Estado de terror, DD feliz e Raquel Dodge fazia “chifrinho”, por Armando Coelho Neto

Não há o menor sinal de que se pretende restabelecer a ordem constitucional e democrática. Todo discurso produzido nesse sentido é revestido de farsa e diversionismo.

Raquel Dodge (à esquerda), ao lado de Michelle e Jair Bolsonaro. Foto: Agência Brasil

Estado de terror, DD feliz e Raquel Dodge fazia “chifrinho”

por Armando Rodrigues Coelho Neto

Meu amigo não entendeu por que iria falar de terror, hoje. Tentei explicar com uma hipótese: – imagine que eu esteja lhe fazendo um grande mal, te provoco todos os dias. Você, cidadão civilizado e cristão, resolve me dar uma chance de rever minhas posições e ora para mim todos os dias, para que Deus aplaque meu ódio. Eu ignoro sua ética, civilidade, orações e sei que logo você vai concluir que ser bonzinho não levará a nada. Mais cedo ou mais tarde você vai perder a paciência, e como quero te liquidar, provoco ainda mais. Entretanto, vou criando mecanismo de defesa, passo a usar arma, contrato capangas e coloco meus comparsas para te vigiar, bisbilhotar sua vida. Eu só quero que você reaja para que eu te liquide.

Vamos aos fatos.

Bozo, Moro, as covardes Forças Armadas (exceções continuam silentes) com Supremo e tudo estão mesmo provocando o povo brasileiro e querem levar o país para o clima de terror.  Na prática, a corja golpista está dando um sinistro recado à Nação: a saída para vocês é a violência, o terror, desobediência civil. Não adianta vocês ficarem com mimi-mi e inheim-inheim de ilegalidade, ética ou o que for. Não há o menor sinal de que se pretende restabelecer a ordem constitucional e democrática. Todo discurso produzido nesse sentido é revestido de farsa e diversionismo. Os golpistas agem como meliantes que após expropriarem suas vítimas, tripudiam e disparam o chavão “perdeu playboy”.

Essas impressões ganharam reforço por alguns fatos, entre eles o editorial do The Intercept Brasil (TIB), sobre os sinais de que o país caminha para o totalitarismo. A propósito, cita reuniões de “sindicatos vigiados por policiais armados, palestra de cientista filmada por soldado do Exército, presidente da República ameaçando prender jornalista, e um ministro da Justiça que não tem medo de transgredir a lei para defender seus interesses e descredibilizar a imprensa”. Em uma democracia, diz o editorial, Sergio Moro já teria sido demitido por desvio de função e pelas sucessivas ilegalidades cometidas.

O TIB trabalha com valores éticos, morais, civilizados absolutamente alheios à corja golpista. A mesma corja responsável pela portaria da Besta do Apocalipse, assinada pelo atual ministro da Justiça e da Segurança Pública. Como tudo é marketing e hipocrisia no governo Bozo, o documento – que pretende estar acima da lei ordinária e da Constituição Federal, recebeu o número 666. É com ela que o golpe quer intimidar o jornalismo do The Intercept, que vem denunciando as “morocutaias” da operação Farsa Jato.

A pretexto de combater a corrupção, a farsa judicialesco-midiática segue o mesmo caminho da Operação Mãos Limpas, na Itália. Não tornou aquele país menos corrupto e ainda levou ao poder o mafioso Berlusconi. O Brasil foi entregue a Michel Temer, e hoje é controlado pela milícia, o PCC e a facção “palestrista” no poder. Não à toa membros do Poder Judiciário foram se encontrar com financistas às vésperas das eleições passadas.

A portaria da Besta aparece num contexto de reedição do tema terrorismo. A propósito, vi no controvertido jornalismo do Duplo Expresso, citação ao projeto de lei nº 2418/2019, que pretende alterar a já polêmica lei sobre terrorismo no Brasil. A ideia é criar obrigação de monitoramento de atividades terroristas e crimes hediondos a provedores de aplicações de Internet. Tudo muito adequado para um país no qual existe “terrorismo amador”, de que falo em nosso texto de 22 de julho de 2016. País de “hackers amadores”, que desviam a atenção da maior vergonha que um Poder Judiciário já enfrentou na sua história. Não é sem razão que terrorista no Brasil dá entrevista à revista de grande circulação informando seus planos.

A volta do tema terrorismo é preocupante, já que, para a dupla Bozo/Moro, o Brasil vivia sob regime comunista, fato que revela o primarismo de seus conceitos. Desse modo, a ideia do que possa ser extremismo político ou ideológico pode expor brasileiros às idiossincrasias e subjetividades absurdas que norteiam o pensamento “morocutaio e ou bozoriano”. A farsa golpista com supremo e tudo (com forças armadas monitorando do MST) está provocando a massa crítica nacional. Ela quer briga e se arma de um arcabouço jurídico não só para intimidar, mas para por em prática, se preciso, com base em suas subjetividades.

De há muito o golpe assumiu seu lado tosco, e todos os dias bate na nossa cara, pedindo que haja reação. Isso é deveras perigoso, quando um general moribundo se transforma em pitaqueiro oficial da subversão da ordem jurídica de um lado, e um astrólogo paranoico pretende impor, por controle remoto, o fascismo no Brasil.

Já não adianta falar de ética, civilidade ou ordem jurídica. As revelações sobre o “palestrismo” de um certo DD, a Fundação Casa de Mãe Joana (dois bilhões) e o leilão de cargos  expõe as feridas do falso moralismo. Entretanto, procuradora da República, Raquel Dodge, como fiscal-mor da lei prefere tirar foto fazendo “chifrinho” ao lado do Bozo.

Reação? Como essa gente vai cair mesmo é de podre, vamos ficar de butuca, na oposição consentida, enquanto urdimos o empurrãozinho fatal.

Armando Rodrigues Coelho Neto – advogado e jornalista, delegado aposentado da Polícia Federal e ex-integrante da Interpol em São Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

42 comentários

  1. Esse sinal não é “chifrinho”. na linguagem de sinais significa: “I Love You”, eu te amo. Mas que estamos num estado de terror, isso é verdade. Ficaremos aguardando, como na história do sapo cozido em água morna?

  2. Mais uma vez certo Armando, chegamos no ponto em que se deixa qualquer esperança visto a convocação da besta do apocalipse pelos seguidores do bispo da Congregação Morosa do Brasil.

  3. Não há pq se prostrar ..há que pressionarmos PARTIDOS e CoOngressistas a cumprirem com suas funções

    Crime de responsabilidade, falta de decoro, nepotismo, racismo, homofobia, atentado contra a Segurança e interesses do país, crime eleitoral, lavagem de dinheiro, prevaricação, associação com crime, abuso de Poder, formação de quadrilha ..crimes não faltam, HÁ que cobrarmos do Congresso pra que nos ajude a retirar este cancro do PLANALTO

    • Mas você acha, sinceramente, que farão algo? Nós nem justiça temos!
      Não há nenhuma potência institucional hoje capaz de contrabalançar a quimera política que vivemos. A tendência em governos desse tipo é a ruptura ou a implosão, mas como as forças mobilizadoras da sociedade burguesa já se moldaram a esse regime, é possível que tenhamos entrado numa nova continuidade, uma espécie de “pós nova república”.

  4. Evangélico que faz “chifrinho” é filho do capeta. Voce sabia que Lucifer ( o Capeta) era o anjo de luz que servia o Criador e, se rebelou e se tornou seu opositor. Assim, esses falsos evangélicos, são todos filhos do capeta !!!!

    • “Qual seria a solução?”

      Acho que o Armando (na minha desimportante opinião) acerta quando diz:

      …”vamos ficar de butuca, na oposição consentida, enquanto urdimos o empurrãozinho fatal.”

      Só um exército suicida ou um que é comandado por um traidor pensa em enfrentamento no front depois de ter perdido uma batalha. Enfrentamento contra os golpistas apenas nos aniquilaria, agora. As forças democráticas estão debilitadas, há até ex-combatentes do lado do estado democrático de direito que mudaram para o lado inimigo usando arrazoados como “já que não se pode vencê-los…”, “será que eles são tão ruins assim?” e até “lamento, companheiros, mas tenho que salvar minha pele”. Enfim, é preciso, para evitar tiro inútil (ou pior, útil para o inimigo) parar de alimentar ilusões e reconhecer que esta batalha foi perdida. E começar a usar os recursos que temos para nos refazer. Uma coisa é certa: a guerra não terminou e a luta pela retomada do estado pelo povo não vai parar antes da vitória. E que sirva de lição: capitalista vai sempre trabalhar para tomar para si TUDO o que puder. Isso é bom, é o que faz a iniciativa privada forte. O que não pode é deixar capitalista administrar recurso do estado. Se eles o fizerem, claro, corromperão e desmontarão o estado.

      Acho que a solução é nesse sentido, que vc acha?

  5. Não sou profeta muito menos vidente, mas desde as eleições, estou com uma pulga atrás da orelha de que caminhamos para um golpe de estado, nossa democracia é muito frágil e está sempre voltada aos interesses das grandes oligarquias não vai ser pra mim nenhuma surpresa se isto acontecer.

  6. Infelizmente a esquerda não desenvolveu uma boa “fabrica de feikinius”…..entre a foto do orangotangosauro com as duas lindas “chipanzinhas” fazendo chifrinho com a mão(feito show do iron maiden), mais a portaria 666 do operative Moro, dava pra botar pulga na orelha da manada crente……..seria este um governo satanista????

  7. Brasil tá uma vergonha!!!com esse circo. Verdadeira putaria !!! Se continuar do jeito que tá a probabilidade de termos uma guerra é grande.. acho bom muitos irem se preparando .por que o Brasil vai ter um grande problema com essa corja no poder .

  8. Perdão nobre jornalista, mas o “chifrinho” a que se refere na verdade é numa expressão em LIBRAS que significa “eu te amo”, sou intérprete dessa Língua e nada tem haver com chifres, pois chifres tem somente dois dedos em referência. Apesar que dúvida muito personas políticas amarem o povo.

  9. Alo, alo FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE HACKERS PROFISSIONAIS vocês já podem processar a rede goobles de televisão por uso indevido da marca.
    Esse brasil do bozo e do moro vai desacreditar o VAR e ainda terminar com a função nobilíssima de HACKERS PROFISSIONAL.
    Onde vamos parar com toda essa vasta inteligência???

  10. O problema do Brasil é o brasileiro. No singular mesmo, pois enquanto formos um fazendo postagem e comentário, nada vai mudar. Eles tiveram coragem de ir pra rua e derrubar um presidente eleito pelo povo, nós só estamos postando! Nunca vi protesto de celulares nas ruas, são pessoas que fazem isso.
    Onde foi parar a coragem da esquerda brasileira? Será que está coligada?

  11. O problema do Brasil é o brasileiro. No singular mesmo, pois enquanto formos um fazendo postagem e comentário, nada vai mudar. Eles tiveram coragem de ir pra rua e derrubar um presidente eleito pelo povo, nós só estamos postando! Nunca vi protesto de celulares nas ruas, são pessoas que fazem isso.
    Onde foi parar a coragem da esquerda brasileira? Será que está coligada?

  12. Divertido ver alguns comentários que se apressam em dizer que o sinal “de chifrinho” quer dizer “eu te amo” em libras e não haver explicação sobre o pq dessa cretina não se pronunciar sobre o show de horrores institucional que vem sendo executado pelo governo.

  13. Chifrinho? Por favor, não vamos imitar a extrema-direita, é um sinal da linguagem LIBRAS muito conhecido (eu te amo). Isso é “feio” induz a conexão com crenças religiosas (coisa do diabo, besteiras desse tipo).

  14. Até quando representantes das instituições vão continuar fazendo papel de patetas? O Bolsonaro adora espezinhar e debochar de todos esses que o reenvia para sua insignificância intelectual e de sua origem. Realmente, o Brasil não podia ter descido mais baixo… Ou ainda pode?
    Entro num boteco e peço uma garrafa d´água. Agradeço, pago e recebo um “Deus te abençoe”.
    Compareço à uma festa de aniversário e após os parabéns, todos levantam as mãos e começam uma música de derrame bençãos, algo assim.
    Quando sai do Brasil no início dos anos 2000, não existiam essas coisas. Todos tinham sua fé, mas não era essa situação de todos de olho em todos. Para quem está de fora, incomoda. No mínimo.

  15. Considerando que a Dodge é a Damares na justiça, dado nível mental e intelectual, não surpreende esse gesto simplório. Aliás, a foto toda é uma peça idiota completa.

  16. Mesmo que a simbologia seja utilizada em libras. Não podemos deixar de convir que o texto é excelente e demonstra a realidade pela qual estamos sendo submetidos todos os dias. Cabe ainda afirmar que em outros países “mais avançados” por muito menos primeiros ministros caem. Quando tem vergonha na cara.

  17. Para vcs que não estudaram libras, entenda que isso não e chifres isso significa amor na linguagem. Não sejam manipulados pelo jornalismo pesquisem antes de tirar suas próprias conclusões

  18. Se não for tomada medidas de segurança e urgência na soberania da ordem pública do Brasil. Se o povo brasileiro não agir rápido contra obusos e os absurdos latidos de raiva do governo os direitos humanos e a liberdade de expressão… “Quanto mais rápido o povo agir. Mais rápido salvar emos o Brasil… Do feito que ta seguindo à coisa… Corremos o risco de nós tornarmos o pior país ditatorial das Américas… “O império ditatorial dos asseclas Bolsonaros “.

  19. Sou intérprete de Libras, não estou acusando nem defendendo ninguém, apensas explicando que esse sinal feito pelo presidente é um empréstimo linguístico da ASL(Língua americana de sinais) para Libras, significa “I Love You” que para os surdos no Brasil é muito usado como forma de cumprimentar, fazer saudação os surdos. Penso q deve se saber separar as coisas o fato de fazer um sinal não significa nada em frente ao momento político que se encontra ao país. Mais maturidade e pesquisar mais antes de discursar de assuntos desconhecidos, reforçando não expresso minha opinião política mas como especialista em Libras trago aqui um pouco do conhecimento que posso falar com propriedade.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome