessoas acordarem.  Foi assim em 64 e o sofrimento foi muito maior do que será nos próximos 2 anos, se ele não estender seu mandato e não trabalhar para o parlamentarismo, Porque acho que ele não fez tudo isto para daqui a 2 anos entregar o poder.Aí quero ver a ação do Supremo....

Seu voto: Nenhum

A frase da criatura.

Achei curiosa a frase de Cunha ao votar:  " Que deus tenha misericórdia deste país" Ou ele tem consciência do que fez, ou não sabe o significado de misericórdia ou ainda pode ser todas as alternativas acima. No momento eu preciso pensar!!!!!!!!!!!!!Abraços Nassif

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de chris
chris

Vazamentos, cadê??

Tiraram o áudio do Bolsonaro falando com o Feliciano, idolatrando o Cunha e conspirando... que coisa!

Como estamos na era dos vazamentos, onde tudo é permitido, poderiam vazar falas mais comprometedoras dos corruptos e dos cooptados do MP e judiciários. É só pedir desculpas depois que fica tudo bem, já há esta jurisprudência.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Esmael Leite da Silva
Esmael Leite da Silva

A votação da  Câmara Federal

A votação da  Câmara Federal serve apenas como um indicativo ao senado para dizer que um crime de responsabilidade foi cometido, algo como um inquérito policial, este inquérito é remetido ao Senado, ali será escolhida uma comissão de 21 senadores que vão debater se houve ou não o crime e darão um parecer sobre o caso, este parecer será levado a uma sessão plena do senado, se o parecer então é votado pelos 81 senadores, se os 41 optarem que o processo é justo e deve continuar ele prossegue, caso contrário ele é encerrado. No caso continuidade a Presidenta Dilma Rousseff será afastada por até 180 dias sem a perda do mandato e Temer assume durante este periodo, durante o tempo de afastamento da Presidenta, haverá sessões de Julgamento sobre o mérito da questão,  estas sessões no senado serão presididas  pelo Presidente do STF, após acusação e defesa, todos o senadores votam, caso ela seja condenada por 54 dos 81 senadores ela perde o cargo e o impeachment se completa, caso não alcance este resultado ela volta ao cargo.

Observação: Resolvida esta questão, para o bem e para o mal, ela refletirá juridicamente sobre todos os governadores, prefeitos e gestores de órgãos públicos que eventualmente cometam pedaladas, mesmo que não sejam sujeitos a impeachment, poderão ser processados e condenados por crime de responsabilidade, bastando para isso apenas que o fato seja denunciado, este é o nó da questão, quem viver, verá o STF com mais uma espada sobre o executivo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de jaccinto r. de almeida
jaccinto r. de almeida

Golpe Midiatico

Cunha, Temer....... gente o maquinista é a organização Globo, acordem derrubem ela e o restante do dominó vai junto.

Seu voto: Nenhum

Xiii, espada só se for do PT ou

assimilados.

Se for dos nossos, i,e, "amigos da globo", não há risco nenhum.

Mas qual sera o futuro se cada vez mais brasileiros ficarem descrentes do judiciário?

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Esmael Leite da Silva
Esmael Leite da Silva

A votação da  Câmara Federal

A votação da  Câmara Federal serve apenas como um indicativo ao senado para dizer que um crime de responsabilidade foi cometido, algo como um inquérito policial, este inquérito é remetido ao Senado, ali será escolhida uma comissão de 21 senadores que vão debater se houve ou não o crime e darão um parecer sobre o caso, este parecer será levado a uma sessão plena do senado, se o parecer então é votado pelos 81 senadores, se os 41 optarem que o processo é justo e deve continuar ele prossegue, caso contrário ele é encerrado. No caso continuidade a Presidenta Dilma Rousseff será afastada por até 180 dias sem a perda do mandato e Temer assume durante este periodo, durante o tempo de afastamento da Presidenta, haverá sessões de Julgamento sobre o mérito da questão,  estas sessões no senado serão presididas  pelo Presidente do STF, após acusação e defesa, todos o senadores votam, caso ela seja condenada por 54 dos 81 senadores ela perde o cargo e o impeachment se completa, caso não alcance este resultado ela volta ao cargo.

Observação: Resolvida esta questão, para o bem e para o mal, ela refletirá juridicamente sobre todos os governadores, prefeitos e gestores de órgãos públicos que eventualmente cometam pedaladas, mesmo que não sejam sujeitos a impeachment, poderão ser processados e condenados por crime de responsabilidade, bastando para isso apenas que o fato seja denunciado, este é o nó da questão, quem viver, verá o STF com mais uma espada sobre o executivo.

Seu voto: Nenhum

não é golpe

se a via do governo for encarar a não constitucionalidade como se fosse normal então NÃO É GOLPE. SE É GOLPE TEM QUE HAVER O CONTRA GOLPE: 1) ESTADO DE DEFESA; 2) ESTADO DE SÍTIO

 

BEM, SE ASSIM NÃO FOR JÁ CAIU! O SENADO RECEBEU BEM OS SINAIS DE CUNHA. É SOMENTE NÃO OLHAR PRO POVO NA RUA E PRONTO! O SENADO FARÁ DO MESMO MODO!

 

ESQUERDA BUNDA MOLE E PRESIDENTA TOSCA! TÁ IMPOSSÍVEL!

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Doug_SP
Doug_SP

Analfabetos politicos fazendo politica.

Estou "torto" até agora. Assisti a um show de horrores.

O Brasil não pode estar representado ali daquela forma, não é possivel que aquelas pessoas estejam exercendo um cargo de tal importancia. Analfabetos politicos fazendo politica. Pessoas que sequer possuem clareza de raciocinio.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de José B
José B

A lava jato vai continuar

A lava jato vai continuar apenas para terminar o serviço sujo. Lula não pode ser candidato em 2018.

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Pois é... Infelizmente ...

Prezado Nassif,

Excelente análise ! Isto posto, algumas observações:

Tens razão, Dilma não gosta da pequena política, algo comum em todo o mundo, mesmo o civilizado; no nosso país, nada civilizado, como foi provado nas arengas dos votantes, há que se ocupar do baixo clero, para que ele permaneça satisfeito e baixo, porque civilizado nunca foi e nunca será;

Não vejo nenhuma perspectiva de autocrítica nos membros das corporações públicas como mpf, pf ou judiciário (com minúsculas mesmo!) Primeiro: formado em direito que sou,nunca tive o fígado para trabalhar no meio porque, ao final do curso, já percebia a grande falácia que é o direito, que , cada vez mais, perde espaço no mundo contemporâneo, simplesmente porque é um campo de conhecimento que não acredita na sociedade ou na democracia; acredita apenas no poder: Carl Schmitt, Alfredo Buzaid, Vicente Rao e Miguel Reale não me deixam mentir. Além disso, o direito vive em uma disneylândia epistemológica, baseada em um idealismo do século XIX, sonhando com grandes modelos, que, quando fracassados, a conta do fracasso é debitada na sociedade, nunca nos juristas; segundo, dado este fato, não acredito que a advocacia pública vá ter qualquer autocrítica quanto a seu papel na falência final das instituições; como já havia observado em outro post, o fortalecimento desta instituição, além dos seus gordos salários, causou o aparelhamento do órgão pela classe média, esta viciada em ilusões aristocráticas e privilégios;

Como se isso não bastasse, juristas não leem nada além de seus textos jurídicos: sociologia, antropologia, economia ou ciência política (essa então !), são relegadas a segundo plano, meros instrumentos de chancela dos modelos jurídicos criados a partir de tratados e compêndios, mas nunca a partir do que possa ser ensinado a juristas quanto a limitações do próprio campo de conhecimento ao qual se dedicam (veja bem, não falei de ciência, pois direito não é científico, é ideologia pura!) Quando vemos o Carlos Fonseca (é este o nome?) dizendo asneiras sobre delação premiada, ou acordos de leniência, podemos deduzir que ele não tem qualquer noção de estratégia e nem sabe em qual lugar está o Brasil no mundo ! Nada disso me surpreende, filho de procurador federal que fui ! Vai-se esperar destes ingênuos algum tipo de autocrítica ?! Sonha, Marcelino !

Há alguns meses atrás, desanquei o governo Dilma e sua inoperância. Disse até que ela, para quem havia sofrido no pau-de-arara, parecia estar com saudade do mesmo. Fui chamado até de veado (sic) nos comentários; os politicamente corretos de plantão disseram que, ao escrever aquilo, eu havia destruído todos os meus argumentos. Sob pena de ser desancado de novo, reafirmo o que digo e esclareço: Dilma criou hábitos de resistência, mas não de ação. Quanto atacada, se fecha em copas, e, como se tivesse na luta armada, não permite que ninguém se mova, sob pena de ser classificado como desleal ou incompetente. Na vasta maioria das crises enfrentadas este foi o comportamento de ex-torturada: não ceder a críticas ou ataques, reagir pela imobilidade e pelo silêncio. Cito apenas dois exemplos: a manutenção de José Eduardo Cardoso à frente de um ministério que ele não soube nem sabe gerir (afinal, um beletrista acovardado jamais enfrentaria "meganhas"), e o silêncio covarde no qual ela mergulhou durante meses e meses de desmandos da "Lava-Jato". Ficou claro ? Last but not least : Dilma adora o governo, mas odeia a política ! Dá pra entender ?

Entre as críticas que recebi, como forma de defesa a Dilma, o tópico era de que a Presidenta era honesta, mas não cedia porque não queria entregar o ouro a bandidos, que era bem intencionada mas nada podia fazer, que ainda assim, seria melhor que dess modo permanecesse, pois assim permaneceria honesta ! Eis a velha desculpa do brasileiro que se resume em : " se meu oponente me derrota, trata-se da vitória da desonestidade dele sobre minha competência!" Tá bom.

Concordo plenamente com sinuca de bico na qual se meteu o mpf: agora terão que tratar com profissionais, sem escrúpulos, que não se importam de sujar mais um pouco as mão já tingidas de sangue. Acha que Janot vai ter los cojones para enfrentá-los ? Considerando que é um membro da advocacia pública, duvido.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O que aconteceu ontem pode

O que aconteceu ontem pode ser interpretado de muitas maneiras, dependendo da visão de mundo de quem quer que se disponha a fazer uma análise do evento. Uns vão dizer que foi golpe, outros vão dizer que o impeachment seguiu estritamente o previsto na Constituição. Não vai se chegar nem perto de um consenso quanto a isso. Para todos os fins práticos, a questão, ao menos na Câmara, foi resolvida. Foi certamente um show de horrores, indo do ridículo ao indecente: difícil definir quem proferiu o pior voto. Bom, minto: Bolsonaro foi o ápice, sem dúvida. Como de hábito.

Tudo isso dito, o que fica difícil é um analista que pretenda fazer uma análise isenta não reconhecer que trata-se de uma situação limite que só se tornou possível porque Dilma foi um desastre econômico, administrativo e, principalmente, político. Se tivesse ficado apenas nos discursos toscos, tipo o da já célebre saudação à mandioca, já seria tenebroso, mas ficaria só no pitoresco. Insatisfeita, ela foi muito além. Herdou do antecessor um país marcado, justificadamente ou não, pelo otimismo, além de uma base política forte e bem costurada ao longo de oito anos. Em pouco mais de cinco anos, dizimou a economia e as contas públicas do país, foi do topo da aprovação popular ao fundo do poço da impopularidade e arrastou consigo para o buraco o terceiro maior partido político do Ocidente.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Roberio Gonzaga
Roberio Gonzaga

Quero saber cadê os 186 votos

Quero saber cadê os 186 votos que Silvio Costa e Jacques Wagner prometeram. Que tipo de liderança é essa que mente descaradamente para os próprios apoiadores do governo, só para fazer papelão diante dos golpistas? Quem em sã consciência acreditaria que aquele bando de ladrões da Câmara aceitaria votar contra o golpe em troca de cargos num governo que eles detestam, se podem conseguir muito mais num governo dos seus? Todo mundo com o mínimo de bom senso sabia que essa votação estava perdida, o caminho era radicalizar o discurso e desmoralizar publicamente essas instituições falidas que são o Congresso e STF. O governo está ruindo menos por força dos golpistas do que pela auto-ilusão a que se impôs. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de WELINTON NAVEIRA E SILVA
WELINTON NAVEIRA E SILVA

Para onde vamos?

Para onde estamos indo?

Da ultima vez que o povão seguiu (sempre seguirá) o clamor da Rede Globo, foram 21 anos de sangrenta e corrupta ditadura militar com mais de 500 mortos em torturas, assassinatos e terrorismos. Sem querer perturbar ainda mais a cabeça do povão: desta vez, será sem torturas, assassinatos, sequestros, sem exílios, sem corrupções, sem tolhimento das liberdades? Será diferente?

A julgar pela folha corrida da comissão de frente que prossegue livre, bem livre, acima das leis e de tudo, na Justiça, Congresso, MP e AGU, pior, com o mesmo povão, outra vez acreditando  na mesma poderosa Rede Globo, uma das grandes responsáveis pelo vergonhoso 1º de abril de 1964, então, provavelmente, o futuro que nos espera não deve ser dos mais honrosos e nobres.

No espetáculo circense de ontem no Congresso, durante a execução da democracia, na votação do impeachment, nos momentos que tive estômago para acompanhar o macabro escrutínio, percebi que grande parte dos deputados que votavam a favor do golpe, dentre outras besteiras, costumavam bradar “....voto pela felicidade de minha família...”. Ou é cacoete dessa turma, repetido esse adágio até mesmo em dias normais no Congresso, ou quem sabe, teria mais coisa ainda escondidas por detrás do formidável efeito manada dos últimos dias além do comprovado poder da Rede Globo e dos prováveis dólares da CIA, sempre presentes nos golpes na América Latina? Coisas para a ABIN.

Mas, a que ponto chega essa turma de golpistas que na hora da votação para o impeachment de Dilma/PT, que foi barbaramente torturada, tão seguro de sua crônica maldade, que um conhecido “pra lamentar”, valentão com as mulheres com os fracos e minorias, teve a arrogância de tecer elogios ao coronel Carlos Alberto Ustra, conhecido torturador, já está na outra dimensão ajustando com Deus o resgate do pesado débito que arranjou aqui na Terra.

Provavelmente, dias obscuros e incertos estão a caminho, por tudo que estamos vendo aqui e no mundo inteiro nesses últimos tempos da decadência final do sistema capitalista, que depois do 11 de setembro de 2001, muita coisa de estranha e perigosa desencadeou por muitos lugares.

Dentre tantas fragilidades, os milhares de desesperados indo para a Europa, abandonado seus lares e cidades arrasadas pelas guerras de pilhagens. Cercas de arame farpado sendo erguidas para conter esses desesperados em fuga sem saber ao certo para onde ir.  O interminável conflito no Oriente Médio, causando milhares de mortos, mutilados, órfãos e viúvas, decorrente das invasões dos EUA tentando se apoderar das gigantescas reservas de petróleo do Iraque e da Líbia. Perigosas provocações militares, cada dia mais arriscadas e frequentes, envolvendo a Rússia e os EUA. Insolúvel crise do sistema capitalista mundial no gigantesco complexo industrial de extração, produção, construção, serviço, comercial e bancário das grandes petroleiras, causando milhares de desempregados e perigosas situações financeiras e bancárias por conta da vertiginosa forçada queda do petróleo de 115 dólares para menos de 30 dólares o barril.  Por tudo isso e muito mais, e outra vez aqui no Brasil, sem querer ser pessimista, mas pelo andar dos acontecimentos, em breve, teremos muita saudade das liberdades e da democracia. Que Deus nos ilumine.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de José Junior
José Junior

Considerando o pior cenário

Considerando o pior cenário quando o golpe for consumado, e sendo bem macabro, tento me colocar no lugar deles para pensar em como poderia ser o pior dos mundos. Considerando que neste caso eu não teria escrúpulos e seria um golpista com sede de poder a qualquer preço (como eles são) e considerando, ainda, que esta aventura não passaria de 2018 mantidas as atuais regras do jogo, faria o seguinte:

1. Estabeleceria estado de defesa tão logo tomasse o poder, o que me permitiria reprimir movimentos sociais e prender suas lideranças;

2. Caçaria parte dos ministros do supremo via congresso, que estaria nas minhas mãos (como está);

3. Anularia a operação lava-a-jato, via novo supremo (garantiria meu poder sobre o congresso);

4. Renovaria a lei de segurança nacional e caçaria partidos de esquerda e seus mandatos, pela via parlamentar;

5. Suprimiria direitos e garantias individuais e utilizaria as policias estaduais (não precisa das forças armadas), como política política, como já utilizo; e

6. Reformaria a legislação eleitoral de modo a me favorecer (voto distrital e maior poder ao parlamento?) , ou mesmo suprimiria as eleições diretas para cargos do executivo por um período de tempo.

 

Alguém duvida que eles exitariam em fazê-lo?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Obtuso
Obtuso

Difícil de entender

Em plena batalha do impeachment, o governo enviou um projeto de lei onde há previsão, entre outras coisas, de aumento da alíquota de contribuição para a previdência, e até demissão de servidores estáveis. É o PLP 257/2016 (http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2...).

Resultado: na quinta e na sexta ocorreram protestos de servidores.

Ou seja, no mesmo momento em que acusa Temer de atacar direitos sociais, envia projeto para fazer aquilo que condena nos outros. Quem é o articulador político que dá uma idéia destas?

E como ficam os (poucos) defensores de Dilma no meio sindical? Largados à própria sorte.

Aí fica difícil.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

O culpado pelo acontecido tem

O culpado pelo acontecido tem o nome Luís Inácio Lula da Silva.

Um cidadão que tornou-se obcecado com sua própria imagem.

Basta ver a profusão de auto aclamações: sou o jararaca, o cara do cara, nunca antes fizeram, eu... eu... eu.

Reeleger é prova de sucesso, eleger a sucessora é prova de excelência. Mais uma do "cara".

Então ele mede o Estado assim no curtíssimo prazo, na vitória eleitoral, na contagem de votos.

Sua visão é estreitissima, como dos seguidores messiânicos.

É isso.

Obrigado Lula, obrigado PT. Obrigado tacanhos.

Vocês estupraram a esquerda e atolaram a vaca na merda.

Só um milagre agora.

E, como virou moda, que Deus ele próprio nos ajude.

Porque seu intermediário, o Messias narciso, já vimos onde nos deixou.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Naldo
Naldo

Poie é, fora Lula, viva a

Poie é, fora Lula, viva a malandrina.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Olha aí troll . Lula é tão

Olha aí troll . Lula é tão ruim, tão ruim que é o principal perseguido por nossas elites odientas. Você pode fazer sucesso com suas análises na Uol, no G1 então não adianta vir aqui escrever bobagens. O pessoal do blog é consciente e bem informado.

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Vera Lucia Venturini

Qual a novidade uma figura de

Qual a novidade uma figura de esquerda ser perseguida desde sempre neste país?

Rssss...

Antes dele foram perseguidos TODOS e depois dele serão perseguidos TODOS.

Acorda, criança. Acorda.

Vocês não sabem um parágrafo da história.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Não sou professora de

Não sou professora de história mas sei reconhecer um troll. Desses assalariados por aqueles deputados cretinos e hipócritas que cometeram o crime de se enrolar na bandeira brasileira enquanto contabilizam quanto vão ganhar para lotear o país. Além de nos expor como república bananeira para o mundo todo.

E muito do que ocorre se deve a esses ministrecos do STF, que "quanto pesa ou é por quilo" para acabar com a imagem internacional do país enquanto offshores de Nevada e de Delaware (o do Janot e do pessoal da república do paraná deve estar saindo por Delaware por que eles adoram Washington) recebem depósitos como aquele que Joaquim Barbosa recebeu no Panamá.

E viva o grande Lula, um brasileiro que me orgulha.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Vera Lucia Venturini

imagem de joão denicol
joão denicol

SALVAÇÃO DO GOVERNO

SÓ UMA MELHORIA FORTE E RÁPIDA DA ECONOMIA SALVA A PRESIDENTE E SEU GOVERNO DO IMPEDIMENTO.

TODO ESFORÇO POLITICO TEM QUE SER PARA DAR TEMPO A ESTA PROPOSTA.

NINGUEM DESEMBARCA GOVERNO QUE MELHORA RIQUEZA DE TODOS.

É NECESSÁRIO NEUTRALIZAR OU AFASTAR QUEM TRAVA E APOIAR OU CHAMAR QUEM ACELERA .

A ECONOMIA TEM QUE SAIR DO BURACO JÁ.

O RESTO É DEPERDÍCIO DE RECUROS, CEREBRO E TEMPO.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de silverio
silverio

Brasil

Eu estou pasmo com o que vi e ouvi ontem no congresso nacional. O BRASIL não merece isso, eu estou muito triste e preocupado pelo nosso BRASIL, é claro que avançamos muito na questão social, mas erramos na condução política das alianças  e o resultado são os piores possíveis. Quando falo dos avanços sociais posso citar vários exemplos: distribuição de renda, novas universidades públicas, moradias e só os ladrões do BRASIL não querem o povo  beneficiado, porque são burros tapados e querem continuar dando as migalhas o resto para a maioria.

Temos que reagir, mas com precisão, organização perfeita orquestrada entre os vários movimentos sociais e tornar as ruas o nosso campo de luta. Nós vamos resistir esse golpe e impedir esse bando de covardes governe o BRASIL. Eles são estúpidos, ignorante, tapados, egoistas e não vamos nos igualar a eles, mas vamos minar o seu campo de ação, pode esperar.

Nós Nassif, não somos os únicos que queremos um BRASIL digno para o povo brasileiro, temos milhões defendendo essa causa pode crer que vamos vencer.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Gostaria de saber se é

Gostaria de saber se é considerado normal nas democracias um vice conspirar de dentro da residência oficial e não ter consequências legais.

Nao é possível se aceitar esta conspiráramos, a não ser em republiquetas.

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de chris
chris

Exatamente

O que impede de dar a resposta devida ao crime de conspiração? 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Enqunto a esquerda falava em

Enquanto a esquerda falava em "nao ao golpe" a direita pressionava ministros, stf, parlamentares, governadores e quando via que algo caminhava em direçao diversa da que queriam, pressionavam na porta da casa deles, criavam memes e falsas noticias difamatorias. Nao vi, por exemplo, midias de esquerda procurando  o ministro barroso para fazer a defesa das difamaçoes que ele sofreu.

ou seja, enquanto a esquerda brigava democraticamente, a direita usava de pressao. 

 

E muitos comentarios por aqui realmente acreditavam que a classe media havia mudado de ideia, que a naçao estava ciente de que era um golpe e so faltava todos se unirem e caminharem de braços dados pela democracia misturando camisetas verdes e amarelas com camisetas vermelhas. Grande culpa disso atribuo a alguns blogs que realmente narravam isso pro leitor e tinha mta gente vivendo numa realidade esquizofrenica. Agora acordaram e viram que o pesadelo era real.

quando falei em eleiçoes gerais aqui, dizia isso por acreditar que seria um passo atras por dois na frente, pois a dilma estava travada. Muitos aqui falavam q era golpe do mesmo jeito e q a dilma tinha q governar ate o fim. A resposta ta ai. Governar como? Sem eleiçoes, o destino eh Temer, gostem ou nao... De repente as eleiçoes nao sao tao ruins assim agora, nao eh mesmo?

 

e outra coisa: se a esquerda ainda acha q da para brigar pra reverter isso e de forma milagrosa dilma vir a governar tranquilamente ate o fim de seu mandato com essa rejeiçao dentro do congrrsso, a esquerda tem que saber que simples com gritos de "nao ao golpe" nao bastam. A direita ganhou na pressao, na canalhice, tentando desonrar qm era contra o impeachment, expondo publicamente essas pessoas

E se a direita tinha um medo era o de que a esquerda seria capaz de causar tumulto social. me parece que nao ha mais esse medo...

alias, eu tb acredito que nao, pois a esquerda se domesticou e nao sabe mais brigar com a direita quando esta se organiza. Pelo menos eh q parece 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Parece que todos esquecem

Que quem derrubou o governo foi a mídia. Cunha, Moro e qualquer outro são fichinhas para a rede Globo. E a rede globo vai acabar a lava PT no dia que prender o Lula e a votação do Senado derrubar a Dilma. E como enfrentar este poder que faz até o STF acoelhar vergonhosamente?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Eleiçoes - critiquei sim, mas...

Roberto,

Eu mesmo critiquei a proposta de eleiçoes antecipadas - nao sei se em comentario seu.

Mas nao por ser "golpe", mas porque é inviavel. Era o bode na sala colocado para desnudar o carater anti-democratico dos que diziam que tinha que fazer impeachment para "ouvir as ruas".

Da uma olhadinha nesse post meu e me diz o q vc acha:

>>> Eleições Antecipadas: o Bode na Sala?, por Romulus <<< ________ROMULUS_________TER, 12/04/2016 - 07:20______________ATUALIZADO EM 12/04/2016 - 08:02

Por Romulus

Indivíduos, tanto no governo como nas oposições, tem acenado com a possibilidade da antecipação de eleições gerais como meio de se sair do impasse político que vivemos. Isto é, caso não prospere o impeachment ou a recomposição da base parlamentar da Presidente Dilma, claro.

No entanto, não consigo acreditar que nenhum dos lados que vêm com essa proposta o faça pra valer. Pra mim tem cara do famoso "bode na sala". Fora a polarização exacerbada do momento, o mal estar econômico e o desgaste total da imagem dos partidos - todos, alguns outros fatores me levam a essa percepção:

- Eleição geral? Dentro de apenas 6 meses junto com prefeitos? Difícil de acreditar. Depois? Quando?

- Sem doações empresariais? Sem (ou com pouco) caixa 2, dada a situação das empreiteiras? Com marqueteiros suando frio por aí?

- Sem amplo consenso em torno de eleições antecipadas (PGR, STF, Congresso e Executivo), qualquer um poderia judicializar a questão, apontando a Emenda como inconstitucional. Pode-se facilmente alegar a interferência de um ou mais Poderes nos outros ou atentado à ordem democrática - ambos contrários a cláusulas pétreas da Constituição. Queremos mais batata quente no STF?

- Com total imprevisibilidade sobre resultados e mesmo sobre quem iria para o segundo turno com Lula? Quem tem mais chance hoje de encarnar o anti-PT? PSDB, Marina ou Bolsonaros/Paschoais/Moros?

LEIA MAIS »

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Sei que é inviável

Sei que é inviável constitucionalmente, pois até ministro do STF ecoou isso. Mas num pacto entre os poderes, quem sabe conseguiriamos algo. Ou talvez se fosse pedido o julgamento antecipado no TSE para cassação da chapa (meio dificil também, pois Temer não aceitaria).

Mas é a chance de não entregar ao Temer. Preferia que tentassemos explorar esse lado do que ver Temer presidente. Não só porque ele é um conspirador e armou a queda da Dilma, algo impensável numa república democrática. Mas porque ele terá cheque em branco pra governar, diferentemente de alguem eleito, que tem seu plano de governo como referencia para prestação de contas com a população.

 

E digo mais: agradeço ao Lula. Mas ele deveria apoiar o Ciro Gomes ou explicar porque não quer apoia-lo. Ciro é qualificado.

 

Enfim...

 

Pra mim o governo Dilma acabou. Não vejo o STF revertendo isso aí, a não ser que exista algo flagrantemente inconstitucional que seja impossível o STF não colocar embaixo do tapete.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de nãovaitergolpe2333
nãovaitergolpe2333

Parece que o povo esta

Parece que o povo esta sentado olhando, inerte a tudo que se passa.

Sendo que ele é principal ator politico e economico e a parte mais interessada no impedimento de Dlma.

O reino dos malandros esta caindo, os manés vão tomar o poder.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Sinceramente depois de tanta

Sinceramente depois de tanta lambança que essa mulher fez o resultado é mais do que esperado.

Uma múmia politicamente não pode governar um país tão díspare como o Brasil.

Um republicanismo idiota e tosco, do tipo sem noção, nomeando procuradores que só ferravam o governo. Nunca vi isso. Nunca vi tanta disposição para apanhar.

Nomeações para o stf, idem. Passou quase um ano para nomear um jurista que até agora só ferrou quem o nomeou.  Sem falar nas outras nomeações tostas, republicanas. Enquanto isso os defensores de verdade do governo estão sendo atacados por todos os lados.

Um governo que protege os inimigos e deixa os aliados morrerem à mingua, merece cair.  A ingratidão não tem perdão.

Todos os ditos traíras de ontem foram maltratados o menosprezados pelo dito governo em momentos anteriores. Ontem foi somente a hora de dar o troco.

E acho que jogo pesado mesmo só está começando. Vem mais maldades por aí. Essa turma que está entrando é só profissional. 

O proximo governo vai nomear 5 (cinco) ministros para o STF. Vai ser do nível de Alexandre de Moraes para cima. Esses não pensam duas vezes antes de defender quem os colocou lá. Não vai ter republicanismo. Só aliados e ponto final.

 

Quem vai pagar o maior pato vai o Lula, infelizmente.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Voce tem razão, quem tem que

Voce tem razão, quem tem que governar o Brasil é o Cunha. Ele sabe fazer política. Compra todo mundo e vai levar uma comissão de uns 20% na venda Petrobrás. 

Quer uma sugestão, vota nele. Ele e o Temer sabem fazer política. E roubar.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Vera Lucia Venturini

imagem de dudu cartucho
dudu cartucho

PERFEITO

Um pgr inimigo nomeado por ela, ministros do stf idem.

Zé Cardoso, Mercadante, H. chagas, Levy...a surpresa foi demorar cair.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de GalileoGalilei
GalileoGalilei

O Bode

Cunha é o bode na sala, estratégicamente lá colocado para que seu cheiro fétido e seu comportamento destrambelhado embace todos os nossos demais sentidos.

Enquanto estivermos preocupados em tirar o bode da sala, os bandidos estão livres barbarizando no resto da casa.

E ainda vamos ficar muito contentes e ocupados quando finalmente o bode for retirado. O mau cheiro irá perdurar por muito tempo, os móveis estarão destroçados. E muitos sequer terão percebidos o estupro ocorrido em paralelo.

Acima de tudo será preciso ter a consciência de que não podemos aceitar a oferta graciosa que certamente virá dos bandidos (faz parte do script) para ajudar-nos a retirar este bode.

É lugar comum falar em colocar o cadeado após a casa ter sido arrombada. Mas o que fazer? Continuar mantendo a porta aberta? É preciso reconhecer erros para não mais repetí-los.

O espetáculo dantesco de ontem no Congresso só surpreendeu Polianas distraídas.

Ontem fizeram a festa, se embriagaram e sequer poderão comemorar, pois já devem estar todos brigando contra todos. 

Quanto a nós, perdemos uma batalha. Não podemos parar para acreditar que a guerra foi perdida. Esta é longa. Muito longa. Devemos estar preparados para perder muitas outras batalhas. Mas nossos sonhos continuam vivos, e isso eles jamais conseguirão eliminar. 

Só que daqui para a frente devemos levar em conta nas nossas equações o congresso e a imprensa que temos. E, agora, também, o judiciário que temos.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de j.marcelo
j.marcelo

Brasil,País das injustiças, é

Brasil,País das injustiças, é assim desde a escravidão ou até antes mesmo !!!

Essa é a OPORTUNIDADE de um governo ser composto por pessoas realmente progressistas,

honradas e fiéis,Dilma firme os passos e levante a cabeça,sei q sua consciência é tranquila!

Pesou as pressões dos líderes políticos e da mídia também,são oportunistas de plantão!!

OBS:Aposto que a Globo colocará Aécio cantando de galo no JN ,ñ valem 10 centavos!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.