Bolsonaro convoca ministros para discutir resposta ao STF

Enquanto aliados defendem lei de abuso, presidente considera resposta mais contundente ao Supremo Tribunal Federal após operação da PF

Foto: Carolina Antunes/PR

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro convocou os ministros para reagir de forma mais contundente ao Supremo Tribunal Federal (STF), após a operação realizada pela Polícia Federal contra seus aliados investigados no inquérito sobre fake news.

Assessores presidenciais consultados pelo jornal Folha de São Paulo explicam que Bolsonaro deve propor uma resposta mais contundente ao STF, e pode sugerir que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, não preste depoimento depois de ter sido intimado pelo ministro Alexandre de Moraes.

O presidente também deve sugerir que Augusto Heleno, ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) não acate pedidos da solicitação de impeachment dele, apresentada ao tribunal e relatada pelo ministro Celso de Mello.

Em outra frente, considerada mais agressiva, está a nomeação de Alexandre Ramagem para a chefia da Polícia Federal, contrariando determinação de Moraes e brigue com o Supremo judicialmente, mesmo em cortes internacionais.

Caso os ministros concordem, a ideia seria propor uma nota com a reação planejada. Caso o presidente siga tal plano, a crise do governo com o Judiciário tende a ser ainda maior.

 

Leia Também
Intimada pelo Supremo, PGR defendeu ação contra apenas 3 perfis bolsonaristas
Grupo de WhatsApp de empresários é “vital” para investigações, diz Moraes
“Aras tem o dever de denunciar Bolsonaro”, diz Fonteles, ex-PGR, por Marcelo Auler
O que investiga o inquérito 4781, que atingiu o coração do bolsonarismo
GGN prepara dossiê sobre trajetória de Sergio Moro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Corrupção: cuidado para não errar o alvo, por Ricardo Cappelli

5 comentários

  1. Deus acima de todos, mas o STF em cima de tantos suspeitos vai dar muito bode por ai. Ainda mais se retroagir à eleição ai vai ter muito pano para a manga. Não só Bolsonaro, mas toda a chapa e a caserna ficam no estresse. O pior para eles (e para o Brasil) é que ocorre justamento quando os números de óbitos pela covid-19, já se aproximam dos países europeus mais impactados e em ritmo forte. Em breve apenas os EUA que hoje chegaram aos 100.000 óbitos. Bolsonaro vai ter muita dor de cabeça e de barriga e se começar a inquietar demais o Carluxo, vamos ver como ele lida com a frustração.

  2. Esta na hora do Congresso se aliar ao judiciário e expurgar de vez este cancro do bolsonaro da vida do pais.
    O canalha está voltado para proteger a bandidagem a qual se aliou, ao inves de, abandonando sua condição de pária, tentar algo produtivo no sentido de mitigar a dor de centenas de milhares de brasileiros de alguma forma atingidos pela tragédia do Covid.
    Dezenas de milhares morrendo e o insano tentando destruir o pouco que resta da democracia brasileira.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome