No Rio, MP investiga denúncias de milicianos e religiosos na eleição para conselhos tutelares

De acordo com o MP, esses grupos querem os conselhos tutelares como preparação para futuros quadros para as próximas eleições.

Reprodução GloboNews

Jornal GGN – O Ministério Público do Rio de Janeiro investiga a atuação de milicianos e grupos religiosos que estariam de olho nos conselhos tutelares. De acordo com reclamações recebidas, um candidato apoiado por um vereador estaria oferecendo cestas básicas em troca de votos, na Zona Norte do Rio.

De acordo com o MP, esses grupos querem os conselhos tutelares como preparação para futuros quadros para as próximas eleições.

“Nós recebemos a denúncia, vamos ao local, ouvimos as testemunhas e se tiver indício de que há violação quanto ao equilíbrio do pleito, nós podemos pedir a impugnação do mandado”, disse Rosana Cipriano, promotora de Justiça da 1º Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Infância e da Juventude do MP.

Esses grupos estão mirando os conselhos tutelares pois ali são tomadas decisões importantes, e acabam por servir de trampolim para outros cargos eletivos, como vereador.

“Não pode ser tolerado o ingresso de milicianos e de poder paralelo, o abuso de poder político e religioso. O estado é laico e temos que entender que deve se conferir igualdade de chances aos candidatos que estão na disputa”, disse a procuradora.

Conselheiros tutelares defendem os direitos da criança e do adolescente atuando sempre que houver uma ameaça ou em casos de violência física, psicológica ou abuso sexual. Eles também são responsáveis por pedir serviços de saúde, assistência social e educação. O trabalho não é voluntário, existe remuneração.

Depois que o Congresso Nacional alterou o estatuto da criança e do adolescente, os conselheiros podem se candidatar à reeleição quantas vezes quiserem. Os Conselhos são compostos por cinco integrantes e cinco suplentes, sempre moradores do local.

Leia também:  Qual a importância do Centro Paulo Freire? Fomos à Normandia para entender

Com informações da GloboNews.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

3 comentários

  1. Essa é uma eleição pra inglês ver….

    Deveriam ser indicados……por um conselho popular ligado a proteção da criança e do adolescente….isso aí já acontece há muito tempo….

  2. O que fiz hoje?
    ¤ Levantei os candidatos;
    ¤ Me informei sobre eles com pessoas de confiança;
    ¤ Excluí candidatos claramente ligados a grupos como estes do artigo.
    ¤ Identifiquei meu local de votação e já separei a minha documentação;
    ¤ Passei para meus grupos info sobre esta votacao, assim como as preocupações e alerras manifestadas neste artigo.

    É o que dá pra fazer…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome