Bolsonaro trava reforma ministerial, após Baleia Rossi conquistar novos apoios

Com o avanço do bloco de Maia, Bolsonaro decidiu seguir o conselho de assessores palacianos e interrompeu as negociações sobre cargos de ministros, iniciadas do final do ano passado com o centrão

FOTO: MARCOS CORRÊA/PR

Jornal GGN – Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu interromper as negociações com os partidos do centrão para uma reforma ministerial, após o deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP) obter novos apoios nesta segunda-feira, 4, na disputa pela presidência da Câmara, informou a Folha de S. Paulo.

Ontem, a bancada do Partido dos Trabalhadores anunciou, após reunião por videoconferência, que formou aliança pelo candidato do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Outras legendas da oposição, como PDT, PSB, PC do B e Rede também irão apoiar Baleia. 

Com isso, o candidato de Maia conta com o apoio de, pelo menos, 278 parlamentares. Já o líder do centrão e parlamentar apoiado por Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL), tem alianças de siglas que totalizam 206 deputados. Para vencer a eleição, que ocorrerá no início de fevereiro, é necessário ter o mínimo de 257 votos.

De acordo com a reportagem, com o avanço do bloco de Maia, Bolsonaro decidiu seguir o conselho de assessores palacianos, sobretudo da cúpula militar, de interromper negociações sobre cargos de ministros, iniciadas do final do ano passado com o centrão, até que Lira conquiste mais apoios, o que esperam que ocorra até o final de janeiro.

No entanto, caso ocorra uma vitória de Baleia, o mapa de cargos articulado até o momento terá de ser refeito, já que Bolsonaro será obrigado a negociar espaço com o MDB para garantir a votação de pautas de interesse do governo. 

Fontes afirmaram que integrantes do centrão levaram ao Planalto uma lista com cerca de 500 cargos. A ideia é que os postos fossem oferecidos a partidos indecisos para assegurar apoio ao candidato de Bolsonaro.

Mesmo assim, a estratégia é que Bolsonaro siga declarando apoio público a Lira, mas que a articulação política mantenha, em caráter reservado, contato com Baleia, que tem sido feita pelo ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, que tem uma boa relação com o deputado. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora