Panelas voltaram a bater após saída de Teich

Na Zona Oeste de São Paulo, chegou-se a ouvir gritos de “Fora Bolsonaro” e “Assassino”; também foram registrados protestos no Rio e em Brasília

Nelson Teich, agora ex-ministro da Saúde. Foto: Reprodução

Jornal GGN – Assim como na saída de Luiz Henrique Mandetta, ocorreu panelaço em bairros da cidade de São Paulo após o anúncio da demissão de Nelson Teich do Ministério da Saúde.

Era possível ouvir gritos de “Assassino” e “Fora Bolsonaro” em bairros como Perdizes, na zona oeste da capital paulista, mas também foram registrados panelaços em outros bairros da zona oeste e na região central de São Paulo.

Também ocorreram panelaços no Rio de Janeiro – segundo informações do jornal O Globo, os protestos ocorreram no Cachambi, na Zona Norte, e em Laranjeiras, Glória, Humaitá e Jardim Botânico, na Zona Sul. Em Copacabana, houve gritos de ordem contra o presidente Jair Bolsonaro. Em Brasília, houve manifestações na Asa Norte.

Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia de coronavírus. Da mesma forma que aconteceu com Mandetta, Teich mostrou discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas adotadas para o combate ao coronavírus.

 

Leia Também
Nelson Teich pede demissão do Ministério da Saúde
Indígenas morrem com coronavírus em barcos, antes de chegar aos hospitais
Médicos com patrocínio político e planos de saúde promovem uso da cloroquina
A vida pregressa de Sergio Moro: Banestado, Mensalão, Lava Jato, governo Bolsonaro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Não é bom momento para reabrir, alerta representante da OMS ao Brasil

1 comentário

  1. Responda rápido ou quiz:

    Você investiria num país sem rumo, sem norte, sem programa de governo, independente de pandemia, em que tudo dependente de uma vontade divina ?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome