58 milhões de eleitores votaram em Bolsonaro, 89 milhões, não

Jair Bolsonaro venceu as eleições com respaldo de 39,2% dos eleitores aptos a votar / Agência Brasil

Jair Bolsonaro venceu as eleições com respaldo de 39,2% dos eleitores aptos a votar - Créditos: Agência Brasil

do Brasil de Fato

58 milhões de eleitores votaram em Bolsonaro, 89 milhões, não

Número de anulações cresceu 60% em relação ao segundo turno de 2014, quando Dilma (PT) foi eleita presidenta

Brasil de Fato | São Paulo

Dos 147,3 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições 2018, 57,8 milhões escolheram Jair Bolsonaro (PSL) – cerca de 39,2%. Isso significa que 89 milhões, ou 61,8%, não aderiram à candidatura eleita neste domingo (28).

O percentual de votos nulos quebrou um recorde que se mantinha desde o pleito de 1989: 7,4%, um aumento de 60% em relação ao 2º turno entre Aécio Neves (PSDB) e Dilma Roussef (PT), em 2014. O estado que registrou maior número de anulações em 2018 foi Minas Gerais: 10,6%.

Os votos brancos somaram 2,4 milhões, ou 2,1%. Ao todo, 31,3 milhões não compareceram às urnas, o equivalente a 21,3% total de eleitores.

Na reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em 2006, foi registrado o menor índice desde a redemocratização – 16,8% do eleitorado.

O total de brancos e nulos nas eleições de ontem superou os 11 milhões, o equivalente à população de Portugal.

 

Edição: Daniel Giovanaz

 

 

 

11 comentários

  1. Estatisticas…

    Penso um pouco diferente. 30% dos eleitores se abstiveram, quer nao indo, quer anulando/branqueando o voto.

    Haddad teve 10 milhões de votos a menos que o outro. Apesar da maçica campanha da TV contra ele (“pt é o maior corrupto”), apesar da maçica campanha do whatsapp mentindo sobre ele (“kit gay”, “mamadeira erótica”, outros que não vale a pena nem repetir). Apesar do TSE negar tudo contra o PT e aceitar quase tudo da campanha do outro.

    É uma força enorme.

    Uma pena que, uma vez no governo, não soube usar essa força. Não indicou UM que prestasse ao STF, instaurou em nome de um republicanismo ingênuo inimigos na PGR, não puxou pro STF a investigação parcialissima de Sergio Moro e sua farsa a jato, não trocou toda a equipe de procuradores NO PRIMEIRO VAZAMENTO, e nem vou falar do “mensalão”… imagino que se tivesse encampado o combate a corrupção durante a Satigraha, ao invés de desterrar Paulo Lacerda e abandonar Protogenes, a coisa podia estar BEM diferente.

    Lula deveria ter pedido exílio, pois sempre esteve claro que não o deixariam concorrer. E agora irá morrer na cadeia, como dizem seus detratores do partido do judiciário (e o novo “presidente”)

     

  2. Dois pesos e duas medidas

    Deixa eu entender: quando essa mesma conta foi feita nas duas vitórias da Dilma houve uma saraivada de reclamações e execrações por parte do Blog, afinal era um questinamento contra a vitória Dela, que todos sabemos era uma ungida por Ele.

    Ninguém aceitava que a vitória fosse diminuída. A regra é simples: quem tem mais votos válidos ganha ! 

    Por que agora com o Bolsonaro essa conta vale?

    Como já escrevi várias vezes, não há honra nenhuma na derrota, ainda mais contra quem foi.

    Querem saber porque perderam? Foi porque o ego do Lula foi maior que a capacidade cognitiva da seita.

    A candidatura Haddad, ou qualquer outra do PT era natimorta ! O próprio presidente eleito torcia para enfrentar o PT no segundo turno, era o adversário mais fácil !

    “Ahh, mas havia de largada 30% de intenção de votos”. Parafraseando o Cid Gomes “30% dos votos não ganha eleição babaca! Nem 45% dos votos como o que ocorreu! Precisa ter mais de 50%.

    Minha única alegria nessa avalanche é que o resposnável direto por isso, o real criador, ficará mofando em Curitiba por mais alguns anos. Assim poderá refletir sobre a burrice sem tamanho que ele arquitetou. Podem levar mais roupas pra carceragem porque vai precisar, especialmente quando acabar a mamata de “cela de Estado” e o novo endereço for alguma penitenciária.

    Podem culpar a Globo, a mídia, o Moro, a Maçonaria, os Illuminati, quem quiserem. Podem ficar 4 anos escrevendo artigos para justificar o injustificável. Podem fazer vários artigos da série “Xadrez” Enquanto a lição não for aprendida só terá derrota. Se tiver muitas derrotas corre-se o risco de ser varrido do mapa pelos eleitores.

    Façam autocrítica enquanto ainda dá tempo!

    Desçam do pedestal de arrogância enquanto dá tempo !

    • Pessoal do blog, Nassifpeço

      Pessoal do blog, Nassif

      peço urgentemente a inclusão de funcionalidade que permita a cada um de nós bloquear comentaristas e assuntos nos nossos acessos ao blog.
      todo mundo continuaria a publicar o que quisesse.
      mas eu poderia bloquear no meu acesso o tema “lula culpado”, por exemplo.

      o new york times parece ter uma ferramenta assim
      o instagram tem
      e há alguns apps que integram essa função a diversos outros aplicativos que aceitam comentários

      essa funcionalidade busca diminuir a toxicidade dos ambientes de comentários que de outra forma se torna intragável
      e parece estar funcionando, impedindo, quem quiser de passar por 20 comentários semanticamente repetitivos em cada post

      posso buscar mais detalhes mas acho que o pessoal técnico do blog vai saber, ou já sabe, do que eu estou falando

      a sua liberdade de expressão não leva a uma obrigação de audição

      é um tipo de “fala, mas eu não te escuto”, “fala, mas me faz mal te escutar”

      no caso concreto aqui, eu não desejo ir para os comentários e passar 4 anos lendo “hegemonia do pt”, petistas fanáticos”, etc.

      especialmente de quem se diz de esquerda, mas usa a mesma estrutura de comentários dos bolsominions

      • Sugestão de filtro

        Quando a funcionalidade estiver no ar, peça para não ver os seguintes filtros:

        * Verdades doloridas

        * Verdades inconvenientes

        * Lula não é deus

        * Lula também erra

        * PT não tem o monopólio da esquerda

        * O ego é maior que o cérebro

        * O Lula está preso babaca

        * Perdemos para o Bolsonaro 

         

        Viva a diversidade de opiniões !

        Abraço

         

        • Posso ser chamado de babaca
          Posso ser chamado de babaca nesse espaço que frequento desde o início?
          Solicito providências aos moderadores para que essa história por aqui.

          Nunca precisei de algo assim, mas há uma orientação para evitar esse contato virtual?

          Célio, podemos pelo menos concordar em não nos dirigimos um ao outro?

          Paz, amigo.

          Mas diferença de opiniões, liberdade de expressão é uma coisa, telemarketing, é outra.

          Paz!

      • Sugestão de filtros II

        Outro item importante seria priorizar os comentários que vc se identifica, assim você só irá ler o que gosta e acredita. Semelhante à função “Ver primeiro” do Facebook

        Por exemplo:

        * Lula deus

        * Dirceu guerreiro do povo brasileiro

        * Dilma super gerente

        * Dilma rainha do raciocínio lógico falando de improviso

        * Foi golpe

        * Vai ter mortadela

        * Bolsonaro feio

        * Bolsonaro malvado

        * Bolsonaro cocozento

         

         

  3. Quantos votos o bolsonaro não

    Quantos votos o bolsonaro não teve não tem a menor imprtância.

    O que imprta é que ele teve votos suficientes para se eleger e é o novo presidente, o resto é conversa fiada.

    Entretanto, penso que este resultado se deve PRINCIPALMENTE  a atuação do TSE e STF.

    O partido do judiciário foi quem FRAUDOU E DECIDIU eleição.

    O partido do judiciário capitaneado pela lava jato É O RESPONSÁVEL pela ascenção do fascismo no Brasil.

    Todo o sangue que correr deverá ser creditado na conta do judiciário.

    A desgraça econômica que virá deverá ser creditada na conta do judiciário.

    Descobrimos em 2018 que um partido sem NENHUM VOTO tem o poder de decidir uma eleição.

    Isto é extremamente lamentável, triste e incrivelmente anti democrático..

     

    • O judiciário não comprou

      O judiciário não comprou eleição. Monstronazo ganhou mesmo. Em vez de culpar os outros que é mais fácil poderiam os petistas reconhecer que a forçada candidatura Haddad foi um fiasco. Quem garante que o segundo poste do Lula seria melhor do que o primeiro?

      Ciro Gomes ganhava com folga no 2º turno antes de Haddad, tá certo que rolou uma facada no Monstonazo e isso também piorou as coisas. 

      Agora é hora de refazer a esquerda sem fanatismo, Lula e seu ciclo acabaram.

  4. Os que não votaram fecham com

    Os que não votaram fecham com Bolsonaro: “O estado não serve para nada, mesmo. Cidadania prá que?”

    Dizem isso sem lembrar que o estado sob governo como o de Bolsonaro serve sim mas só para cobrar impostos do cidadão – regressivos (quanto mais ganha menos paga) na fonte e sobre consumo – e repassá-los para os donos e acionistas das empresas privadas. Claro que uma parte do que essas empresas faturam vai para o trabalhador. Mas isso não é problema, sem direitos trabalhistas e sem previdência os trabalhadores ficam com um parte pequenininha do produto de seu trabalho, o grosso fica mesmo com os donos. Sofre o pequeno empresário local, aquele que atende ao trabalhador local, gerentes e suas família. As empresas e as grandes fortunas não precisam pagar impostos.

    E se isso não fosse bastante… desde quando os donos de uma empresa privada contratam para distribuir renda? Se um dono de empresa distribuir renda sua empresa afunda, sua obrigação é concentrar. Já a obrigação do estado, sim, é distribuir. Mas como diz a classe média entorpecida, “O estado não serve para nada, mesmo. Cidadania prá que?”, sem lembrar que o estado sim é público.

  5. conta correta

    Essa conta é de um raciocinio raso incrivel e demonstra que é totalmente tendenciosa. Vamos lá segundo a reportagem existem 147,3 milhões de eleitores. Destes 57,8 milhões votaram em bolsonaro, ou seja 39,23% do total. Logicamente se 39,23% votaram nele, 60,77% não votaram nele, ou seja 89 milhões não votaram no bolsonaro, até aí tudo bem!

    Porem se Haddad teve 47 milhões de votos, ou seja 31,90% do total, e se 31,90% votaram nele, obviamente 68,1% não votaram no Haddad, ou seja 100 milhões de pessoas não votaram, não quiseram, não acreditaram no haddad.

    O resultado portanto é: 89 milhões não quiseram o bolsonaro e 100 milhões não quiseram o haddad.

     

  6. Estamos imitando os

    Estamos imitando os antipetistas com esses argumentos que aliás nada significam.
    Há uma porcentagem pequena de reações ou que espelham o comportamento dos coxinhas quando ganhamos ou que romantizam a situação ao dizer que vamos começar de novo, citando brecht, maiacovisqui, etc.

    Estou amrargo?
    Talvez.

    Mas insisto com o blog: seria fundamental uma funcionalidade que bloqueasse, por escolha de cada particpante, nomes e palavras-temas no acesso de cada um de nós.
    Jornais europeus utilizam isso e diminui, anulando, a utilização de robôs e os comentaristas de uma nota só.
    Por favor.

    Finalmente, acho que devemos cobrar explicações do 247/vox populi.

    Solicitei em comentários lá o que segue.

    “Sérgio Ferreira • em segundos

    (Por favor, aguarde. Este comentário terá de ser aprovado por Brasil 247.)Participei do financiamento coletivo da pesquisa vox no 1º turno.Acho que isso pode ser verificado por vocês pelo meu email.Mas estaria disposto a fornecer meus dados pessoais para comprovar minha participação.Dito isto, acho que o 247 deve abrir uma discussão conosco sobre o resultado que eu considero desastroso da pesquisa da véspera do 2º turno.Minha suspeita, repito, suspeita de que se tratou de uma fake news tá me matando.Se não houve interferência política na pesquisa, a capacidade técnica da vox deve ser discutida.Se houve, como tentativa de “animar” a militância, acho grave.Enfim, acho que deve partir de vocês rapidamente uma avaliação/explicação de resultados tão desconectados da realidade.Até porque, se eventos fortuitos podem influenciar tanto uma pesquisa, que validade científica pode ser garantida para nós que somos os seus patrocinadores?”

    Se alguém concordar com esse protesto, comenta lá cobrando uma explicação.

    E vamos que vamos!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome