Nunca vi Brasil descer tão baixo, diz analista político português sobre votação do impeachment

Enviado por Luiza

Do blog do Esmael Moraes

Pós-golpe: mundo chocado com “Câmara de Bandidos” no Brasil

A imprensa mundial está chocada com o golpe comandado no último domingo (17) por uma “Câmara de Bandidos”, segundo definição do analista político português Miguel Sousa Tavares.

Ao telejornal Expresso, na SIC, Tavares afirmou que foi uma “assembleia geral de bandidos, comandada por um bandido chamado Eduardo Cunha”. Assista ao vídeo:

“Fazendo uma destituição de um presidente sem qualquer base jurídica nem constitucional. Constitui uma falta de dignidade, uma bandalheira”.

Miguel Sousa Tavares chocado com o show de horrores relatou: “Elogiaram o coronel Ultra, que torturou o marido de Dilma na frente dela”.

O comentarista que acompanha a política brasileira desde a eleição indireta de Tancredo Neves, em 1985, testemunha estarrecido: “Nunca vi o Brasil descer tão baixo”.

Ainda de acordo com ele, a situação brasileira é campo fértil para um golpe militar.

O analista político prevê um período de retrocesso depois de vários anos de Lula.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fim do Farmácia Popular pode elevar custos da Saúde

20 comentários

  1. Estão alisando pro restante,
    Estão alisando pro restante, um senado de bandidos, um judiciário de bandidos, uma mídia de bandidos, uma classe média e uma elite de bandidos.

  2. STF e Senado vã endossar?

    O STF e o Senado vão endossar a execração pública do Brasil?

    Em último caso será a execração publica de órgão tambem, eles vão pernitir?

     

  3.  
    A foto acima é bem

     

    A foto acima é bem reveladora da má vontade da imprensa brasileira com as autoridades que cuidam do sistema prisional brasileiro. Sempre acusando os governantes de não oferecer condições dígnas ao aprisionado. As unidades do sistema são consideradas insalubres, desumanas, e superlotadas.

    Não é bem isso que observamos na foto acima. Ali vemos registrado, imagem de bandidos bem vestidos, alegres, e, comemorando o aniversário do seu chefe de porta de cadeia, o senhor  Eduardo Cunha. A mesma efeméride, comemora a posse do próximo presidente Temer X9, o primeiro traidor aceito pela categoria como seu representante legal.

    Sendo este, considerado fruto de um trabalho elogiável do pessoal do Comando Vermelho e do PCC, com o apoio do governador da Opus Dei  e seus amigos da Casa Grande, Geraldinho Beiramar, digo, GrerallllldddôôÕ Alckmin.

    Orlando

  4. Escória

    Os que tramaram o Golpe, os que o executaram, todos os que o apoiaram e os que ainda apoiam são a escória da sociedade brasileira. São o entulho, o lixo, a roda-presa que impedem o desenvolvimento da nação.

    A farsa da votação na Câmara, o impedimento sem crime, representa o assassinato da Constituição Federal. Uma sociedade sem leis está sob o jugo dos mais fortes. É o horror. É a barbárie.

    Nós, os que por nossos atos honramos a lei, a bandeira nacional, o brasão da República e todos os símbolos da Pátria, lutaremos e venceremos. A luta só começou e será longa, mas venceremos o mal, o ódio e a corrupção dos ousaram roubar o Brasil dos brasileiros.

  5. Novos Corsários

    Tenho um pensamento à respeito da maneira de atuação geopolítica do império. São os novos corsários. Através de offshores, institutos, ongs e uma certa sociedade obscura de origem inglesa se recriou uma figura extremamente atuante em vários golpes de estado para perpetrar a subserviências de países.

    Análogos aos originais piratas da rainha que foram extintos no século XIX  tem o mesmo propósito e proteção jurídica desde que dividam seus saques com o império.

    Os representantes brasileiros saíram do armário em 1964 e 2016. O combate permanente à eles é o caminho da soberania. Acredito que o passo inicial nesta direção é acabar com os paraísos fiscais ou reduzir sua atuação assim como o financiamento privado de campanhas políticas. Todo banco que possuir agência em paraisos fiscais deveria ser impedido de atuar no país. Não permitir que as polícias sejam doutrinadas pelo império e muito menos os do poder judiciário.

    Foi o grande erro da esquerda brasileira.

     

  6. Não sei porque tanto espanto

    Não sei porque tanto espanto com a eleição da câmara

    Ela pode ser o retrato fiel do Brasil e dos brasileiros neste incio de século, nem todos claro

    Nunca fomos uma nação fraterna e muito menos conciliadora, sempre existiu a busca pelo poder e a destituição dos governos que fizerem pouco pelos pobres e miseráveis desse país, a exemplo do governo trabalhista do getulio, do reformista jango e do social do Lula/dilma…

    A Câmara é esse reflexo da busca pelo poder financeiro de uma elite em detrimento do povo, do meio ambiente e da própria economia, pois o PSDB nunca esquece dos seus…

    O mal do governo dilma foi não mover uma palha pra ajudar esses escroques quando as denúncias sobre corrupção começaram a pipocar e não fazer como o governo FHC fazia, jogando tudo pra debaixo do tapete com a juda do judiciário e da mídia, este dois grupos que hoje denunciam a corrupção generalizada de um único partido

    As pessoas que vão pra rua pedir a intervenção militar, apoiar o bolsonaro e pedir o impeachment da Dilma por meio do ladrão cunha não são brasileiros, são aquilo que manteve o Brasil na escuridão durante todos os anos de chumbo e da “abertura” democrática que a sucedeu, abertura que nunca houve de fato, com o risco de ser encerrada prematuramente…

    A câmara representa essas pessoas, e não adianta dizer que não, são todos cunha, todos bolsonaro, todos marcham pela família com deus e com a bênção da rede globo…

  7. o mac overseas, contas na

    o mac overseas, contas na suiça e o escambau, o nosso famigerado

    macunha, mancomuna-se, conluia-se, com a globo e

    a república morocrática de curitiba com seu capanga michel temer

    e dão um golpe de estado através de uma gangue dirigida por eles…

    roubam o texto de brecht, a ópera dos tres vinténs e da ópera do malandro, de chico buarque,

    e encenam uma peça trágica…

    copiaram quase tudo, nada criativos, tudo em famiglia….

    tudo farscista….

    e assim a gangue de bandidos e facínoras tomou o poder

    no maior deboche da nossa história…

    e ainda riem de nós!!!!

    essas hienas….

     

  8. Concordo, e ele nem teve a chance de assistir a uma sessão

    do judiciário com um dos típicos discursos raivosos do Gilmar Mendes. Nunca fomos uma democracia de fato, aqui qualquer juiz do interior acha que é “doto” e merece reverência. Já éramos uma republiqueta, mas agora somos só uma piada triste.

  9. O show não pode parar
    Operadores do Direito – MP e Judiciário – e imprensa são os dois atores principais do caos político e econômico verificados.
    A classe política e o financiamento de campanha são o mote. Mas tudo poderia ter sido resolvido sem circo, sem palco, sem heróis. O problema é que as TVs e os jornais ofereceram e patrocinaram esse palco dos horrores.
    Repare que os grandes protagonistas dos programas de TV hoje no Brasil são figuras do Judiciário e MP, bem como “especialistas” políticos (eleitos pelos patrões).
    Deu nisso!
    E vai piorar.
    Não é possível aceitar um traidor e conspirador ao lado de um bandido comandando um bando de corruptos na Câmara Federal.

  10. Grandes Sertoes

    Antonio Conselheiro fundou uma comunidade de miseraveis que progrediam atraves de trabalho coletivo um dia viu que precisava de um templo maior para reunir seus liderados , foi ao municipio vizinho comprou e pagou uma quantidade consideravel de madeira , um juiz local proibiu que a mercadoria fosse entregue , começou assim a guerra de canudos , para o resto dos brasileiros Conselheiro e sua gente queriam a volta da monarquia .

    Ouvindo conversas por locais publicos a maioria pensa que o g5overno esta caindo por corrupçao , mostrando bem o otimo trabalho de manipulaçao feito pela midia e a omissao do STF 

    Nossa justiça e nossa imprensa sempre agiram dessa forma  .

    • …um juiz local proibiu que

      …um juiz local proibiu que a mercadoria fosse entregue 

      Ao que parece o juiz local fez uma petição por segurança ao governador em função de um boato. A forma de atendimento a esse pedido é que provocou a série de acontecimentos. Ou seja, o juiz não foi o provocador da situação, mas um elo na sequência de eventos.

      “Em Juazeiro, às margens do Rio São Francisco, à noroeste de Canudos, corriam rumores de que, por causa do atraso de um carregamento de madeira encomendada para a construção de uma nova igreja no arraial, os conselheiristas preparavam uma invasão da cidade. Começou, então, a guerra, a princípio como um equívoco.

      Assustada com o boato, a população pressionou o juiz local a notificar o fato ao governador do Estado, Luís Vianna, que resolveu enviar a Canudos uma expedição punitiva, composta por 104 homens, sob o comando do tenente Pires Ferreira.”

      http://www.passeiweb.com/estudos/sala_de_aula/historia/a_guerra_de_canudos

       

  11. Uma no cravo, outra na ferradura

    Bastaram 24 horas após o deprimente karaokê das blasfêmias na Câmara dos deputados para os coxinhas perceberem que deram tiro nos próprios cascos e ferraduras. 
    Forte repercussão negativa do golpe parlamentar na imprensa internacional mostra que muitos estrangeiros de bem passaram a ver os brasileiros com desconfiança e desprezo. Muita gente não vai mais admitir a contratação de brasileiros nem para lavar privadas. E tome chacota! 

  12. Seguindo o rito

    Por que tanta bronca? Os trâmites legais estão sendo todos respeitados. Os deputados exerceram o seu digno trabalho, votando cada um com sua consciência. O mesmo acontecerá no Senado Federal, obedecendo e seguindo as normas constitucionais. Por que a bronca?

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome