Allan dos Santos conseguiu infiltrar pessoa no STF

Mensagens obtidas pela PF apontam uso de ex-estagiária do ministro Ricardo Lewandowski como informante de bolsonarista

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos contou com a ajuda de Tatiana Garcia Bressan, ex-estagiária do ministro Ricardo Lewandowski, como informante dentro do Supremo Tribunal Federal (STF), como mostram mensagens obtidas pela Polícia Federal.

A revelação foi feita pelo jornal Folha de São Paulo, a partir de material obtido por meio da quebra de sigilo telefônico em relatório da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado da PF, e que foram anexadas ao inquérito das fake news, de relatoria de Alexandre de Moraes – e que determinou o depoimento de Tatiana à PF.

Clique aqui e veja como colaborar com o jornalismo independente do GGN

As conversas ocorreram de outubro de 2018 a março de 2020. No primeiro diálogo, Tatiana entrou em contato com Allan, quando afirmou que estava alocada no gabinete de Lewandowski e mostrou interesse em trabalhar na equipe da deputada Bia Kicis (PSL).

De acordo com o relatório, a informação “naturalmente desperta o interesse de Allan”, que pediu a colaboração de Tatiana “como nossa informante lá”, no que a estagiária responde que “será uma honra”.

Tatiana estagiou no gabinete de Lewandowski de julho de 2017 a janeiro de 2019 – portanto, ela saiu do STF antes da abertura dos inquéritos contra Allan dos Santos, em março, por conta dos sucessivos ataques do blogueiro à corte e pela disseminação de fake news, como fundador do site Terça Livre.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome