Os neoliberais revisionistas devem ser acolhidos pela Frente Antifascista, por Andre Motta Araujo

Armínio e outros neoliberais são reforços de uma frente civilizatória que já deveria estar sendo formada para enfrentar o perigo muito maior de destruição do Brasil.

Globonews

Os neoliberais revisionistas devem ser acolhidos pela Frente Antifascista

por Andre Motta Araujo

Um bilioso artigo publicado no blog malha Arminio Fraga porque ele foi um neoliberal e, portanto, deve ser demonizado por isso. Arminio Fraga, junto a outros economistas, como Andre Lara Rezende, Elena Landau e Zeina Latif, estão com análises críticas da política econômica de Estado mínimo de Paulo Guedes, a partir de uma visão da realidade. Achar que, como no passado eram neoliberais, devem continuar a ser combatidos é de uma falta de lógica absoluta e mostra a deficiência estratégica da esquerda em geral, esquecendo do lema o INIMIGO DE MEU INIMIGO É MEU AMIGO.

O inimigo é o FASCISMO em franca aceleração no Brasil, a “guerra aos pobres”, o desmonte de todas as políticas sociais, de meio ambiente, cultura, educação, direitos humanos, saúde, que dizem respeito a 180 milhões de pobres e miseráveis do Brasil, uma política de extermínio porque não preserva condições mínimas de sobrevida.

STALIN, CHURCHILL E ROOSEVELT

Até a véspera da invasão da Rússia por Hitler, 21 de julho de 1941, Churchill era o maior inimigo de Stalin, que era aliado de Hitler. Com a invasão-surpresa alemã, 24 horas depois Churchill ofereceu apoio e aliança a Stalin, o mesmo que antes era seu inimigo. A razão: ESTRATÉGIA. Há um inimigo comum e muito mais perigoso a combater, então esqueçamos nossas divergências até anteontem e vamos unir forças contra ele, que ameaça a nós dois hoje.

Se a esquerda brasileira NÃO PENSAR ESTRATEGICAMENTE, a direita, com ou sem Bolsonaro, vai ficar no poder por mais 20 anos.

Todas as forças e personalidades antifascistas devem ser recebidas calorosamente por uma frente de esquerda, não importa se foram tucanos no passado, sarneysistas, neoliberais… O objetivo comum é salvar o Brasil da barbárie. Muita gente da direita racional já viu para onde caminha essa aventura ideológica.

ARMINIO FRAGA E OS GRAUS DE CIVILIZAÇÃO

Arminio Fraga tem seu DNA no fundo de George Soros, onde começou sua carreira de mercado. Soros é um capitalista com visão social, algo não tão comum e que hoje está em falta. Soros é hoje o grande patrono do Partido Democrata na luta contra a selvageria do escroque e charlatão Trump, que está colocando em risco a Democracia, as instituições, a civilização e o prestígio dos EUA, com a possibilidade real de ser reeleito pisando no Partido Republicano.

Arminio e outros neoliberais demonstram estar na direita civilizada, ostentaram coragem em dissentir publicamente do grupo de “neoliberais selvagens” que engrossa o coro bolsonarista da turma do Guedes, são reforços de uma frente civilizatória que já deveria estar sendo formada para enfrentar o perigo muito maior de destruição do Brasil, onde não vai sobrar nada nem para a direita e nem para a esquerda, porque não haverá mais País.

AMA

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora