Fake News: Maioria do STF concorda com manutenção do inquérito

Jair Bolsonaro, na saída do Palácio do Planalto, no famoso cercadinho, disse, bravo, Basta!

Presidente Jair Bolsonaro durante coletiva ao sair do Palaácio da Alvorada, ode falou sobre a Crise dos EUA-Irã e o aumento do preço dos combustíveis Sérgio Lima/Poder360 07.jan2020

Jornal GGN – Maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal concorda com a manutenção do inquérito sobre as fake News, nas mãos de Alexandre de Moraes. Em videoconferências ocorridas, sete deles concordam em continuar a investigação.

Na quarta, dia 27, a Polícia Federal cumpriu 29 mandados de busca e apreensão. Foram empresários e apoiadores de Jair Bolsonaro os contemplados com a visita da Polícia Federal. A grita foi grande. Luciano Hang, o dono da Havan, Roberto Jefferson, ex-deputado federal, e influenciadores como Sara Winter foram alvo da ação.

Jair Bolsonaro, na saída do Palácio do Planalto, no famoso cercadinho, disse, bravo, Basta! Jogou a bola para a perseguição à mídia que o apoio e que o argumento era mentiroso. Notícia falsa é um falso argumento, segundo sua declaração.

O presidente disse ainda que ‘temos que botar limites’, e que tem em suas mãos as ‘armas da democracia’.

Está nas mãos de Dias Toffoli, presidente do STF, determinar data para o julgamento do caso e Fachin pediu preferência na análise da matéria.

Com informações da Folha.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora