Assessor de Feliciano foi enviado para “reparar danos” à jovem que denunciou assédio

Jornal GGN – O repórter Leandro Mazzini divulgou na quarta (3) o áudio que atesta que o chefe de gabinete do deputado federal Marco Feliciano (PSC) foi enviado à jovem que denunciou assédio sexual e tentativa de estupro por parte do pastor ao UOL. A jovem, de 22 anos, teria se aproximado de Feliciano por conta de sua militância no mundo evangélico e no PSC. Ela também diz na gravação que era jornalista na Câmara e que o pastor usou disso para “atraí-la”.

Há alguns dias, Feliciano teria convocado a moça para uma reunião em seu apartamento funcional em Brasília, com a desculpa de que haveria um debate sobre a UNE. A jovem relatou que ao chegar ao local, não havia ninguém. Feliciano aproveitou o momento para lhe oferecer cargo dentro do partido em troca dela se tornar sua amante. Diante da negativa da jovem, o deputado teria partido para a agressão e, depois, tentado arrastá-la para o quarto. Ambos foram interrompidos por uma mulher que tocou a campanhia do apartamento, incomodada com o barulho.

Na gravação, o assessor Talma Bauer tenta criar intimidade com a jovem, falando de sua família e ativismo religioso. A moça relata o que aconteceu com Feliciano e diz que tem provas das agressões, incluindo mensagens de textos publicadas pelo UOL, nas quais o deputado não nega que a machucou ou que a queria em sua cama porque ela é muito bonita e “a carne é franca”.

A jovem diz que “todo o partido sabe” do episódio, que contou para familiares e outros pastores, mas que tem não buscou a polícia ainda por não querer envergonhar a Igreja. Bauer pede para a garota colocar “uma pedra” sobre o assunto, perdoar Feliciano, aceitar as “desculpas em nome da família” e ficar calma, porque qualquer dano à imagem dela seria reparado por ele.

“Ele não me deixou sair e fez coisas à força”, diz mulher em áudio sobre Feliciano

Da Revista Fórum

Depois que uma jovem de 22 anos acusou o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) de agressão e tentativa de estupro, o fato ganhou repercussão em todo o país. Ela divulgou conversas do WhatsApp com o parlamentar, em que teria sido ameaçada para não revelar a história.

De acordo com o repórter Leandro Mazzini, do UOL, que acompanhou o caso, a mulher saiu de Brasília depois da denúncia, retirou sua página do Facebook do ar, tem se mantido isolada e vem sendo orientada por assessores ligados a Feliciano. Desde então, mudou sua versão sobre o episódio e negou ter sofrido violência.

Leia também:  Breque no despotismo algorítmico: uberização, trabalho sob demanda e insubordinação, por Ludmila Costhek Abílio

No entanto, em uma gravação obtida com exclusividade pelo jornalista, ela pede ajuda ao chefe de gabinete do deputado, Talma Bauer. No áudio, ela detalha as situações de assédio. “Se vale um conselho, manda o Feliciano aquietar o pintinho dele, guardar o pintinho dele”, disse.

“Ele não me deixou sair (do apartamento), fez coisas à força, eu tenho a mensagem dele: ‘Feliciano, a minha boca ficou roxa’. Ele ri’”, contou. “Você está fazendo um bem, de você perdoar, e posso pedir para você por uma pedra em cima?”, teria sugerido Bauer.

Entenda o caso

A militante do PSC, que frequenta a mesma igreja que o pastor-deputado, afirmou que recebeu uma proposta para ser amante de Marco Feliciano. Ela disse que vinha sendo assediada e, ao negar as investidas, foi agredida no apartamento funcional do parlamentar, em Brasília, no dia 15 de junho. A jovem relatou ter levado um soco e que o parlamentar tentou puxá-la pelo braço para a suíte dele.

Ouça a gravação abaixo e, em seguida, confira parte da transcrição da conversa.

https://www.youtube.com/watch?v=vw8JaM6hY3k width:700 height:394

Homem – Sou chefe de gabinete do Feliciano, sou um conselheiro dele. Eu pediria a você para dirimir qualquer dúvida.

Mulher – Se você conhece o Marco Feliciano e trabalha com ele, você com certeza deve saber da conduta dele, da índole dele. Não sejamos hipócritas. Não estou aqui para ganhar nada de ninguém. você não é a primeira pessoa que me procurou.

(..)

Conheci o Feliciano dentro da Câmara. Ele simplesmente chega nas pessoas e usa o que ele tem. Todo mundo erra, mas uma coisa é você ser hipócrita.. eu só perco e me exponho, eu não sou uma menina burra. Eu tenho provas, tenho conversas, que saíram do telefone dele.

Homem – Sim, eu etendo. Você se sentiu prejudicada.

Mulher – Lógico que me senti.

Homem – Qual o dano que te causou?

Mulher – Moral. Ele falou para muita gente. (..) Eu me considero uma pessoa honesta, e não estou mentindo.

Homem – É.., quando a gente conversa assim olho no olho a gente não mente.

Mulher – Eu não tô aqui para falar de você. Tô aqui para falar do Feliciano. (..) Ele usou de um cargo público para se aproximar, tenho provas, são provas concretas, com base. Não quero prejudicar ninguém, mas não quero sair prejudicada.

Leia também:  Quilombolas do Rio dos Macacos recebem terras após quase 50 anos de luta

Homem – Eu tô com você em gênero, número e grau.

Mulher – A primeira coisa que não tô mentindo é que procurei pastores, não tô mentindo, se estivesse mentindo não chegaria aonde eu cheguei. O que coloco é o seguinte: Marco Feliciano errou, Marco Feliciano continua errando. O senhor está com ele há quantos anos?

Homem – Quinze anos.

Mulher – Então o senhor sabe o que ele faz. Eu estou falando em questão de mulheres. Custo acreditar que não saiba. Por mais que seja uma relação profissional. (..) Provavelmente eu não fui a primeira, e não sou a última. Eu serei a primeira que vai falar! Eu não aceito nada em troca. O que ele fez foi impagável.

(..) Ele usou um cargo de influência, de deputado e de pastor, para aproximar. Ele abusa desse cargo para chegar e ele veio conversando comigo de formas estranhas, colocando ‘a gente poderia se encontrar’. Não é cantando, é descaradamente dando em cima.

Homem – eu sou homem, tenho minhas vontades. tenho que ser sutil. (..)

Mulher – É por isso que a gente não tá aqui falando de você. Você tem noção. Quer entender com todas as letras o que aconteceu? Ele deu em cima de mim de forma descarada, tá bom?, Me levou a fazer coisas à força – tenho a prova disso. Dentro da casa dele. Falou que estava tendo reunião da UNE, eu fui para lá e não estava tendo, ele não me deixou sair, fez coisas a força eu tenho a mensagem ‘Feliciano, a minha boca ficou roxa’. Ele ri. Sim, aonde eu falo ‘a minha boca ficou roxa’, saiu do número dele, cujo qual ele usava, não sei se usa mais; Ele fala ‘ah, passa um batom por cima’. Eu tenho todas essas provas, o que estou falando consigo sentar com o senhor e provar.

Homem – Mas ninguém está duvidando de você;

Mulher – (..) Quando a gente fala uma coisa, principalmente quando a gente está incriminando alguém, por eu estudar direito eu sei que a gente tem que ter provas. E eu tenho todas as provas. A maior prova que eu tenho até o momento é que o Feliciano está preocupado..

Homem – Isso fica, eu estou preocupado!

Mulher – Mas ele está a ponto de ligar para as pessoas, e inventar histórias que não existem. Olha para mim, você sabe quem o Feliciano é? Então você sabe o que o Feliciano faz.

Leia também:  Sem arte, não viveremos! Por Dora Incontri

Homem – Às vezes pelo fato .. você tem uma beleza diferente.

Mulher – Mas senhor.. isso não justifica! eu tô falando de uma pessoa que é casado, deputado, pai de três filhos. Eu poderia ser a Gisele Bündchen.

Homem – Eu te asseguro (..) que eu, o que te prejudicou eu conserto. No partido, quem ficou triste com você, eu conserto.

Mulher – No partido está todo mundo sabendo da história!

Homem – Pra você, estou pedindo desculpa em nome da família.

Mulher – Eu não levei à delegacia ainda porque eu sou cristã, eu amo a minha igreja! (.. ) eu não fui para a delegacia porque eu sei que isso vai prejudicar não só a igreja, não é só o ministério do Feliciano, mas todo o evangelho. eu amo a igreja. (..) Eu corri atrás de todos os pastores para pedir ajuda e não posso sair prejudicada. Porque se eu sair prejudicada, eu vou à delegacia.

Homem – Você está com meu telefone, ele fica ligado dia e noite, vou seguir sua orientação para consertar. Por exemplo, no partido você vai ter acesso direto e reto, você vai ter espaço..

Mulher – Se vale um conselho, manda o Feliciano aquietar o pintinho dele, é guardar o pintinho dele. Eu não estou fazendo favor a ninguém.

Homem – Você falou a verdade, não está fazendo favor a ninguém, você está fazendo um bem, de você perdoar, e posso pedir para você por uma pedra em cima? O partido vai continuar tudo igual para você, e para melhor. (..) está pior para ele do que para o partido.

Mulher – A partir do momento que eu ver que não vou mais ser prejudicada – eu não estou falando mais em nome do Feliciano não, em nome da igreja, em nome da bandeira que defendo. Pensa bem se levo isso para uma delegacia, com que cara vou chegar numa comissão?

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

36 comentários

  1. Não pe de graça que o feliciano é um metrosexual.

    Corrige sombrancelhas, cabelinho ajeitadinho, traje bem cortado. Vaidade nunca é de graça. O feliciano se acha um pegador.

    E o pior é ver uma próxima destas defendendo a denominação religiosa e contando com a cumpliciade de pastores para abafar o caso. E esta próxima ainda se acha inteligente.

    Teria que denunciar, mostrar ao mundo o que é o intestino destes partidos de aluguel e suas igrejas.

  2. Bom, sendo assim, com certeza

    Bom, sendo assim, com certeza esse tal feliciano ganhará mais uns 100.000 votos da sua base evangélica: hipocrisia é pouco. E agora ministério público, vai ou não vai? Mais um religioso de meia pataca. Criminoso, isto sim. Pobre país.

  3. Há muitos vão para o inferno

    Há muitos vão para o inferno com a biblia na mão,

     

    Desconfio dessa gente que quer apontar o dedo para os outros cuidando de sua vida pessoal como se fossem impolutos e extremamente virtuosos, alguns são “homens de Deus” (como se qualquer pecado desse mundo tambem não o fosse), mas a carne é fraca, não?????

    A fila para entrar no inferno com a biblia na mão só cresce…………..

     

     

  4. Quando vejo a Recor tão

    Quando vejo a Recor tão empenhada em aumentar o grau das divulgações quando o tema é padre pedófilo, nunca tive dúvidas de que existem milhares de patores e bispos pedófilos do mesmo jeito. A diferença é que entre essa cambada de neo-pentecostais, que não tem nenhum compromisso com Deus, com igreja, mas somente com roubalheira, e imoralidades várias, sobretudo por enriquecerem com dinheiro de gente humilde, incauta, enfim, são uma máfia da menitra, da safadeza, da iniquidade, da exploração humana, e por isso, se alguém se disser vítima de qualquer coisa que possa mexer com a soberania desses vagabundos, logo os mafiosos entram em cena para liberar a vítima pelo suborno, com ameaças, ao mesmo tempo em que libera o algoz, por saber que prendê-lo desmoralizaria toda a igreja, ou igrjas, porque esse negócio se expande como família de coelhos.

    Sempre soubemos que entre esses canalhas o que mais existe são violências de todo tipo contra as famílias, que depois se calam, ameaçadas até de morte, se não calarem. 

    Tomara que essa moça tenha a digidade de levar adiante essa mosntruosidade, até pra que a gente se livre, de uma vez por todas, de ver a cara do cafajeste na televisão todos os dias, vendendo a falsa imagem de um homem probo, como representante do povo.

    • Pelo menos a Igreja Católica está sendo dura com a Pedofilia dos

      Pelo menos a Igreja Católica está sendo dura com a Pedofilia dos padres com o Papa Francisco. Com o novo chico, escreveu não leu, pau comeu, são padres bispos e cardeais que estão sendo enquadrados.

      Nunca pensei que ia admirar tanto um argentino, mas que se vai fazer, nem o Francisco é perfeito, nasceu na Argentina!

  5. Ruy Guerra deveria fazer uma

    Ruy Guerra deveria fazer uma nova filmagem de Os Cafajestes.Na falta de Jece Valadão,esse pastor de araque o substituiria com a mais absoluta  perfeição.

  6. Mais um hipócrita que se vai!

    O problema é que estes “pastores”, que são mais lobos do que pastores utilizam da religiosidade das pessoas para ficarem incógnitos.

    Safado e Hipócrita.

  7. Alvissseras mestre Janio de

    Alvissseras mestre Janio de Freitas.Brasil,o país da hiprocrisia.Eu apenas acresentaria,um esgoto a ceu aberto.Aquele troglodita da saúde,devia instituir uma Lei para toda a população só sair às ruas,com uma mascara a tapar o nariz.Já até abordei esse assunto.O ar é irrespiravel.

  8. Mais do mesmo.

    Mas nunca é demais escancarar a hipocrisia desses pulhas.

    O povão consome com muito maior avidez histórias picantes sobre crentes safados que análises sofisticadas sobre implicações institucionais.

    Dessa vez o Feliciano caiu na malha fina de uma desmoralização que pode lhe ser eleitoralmente devastadora.

    Agora, o engraçado mesmo é ver como o poder torna tão despudorados os medíocres.

  9. “Me levou a fazer coisas à

    “Me levou a fazer coisas à força – tenho a prova disso. Dentro da casa dele.”

    Fazer coisas à força é estupro: 

    De acordo com o Código Penal Brasileiro em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), estupro é: constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Estupro_na_legisla%C3%A7%C3%A3o_br

  10. Há um áudio mais

    Há um áudio mais longo:

     http://www.4shared.com/music/ESQjjZUice/FELICIANO.html

    Por volta do minuto 35, provocada pelo chefe de gabinete de Feliciano, a menina fala expressamente em relações sexuais não consentidas. Faz questão de deixar claro: “Não foi consensual!”

    O tal pastor assessor praticamente exige o perdão da vítima e ainda coloca o partido à disposição. Disposição de mais pressão, deve ser. No final ainda diz que o verdadeiro perigo são os muçulmanos. 

    Bem estranho o funcionamento da confissão dentro do PSC e dessa igreja.

    • Viva Feliciano o escambau!!Se

      Viva Feliciano o escambau!!Se está do lado dele é tão corrupto quanto o pastor! Vá morrer pra lá, jacaré!E não esqueça de doar o seu carro e a senha do seu cartão de crédito pra igreja dele, trouxa!

       

    • Típica e comum

      Típica e comum reação de quem é vitima e logo após sofre ameaças ou ouve promessas de receber dinheiro, muito dinheiro,  para “desdizer” o que disse.

      Ou então, a vítima, aconselhada por uma infinidade de “pastores”, sopesou o risco/ganho de levar essa denúncia adiante, em relação a si mesma, ao “ministério” do qual ela faz parte, (a organização religiosa fundada pelo Feliciano, denominada “Catedral da Fé”) seu futuro no partido PSC e na política, etc, optando, por fim, em desmentir a sua primeira versão que, ao que tudo indica, é VERDADEIRA.

      O diabo é que as provas que ela mesmo disse que são irrefutáveis, já vazaram para os ditos jornalistas da “esquerda”,(se é que a Folha de São Paulo, primeiro a noticiar os fatos,  possa ser chamada de um veículo de mídia de esquerda)  e os mesmos não deixarão isso barato. Cabe à Polícia investigar com todo o rigor, visto que se trata de ação pública INCONDICIONADA, que independe da vontade da vítima em querer noticiar à Polícia aquilo que é público ou de “retirar a queixa”

      • Yo no creo en brujas

        Mas irei de cabeça pra baixo direto pro inferno – vou encontrar as bruxinhas assanhada, por supuesto -, por acreditar que ocorreram, certamente, ameaças e subornos.

        Antes, quero passar por uma sessão de desencapetamento total no bordel mais próximo.

        Fui!

         

  11. Hora de rever crenças e convicções

    Às vezes é necessário quebrar a cara para descobrirmos os lobos em pele de cordeiro entre “nossos amigos”.

    Uma vez descoberto, é hora de reavaliarmos conceitos.

    A Câmara dos Deputados não é, em hipótese alguma, a “cama dos deputados”.

     

  12. Essa estória ainda pode ter

    Essa estória ainda pode ter muita ida e vinda. Reafirmações, desmentidos, outras pessoas envolvidas, tentativas de desmoralização de testemunhas – sabe-se lá. Mas não pode surpreender ninguem um pouco informado, pouquinho. Aliás, a igreja do pastor Feliciano é pródiga em casos como o dele. Nos Estados Unidos, a Assembléia de Deus é povoada por casos assim- Jimmy Swagart e Jim. Baker foram os mais famosos. Qualquer um de nós que tenha conhecido de perto pastores (e padres, nao esquecamos) sabe que, de fato, a carne é fraca, fraquissima. Pastores adoram carne de ovelha – variada e farta. E a autoridade do posto ou cargo facilita a refeição – o crime do Padre Amaro ficou célebre, mas não evitou sua repetição.

  13. Raça de víboras (Mt 12:34)

    Era questão de tempo para que viesse a público a miséria moral que esses pastores praticam na vida privada. Felicianos, Malafaias e Cunhas não diferem em nada dos padres do Santo Ofício da Inquisição. Ou dos fariseus hipócritas, mencionados no Novo Testamento.

    Conheço a história de muitos pastores de comunidades pobres que de fato se desdobram e dão a vida pelos fiéis de suas igrejas. Dão apoio moral e espiritual, e ajuda material, sempre que necessário. Mas não reconheço autoridade moral nos multimilionários pastores dessas igrejas da “prosperidade”, que pregam o Reino dos Céus, mas pilham o dinheiro dos que tem menos – nos púlpitos e na vida parlamentar – para viver em abundância, no Reino da Terra. Esses não são cristãos, nem crentes. Duvido que acreditem em Deus.

    Quantos da bancada da bíblia no Congresso estão lá para defender os desvalidos e que não têm voz, como Jesus fez quando viveu no mundo? Só querem saber de grana, isenção de impostos para templos. São capazes até de invocar o demônio se alguém ousar falar em IR sobre os rendimentos dos pastores.

  14. Vixe, e a tropa envangelica

    Vixe, e a tropa envangelica ja se mobilizou para defender o monstro.

     

    Socorro!!!!! Parem o mundo que eu quero descer

  15. Santos?!

    Feliciano, Patrícia Lélis e o assessor Talma Bauer…

    Ninguém é santo nessa história, nem ela, que admite a vontade de ir para a delegacia e que depois de bem recompensada, grava vídeos negando os fatos e a gravação!

    A todo momento ela reforçando que não foi para a delegacia porque ama a igreja… Ela deveria amar as garotas e garotos que ainda podem ser vítimas do Feliciano!!!

  16. O pastor é um safado e

    O pastor é um safado e hipócrita mas essa moça é uma idiota. Onde está escrito no evangelho que mulheres podem ser assediadas/estrupradas e não denunciar em nome da religião? Ela, que parece uma jovem bem informada, com essa atitude só contribui para manter impunes esses bandidos agressores de mulheres.

    Eu ouvi a conversa original gravada e quando o assessor diz a ela que o perigo não são os deslizes praticados pela sua seita ( cita a venda de souviners a 100 reais) mas os barbudinhos terroristas mulçumanos, ela não o contradiz.  Incitação ao preconceito e violência religiosa pode, garota? 

    Cadê o ministério público? Esta se formando um movimento contra os mulçumanos no Brasil, incentivado e muito, por esse governo golpista que inventou terroristas para desviar a atenção dos problemas reais do país. Domingo na Paulista tinha cretinos discursando contra os mulçumanos e agora dá pra ver o uso político que vendilhões do templo  que compõe algumas seitas religiosas estão fazendo em cima disso.

    Onde é que o Brasil se perdeu dessa forma?

  17. Pintinho

    Segundo testemunho da menina, vítima da tentativa de estupro por Feliciano, o problema dele não tem reza que dê jeito.

  18. O PSC, Partido Social

    O PSC, Partido Social Cristão, não é nem social (quem pode se esquecer do privatismo de seu candidato Everaldo Pereira?) e menos ainda cristão: não me lembro do patrono dessa religião, Jesus de Nazaré, dizer nada a respeito de estar certo estuprar vulneráveis e menos ainda de enriquecer materialmente falando. Aliás esse Everaldo, como Feliciano,  também tem histórico de agressão física a mulheres. Lembrando agora… qual era a “igreja” do candidato a promotor Douglas Kirshner?

    Os verdadeiramente cristãos evangélicos tem que tomar mais cuidado antes de aceitarem qualquer um como pastor… correm o risco de acabarem taxados como cúmplices.

  19. Eu me pergunto:

    Qual foi o “cala boca”?

    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2016/08/04/interna_politica,790994/audio-revela-conversa-entre-estudante-e-chefe-de-gabinete-de-marco-fel.shtml

    <iframe width=”750″ height=”500″ src=”https://www.youtube.com/embed/KKwoblgoxoY” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

    <iframe width=”750″ height=”500″ src=”https://www.youtube.com/embed/530qFmRRXPU” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>

  20. Se não se precaver

    essa moça vai acabar “desaparecendo”! Essa bandidagem estelionatária disfarçada de “pastor” não brinca em serviço.

  21. Caio Fábio já denunciou que Feliciano assediava as meninas

     

    No vídeo abaixo, o ex-pastor Caio Fabio diz que só conhecia Marcos Feliciano por causa dos assedios que ele cometia na igreja que havia sido denunciado por uma cantora gospel. Ou seja, dentro da igreja, possivelmente os casos de assédio são abafados com o argumento religioso do perdão ao pastor que sendo “homem” não soube resistir à beleza feminina ( ainda tenta culpar a mulher por ser bonita) e cedeu às vontades do diabo.

    https://www.youtube.com/watch?v=TfpOcGCHIFc

  22. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome