Jornal Nacional cobra de Aécio questões éticas e propostas claras

Jornal GGN – A bancada do Jornal Nacional não livrou Aécio Neves de opinar sobre os casos de corrupção envolvendo o PSDB e explicar, mais uma vez, a construção do aeroporto de Cláudio, em Minas Gerais. O equipamento virou alvo de polêmicas desde que a Folha revelou que a obra custou R$ 14 milhões ao Estado e pode beneficiar a família do tucano.

Na noite deste segunda (11), o candidato a presidente teve 15 minutos ao lado de William Bonner e Patrícia Poeta para comentar o noticiário mais quente e abordar seu programa de governo. Quase um terço do tempo foi destinado ao aeroporto.

O âncora do telejornal questinou se Aécio acha “republicano” construir um aeroporto suspeito de favorecer a própria família por, “no mínimo, valorizar as terras” do tio-vô. Não satisfeito com as justificativas, Bonner perguntou, em seguida, se Aécio não sente nenhum “constrangimento” em usar uma obra pública para fins particulares (visitar a fazenda da família). Diante da negativa, já com certo tom de ironia, o jornalista finalizou o assunto indagando se “vale mais uma fazenda com ou sem um aeroporto ao lado”. Aécio afirmou que a fazenda da família é um “pequeno sítio” e negou as acusações de favorecimento.

Antes de falar sobre o aeroporto, Aécio teve de comentar os esquemas de corrupção envolvendo políticos e governos do PSDB em Minas Gerais e São Paulo, como o mensalão e o pagamento de propina a funcionários públicos no chamado “cartel dos trens” (caso Alstom/Siemens). Nessa rodada, Patrícia Poeta perguntou se Aécio não acha que “está passando a mão na cabeça de réus do PSDB” ao manter em seu palanque, por exemplo, Eduardo Azeredo, um dos acusados de se beneficiar do mensalão,.

Leia também:  “PSDB mais à direita pode atrair eleitor de Bolsonaro para a democracia”

Em resposta, Aécio disse que os casos envolvendo o PSDB são “diferentes” dos casos do PT. “No caso do PT, houve condenação pela mais alta Corte brasileira. Estão presos líderes, tesoureiros do partido e pessoas que tinham destaque no governo federal. Em relação ao PSDB ou aqueles [denunciados] sem partidos, se tiverem denúncias consistentes, elas devem ser investigadas, e eles têm de responder por elas”, comentou. O candidato ainda repetiu o seguinte discurso: “O que posso garantir é que se no PSDB alguém for condenado, não será, como foi no PT, tratado como herói, porque isso deseduca.”

Transparência na economia e políticas socias

Na primeira pergunta, Aécio foi confrontado por Bonner sobre as medidas impopulares que afirmou, no início da campanha, que vai tomar para reequilibrar a economia nacional. Diante de centenas de milhares de espectadores do Jornal Nacional, o compromisso discutido com empresário não ficou claro. Ao público, o tucano se limitou a dizer que tomará as medidas “necessárias”.

Bonner denunciou a falta de objetividade na resposta quando Aécio já ia pautando a reforma ministerial com corte do número de pastas pela metade. “[O senhor não disse] se entre essas necessidades se inclui a redução dos gastos públicos e o fim dessa defasagem nas tarifas de energia e gasolina”, rebateu o jornalista.

“No meu governo vai haver previsibilidade em relação a essas tarifas. Ninguém espere do governo Aécio Neves um pacote A, um PAC disso, um PAC daquilo ou um plano mirabolante. Vamos tomar as medidas necessárias. É obvio que vamos viver processo de realinhamento desses preços. Quando e como, obviamente quando tivermos os dados sobre a realidade do governo é que vamos estabelecer”, revidou Aécio.

Leia também:  Pedido de expulsão de Aécio Neves é formalizado por diretório do PSDB em SP

Questionado sobre a manutenção de políticas sociais desenvolvidas nos governos Lula e Dilma Rousseff, Aécio disse que  “a realidade é que administrar é transformar para melhor as boas experiências. (…) Todo mundo, de alguma forma, copia e aprimora. Ninguém tem que ter vergonha disso. O meu governo vai ser renovador no padrão ético, no padrão moral em relação a este governo e certamente vai ampliar essas boas políticas”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

72 comentários

  1. Atenção!!!!

     

     

    Atenção !!!!

    Não se deve confundir a atitude da bancada do JN,  com a boa prática do jornalismo, … com a preocupação com a verdade,….  

     

    A verdade é que a Globo e a Folha de São Paulo estão  a serviço do Serra, …. por isso fazem um ataque conjunto para inviabilizar a candidatura do Aécio. Conseguido esse objetivo, o Serra aparece como o salvador da pátria para as oposições, …. se “sacrificando” pelo país,….  

     

    Mais uma armação da mídia corrupta, em conluio com o, não menos corrupto, psdb.

     

        • Teríamos 1 a menos

          Mesmo que o registro dele não seja aceito, o último dia para registro de candidatura foi 5 de julho.

          Ficaríamos somente com menos 1 candidato a presidente.

          • Vingança

            Eu acho que pode ter sido uma vingança do Serra pela falta de empenho do Aécio em apoiá-lo em 2010.

            Mas se for é apenas secundário.

            Acho que o objetivo principal é fingir alguma isenção para dar espaço para um ataque frontal e direto à Dilma quando chegar na sua entrevista.

            Talvez até soltando mais uma das tentativas de “bala de prata”, com alguma denúncia falsa fabricada, a ser solta na hora para não dar tempo à Dilma de reunir dados e desmentir o ataque.

            Pode ser também que soltem a mentira um dia antes, de modo a corarem uma resposta sem que haja tempo de levantar os dados para um desmentido.

            Concordo com você, alguma armação tem nessa história.

             

             

    • Que moral teria o PSDB

      Que moral teria o PSDB trocando de candidato aos 45 do segundo tempo?

      Talvez houvesse um dedo no Serra no caso da Folha. Mas do JN, duvido. Eles estão é “preparando o terreno” para a entrevista com a Dilma. Fazendo de conta que são imparciais só pra poderem bater a vontade.

      • Concordo.
        Quem se

        Concordo.

        Quem se impressionou com a virulência do Bonner em 2010 contra a Dilma, acreditará na quarta-feira ter sido isto um afago.

        O bombardeio será muito mais intenso contra a Dilma e, claro, tentarão pregar na testa dela o Mensalão, Pasadena, PIBinho, crise e etc. Sequer deixarão ela falar.

      • Com perdão

        “Que moral teria o PSDB trocando de candidato aos 45 do segundo tempo?”

         

        Perdão, mas acordei trocadilhista. “45” e “segundo” têm tudo a ver com o PSDB.

  2. A parcialidade da mídia é tão

    A parcialidade da mídia é tão escancarada, que quando o JN ou a Folha fazem o mínimo que se espera de uma empresa jornalística, todo mundo fica surpreso.

     

    • eles sabem o que fazem…

      …uma vez quando particpei de um retiro espiritual da minha paróquia, um padre disse algo mais ou menos assim:

       

      “quando alguém pratica a maldade por desconhecer a bondade, é suportável, mas temos de corrigir isso… mas quando alguém pratica a maldade conhecendo a bondade, é inaceitável !!”

       

      portanto, a Globo sabe o que é jornalismo de verdade, e se não o faz, é por causa de interesses que já conhecemos…

  3. Vão pegar pesado com Dilma,

    Vão pegar pesado com Dilma, mas aí há uma diferença: Dilma, Lula e todos do “Pê-Tê!” estão acostumados a apanhar enquanto o neto de Tancredo e Dona Risoleta sempre foi mimado pela mídia pró-psdb e sua irmã (dizem) conseguiu manter na rédea curta a imprensa mineira.

  4. ética de aécio?

    Se Aécio diz que os aeroportos familiares estão corretos que ele se sente à vontade com isso, cobrar-lhe postura ética é meio sem sentido.  A ética dele parece ser a que havia nos senhores da casa grande de um Brasil não tão distante assim. Nenhuma!                                                     

     

  5. O mesmo descurso padrão de

    O mesmo descurso padrão de época de campanha que todo político de todo partido e de todo cando do Brasil usa. Prefiro não arriscar em colocar esse candidato de uma turma que, entre os que governam para os ricos, são os que mais governam para os ricos.

  6. E o inacreditável Estado de

    E o inacreditável Estado de Minas, órgão oficioso do tucanato mineiro, escondeu a desastrosa participação de Aécio no JN, na seção de política do seu portal. Desde a chamada da curta matéria, Aécio critica o PT por fazer dos “mensaleiros” heróis, e é ele quem aparece como heroi nessa narrativa do que há de pior no jornalismo brasileiro. Nenhuma palavra sobre o desastre do aecioporto. Leiam e pasmem! 

    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2014/08/12/interna_politica,557533/aecio-neves-critica-tratamento-de-herois-dado-a-mensaleiros.shtml

    • No INACREDITÁVEL ESTADO DE

      No INACREDITÁVEL ESTADO DE MINAS, as únicas matérias que realmente contam são as que eles OMITEM. 

  7. A foto de Trotski

    A velha mídia é tachada de tendenciosa.Ponto. E a nova mídia? Aqui ninguém comentou um questionamento do Bonner.O jornalista, em outras palavras, perguntou se o eleitor não estaria confuso, visto que tanto o PT como os tucanos cometem malfeitos idênticos(maracutaias,, mensalões, etc. etc). Aff!  

    Por acaso ,nas entrelinhas,  ele quis dizer dizer que os dois partidos são corruptos?

  8. Aguardem

    É só teatro por parte da rede de esgoto de televisão. A mesma quer passar a imagem de imparcial e isso significa que a Dilma terá muito chumbo quente pela frente. Aguardem. Para os incautos: acordem e saiam da MATRIX chamada PIG.

     

  9. Pois é

    Tudo tem seu preço. Depois de anos fazendo campanha mancheteando, apagões, défits astronômicos, inflação e o inacreditável não vai ter copa por falta de estádios, transporte etc tem que mostrar um mínimo de isenção. Afinal a confiabilidade esta ‘meio’ baixa. 

    Mas as medidas impopulares tinham outra conotação, emprego e salário, em especial reajuste do salário mínimo.  Não sei se tem alguém querendo comprar ou vender as ações de Petrobras com este reajuste dos combustíveis, qual mesmo a defasagem no preço da gasolina? sobre este reajuste vai incidir os quase 50% de ICMS?

  10. Não vejo ataque a candidatura

    Não vejo ataque a candidatura do Aécim no JN. Foi de perguntas e respostas treinadas, visto que favoreceu a ele desmentir acusações da má gestão e trocar a imagem de corrupto pela de inocente e brilhante.

    • Concordo!

      Estava tudo combinadinho. Claro que não poderiam deixar de mencionar o caso do Aeroporto. Ficaria escancarada demais a preferência. Foi um motivo para o AH! é sim  tentar uma defesa. Mas o candidato é tão vazio e nada convincente, que só mostrou o despreparo até mesmo para mentir. O caso dele é outro. Só se dá bem curtindo as noites aqui no Rio. Há ocasiões em que tenho até pena!  Como uma irmã pode trazer infelicidade! Pobre do menino rico, tem tudo para viver como gosta…  mas…

  11. Não dá pra confiar

    A Globo não dá ponto sem nó. Se fosse uma materiazinha qualquer de um programa qualquer, poderia mesmo ser um feito de seus jornalistas. Mas no JN… é que tem coisa por trás. Pode, p. ex., estar ligado ao manchetômetro da UFRJ, que escancarou a preferência descarada da emisorra por Aécio. E que gerou aquela por ora solitária atitude de um cidadão contestando o uso político particular e ilegal de uma concessão pública. Pode ser por isso e outras coisas mais. Não me espantaria se, depois de chutar por debaixo da rede as canelas do quindim da casa, o JN levantasse a bola imparcialmente para a Dilma cortar. Pode ser também, ao contrário, para descer mais à vontade o sarrafo na Dilma, fingindo não tratar os 2 com pesos e medidas diversos. A ver.

  12. Foi só pra não dizerem que

    Foi só pra não dizerem que não falaram das flores. Aguardem o cacête estratosférico quando for a vez de Dilma.

    A propósito, senador: o que deseduca é o não julgamento, a não condenação.

  13. Aécio é fraco, muito fraco.

    Aécio é fraco, muito fraco. Paulatinamente começo a entender os porquês dessa fraqueza. O primeiro deles é a mais absoluta falta de sinceridade que exala na sua postura e falas. Repassa apenas o script previamente decorado. O segundo, a pobreza de idéias ou propostas que fujam ao “padrão de qualidade” tucano: redução de gastos, enxugamento da “máquina”, ataque a corrupção e blá blá blá. A mesma toada do Serra em 2002/2010 e do Alckmin em 2006. Ou seja, nada de novo no puleiro tucano. 

  14. Com perdão (2)

     

    “Jornal Nacional cobra de Aécio questões éticas e propostas claras”

    Desculpem, mas acordei trocadilhista. Se fosse para cobrar respostas claras de Neves, teria de ser no programa da Ana Maria Braga.

  15.  
    Se o Bonner pegar pesado

     

    Se o Bonner pegar pesado com a Dilma como pegou com o Aécio, podem ter certeza, a Dilma vai gaguejar feio. Além é claro, de não dizer nada com nada!!!

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkessa piada é muito boa. Se fosse o FHC ia privatizar ela. 

    • A malandragem…

      Dilma nunca foi política. Não possui a malandragem nem o cinismo das mentiras da grande maioria dos políticos e aí incluo o Aésim do aroporto de Claudio e Montesuma. É dígna. Jamais faria o papel ridículo e vexatório que faz Eduardo Campos, que atira no governo que até ontem o prestigiava. DIlma não mentirá como mentiu Aécio, mas com muita honradez mostrará a credibilidade dos justos que com trabalho e tenacidade, mostram com a cabeça erguida, seus feitos e a garra para continuar a luta pelo o povo, e o orgulho de elevar o nome de nosso país. Mil vezes um discurso menos articulado, mas sincero, do que um discurso de político ” profissional” que ainda consegue envolver os incautos.

  16. Jornal Nacional cobra de Aécio questões éticas e propostas clara

    Resumo da ópera, Aécio virou uma biruta de aeroporto. Simples assim.

  17. Alguém tem que questionar o

    Alguém tem que questionar o tal aeroporto naquilo que é o essencial: 14 MILHÕES pela PAVIMENTAÇÃO DE UM QUILÔMETRO DE PISTA.  O Tancredo não se vangloriou, à época, de ter feito a obra? Não tenho dúvida de que “cortou a fita” e foi o primeiro a pousar lá.  Ora! O Baladeiro apenas PAVIMENTOU A PÔRRA DA PISTA. Considerando esse estratosférico superfaturamento tudo o mais é acessório. Se ele usou ou não, se é sítio ou fazenda, se o primo é porteiro ou não, se beneficiou Titio ou não. Tudo é cosmético diante do descalabro dos 14 MILHÕES. Registre-se que, no nordeste – não me lembro em que Estado, foi construído, A PARTIR DO ZERO, um aeroporto com um qulômetro e meio  de pista (portanto 50% maior) ao custo de 5 milhões. 

    • Pois é…

      Nenhuma pergunta sobre os 14 milhões do governo  de Minas, para fazer a pista do ” seu” aeroporto.  Bonner é bonzinho… O AH!ésim já sabia das perguntas a serem respondidas, mas mesmo assim mostrou o   quanto inconsistente é!  Isso é que dá querer fazer de um play boy, um candidato à presidência do país. Que mico !!!!!

    •  
      Na quarta eu quero ver o

       

      Na quarta eu quero ver o Boner questionar o 1 Bilhão de prejuízo que a Dilma deu na PeTrobrás!!!

      • não se pode falar em prejuízo

        não se pode falar em prejuízo quando se tinha notícias quentíssima e singilosas de que em pouco dias o preço de combustível  nos  States iria subir uns 40% e, portanto, em menos de três meses só o estoque pagaria tudo e ainda teriam alguns bilhões de lucro.

  18. Santa ingenuidade

    Santa ingenuidade Batman!

    Achar que a Globo pegou pesado porque fez meia dúzias de perguntas, que qualquer jornalista mediocre faria em uma entrevista de cartas marcadas: marcada para a emissora marcar posição de “neutralidade” e  marcada para o candidato se defender.

    Se quissesse pegar pesado teria feito matérias exaustivas, investigando os valores envolvidos, os motivos, os beneficiários, desmascarado as mentiras do senador candidato.

    Foi apenas jogo de encenação para poder pegar super-mega-blaster pesado com a DILMA, que por incrível que pareça é sempre a última a ser entrevistada, para ficar mais fresco na memória do eleitor.

    Eu só não entendo o por que da obstinação do PT e seus candidatos em dar tanto a cara a tapa?

    Eles deveriam ter feito igual ao OBAMA e declarar que, como a FOX no EUA, as organizações GLOBO cumprem um papel de partido político de oposição e como tal deveriam ser tratado

    –  Não as entrevistas;

    – Não a verba pública de publicidade oficial;

    – e o peso da lei uma vez que é uma sonegadora de impostos.

    Mas a presidenta da república, tem medo … o que fazer … Ou fica em posição de cincunflexo ou apanha calada ou as duas coisas.

  19. e o governo brasileiro não

    e o governo brasileiro não tem opinião sobre o massacre de cristãos e outras minorias no Iraque pelos criminosos do califado?

    ou será que somente as posições que rendem simpatias com os paises reacionairos arabes e que são tomadas?

    • Qual a sua sugestão?
      Que o
      Qual a sua sugestão?

      Que o Brasil convoque o embaixador brasileiro no “califado” para consultas? Ou que mande os pracinhas para lá?

  20. Fico com o pé atrás, claro

    Vindo Globo, e de Bonner principalmente, tucano até em Plutão ou no Cinturão de Orth, eu desconfio de qualquer atitude que denote “imparcialidade” e “credibilidade”, lembro bem do que ele fez com a Dilma em 2010.

    Ai tem truta senhores e senhoras, é não das comestíveis não.

    Aguardemos a quarta e os próximos capítulos da novela non-sense e matrixiana chamada Jornal Nacional.

  21. Bonner pegou pesado com o

    Bonner pegou pesado com o Aécio? KKKKKKK  Pegaria pesado se perguntasse por que gastou 14 milhões numa pista de 1 quilômetro, se perguntasse sobre o primo dele que tem a chave do aéroporto e que está sendo processado por venda de sentença a traficantes, se perguntasse se o Aécio se sente a vontade em levar, se ganhar, para o Planalto a turma da Privataria Tucana e outras perguntas que o povo tem curiosidade nas respostas do Aécio. O que o JN fez foi um H para ter desculpas de cacetear a Dilma com grosserias como fez em 2010.

  22. Perguntar se uma fazenda com

    Perguntar se uma fazenda com aeroporto ao lado vale mais que uma sem aeroporto é duplamente ridículo.

    Mais ridícula ainda é a resposta: é um sítio.

    Isso é resposta ?

    As perguntas certas:

    Por que construir um aeroporto em Cláudio, se já há aeroporto na região?

    Por que a chave fica com o primo?

    Por que utilizar o aeroporto sem autorização da ANAC?

    Por que o custo tão alto do aeroporto, comparado a outros do mesmo porte?

    O candidato se sente constrangido pelo fato do primo que tem as chaves do aeroporto ter confessado que conseguia soltar traficantes de cocaína subornando desembargador nomeado pelo candidato?

     

  23. OS PARLEMAS ENTREVISTADORES

    OS PARLEMAS ENTREVISTADORES DA GLOBO NÃO SABEM DE NADA…OU FINGEM?

    O vadio do Aécio, usuário exclusivo do aeroporto clandestino de Cláudio, o gajo que, como aprendiz privilegiado do avó tancredo nas artes da simulação, da mentira e de tantas outras trambicagens, não iria claudicar para responder perguntinhas mequetrefes e de conteudo tão superficias. Perguntas que na verdade, nem seriam passíveis de respostas, estivesse sendo entrevistado por jornalistas de verdade o cabra se lascava.  Aquilo não passa de um simulacro medíocre.

    A única bobagem que me atraiu a atenção, foi o vadio dizer que pousou com o jatinho (nunca se pergunta de quem), mas não sabia que o campo, que os tolos chamam de aeroporto, se tratava de uma pista não homologada. Ou seja, aquilo, a rigor, trata-se  de uma excelente infraestrutura conviniente como campo de pouso clandestino, e, não resta à mim, nenhuma dúvida, que assim o seja, de caso pensado.

    Qual serventia seria agregada, construir algo igual, mesmo usando dinheiro público, ao que voce já tem disponível? Isso, um aeroporto de fato, homologado, a poucos quilômetros de sua propriedade?  Creio que a grande jogada, é você ter disponibilidade para seu piloto fazer seu plano de voo obrigatório para o aeródromo legalizado, lindeiro, ao seu aeroporto gabiarra privado. Onde vosmecê, caso seja flagrado, com tanto petralha solto,  pode dizer que houve um pé de vento de través obriagando-o à recorrer ao conveniente e estratégico aeroporto gambiarra de apoio, construido no quintal de titio.

    Ai velho, quem vai fiscalizar se vosmecê transporta produtos indevidos, de propriedade do mordomo? Digo, do piloto? ….Claro! Quem guarda as chaves, comanda a torrre de Contrôle de voo, e fiscaliza se a aeronave transporta algo ilegal, digamos assim, só por suposto: uns pacotes de dinheiro vivo para abastecer os alforges de cabos eleitorais, por exemplo….ou, eventualmente, venha um amigo perrela necessitar de um pouso de emergência…nunca se sabe né? O que sei é que, uma mão lava a outra, e a outra lava a jega…

    Orlando

    PS: Em tempos de eleições, ter uma gabiarra dessas, é uma mão na roda…

  24. Foram as melhores respostas

    Foram as melhores respostas que eles conseguiram formular no media trainning. Pra mim, a Globo enviou as perguntas com uma semana de antecedência.

  25. A militancia petista aqui do

    A militancia petista aqui do blog está com nervos a flor da pele. Sabem que sua candidata é ruim de oratória e articulação de ideias.A imprensa tem mesmo que bater. Porem, pelo teor dos comentarios, a imprensa dos sonhos dos comissarios deveria bater no Aecio e levantar a bola para a Dilma. É por esta e outras que não dá para se fiar nesta conversa de ley dos medios. Sorte que o PT tem correntes mais ajuizadas e que entendem o jogo democratico. Os inimigos do PT estão neste tipo de militancia raivosa, dogmática, chata, cega, intolerante, dona da verdade, desprovida de autocrítica . São folclóricos e bizarros . Verdadeiros cabos anti eleitorais.

    • Farofa mineira, uai

      armandolo,

      Parece que alguma cigana te enganou;

      O candidato de tucano de oposição [e fraquíssimo, não se compromete com qualquer tipo de meta, ou seja, é exaramente aquilo que o PSDB espera dele, um fantoche nas mãos dos Bornhausen, Agriíino “rabo de palhas”, Zezinho da Mooca,Tasso, Fraga e alguns outros, um grupo de cobras criadas pronto prá botar o “meu garoto” no lugar dele. 

      O bon vivant não governaria nem mesmo por um dia, o resto é farofa – se quiserem, farofa de macumba;

      Brasília nunca foi, não é e nunca será BH, são mundos completamente diferentes, e prá piorar a vida do mineirim, esres seus 20% /22%  de intenção de voto parecem ser o seu teto – empacou como uma mula neste patamar ,e ai, nada no horizonte que não seja passeios de avião..

       

      • Não sou eleitor do Aecio. Em

        Não sou eleitor do Aecio. Em nenhum momento no meu comentario sequer dei a entender isto. Agora, não dá para suportar os delirios desta corrente intolerante do partido. Esses caras são loucos, e tenho medo sim, que uma hora eles possuam alguma representatividade no partido. São anti cabos eleitorais. E saiba que nutro simpatia pela corrente mais moderada do PT, sou eleitor do senador Suplicy. Saudações. 

    • O problema é que deveriam ter

      O problema é que deveriam ter publicados as perguntas para que os petistas pudesse colocar o que ela deveria responde, afnal ela não deve responder pelo que pensa apenas, mas o que base petista vai sustentar nas ruas. Caso Petrobrás, por exemplo. Tem duas CPI abertas que vão buscar toda verdade e, portanto, além de uma falta de ética, é até crime alguém do executivo comentar isso.

  26. Cartas Marcadas

    Nassif: a entrevista foi “jogo com cartas marcadas”. O Playboy com residência nas Alterosas, mas com domicilio no Leme, “teve 15 minutos ao lado de William Bonner e Patrícia Poeta”. Porém, é preciso acrescentar que durante 45 minutos, antes, nos bastidores, perguntas e respostas foram meticulosamente ensaiadas com o Diretor Geral de Jornalismo, Ali Kamel, e o “mensageiro” da ABL, Merval Pereira, especialmente a questão do “aécioporto” mineiro. A suposta “insistência” do âncora da emissora foi meticulosamente ensaiada. Puro jogo de cena, como já havia sido combinado e executado com a revista “Veja”. Só faltou anunciar que para ajudar o candidato de São Paulo vai anunciar a transposição das nascentes do São Francisco para o volume morto da Cantareira. Mas promete para a próxima entrevista, desta vez na Folha

  27. Rede Globo e a “entrevista pesada” com Aécio Neves:

    Fiz uma reflexão sobre a “entrevista pesada” da Globo em seu JN para com o candidato Aécio Neves, vou postá-la aqui:

    Rede Globo e a “entrevista pesada” com Aécio Neves: uma questão de sobrevivência.

    Muito mais do que acreditarmos na ideia de que a Rede Globo pegou pesado com Aécio Neves, penso eu, temos que acreditar é na busca da emissora em passar certa isenção por necessidade própria.

    Eu defendo a tese, me veio a ideia ontem, que o jogo entre PT e Rede Globo pode estar se desnivelando. Hoje, o PT está com mais audiência (no caso do PT são votos) do que a Rede Globo, que está com menos audiência (telespectadores).

    Esta guinada faz da Rede Globo uma espécie de Estados Unidos na relação com o mundo, do declínio do Império vem as constantes guerras na busca de mostrar o poder que, paulatinamente, perde.

    Credibilidade e compromissos da Rede Globo não casam. O par não combina. Ela precisa dar a resposta na forma mais visual para uma já treinada plateia (uma grande maioria dela), que sabe do seu partidarismo político via noticiário.

    E muitos formadores de opinião sabem do seu apoio a quem se mostra favorável ao implante “sem restrições” do seu modelo de sociedade e que possui seus patrocinadores externos: o Capitalismo Financeiro e o Império Norte-Americano.

    Numa entrevista se pode dar este ar de imparcialidade e de resgate mínimo de sua credibilidade. É o tal: – está vendo é muito choro dos petistas, a Globo pega pesado, também, com o candidato do PSDB. E tem o efeito de minimizar no telespectador o já consciente, pela maioria dos brasileiros, partidarismo da emissora.

    Aécio Neves é o candidato frágil e suas ligações nebulosas, melhor, o seu entorno nebuloso, com contravenções pesadas. É um perigo ainda maior para a emissora associar sua imagem ao candidato, imagina a credibilidade de uma Rede Globo abalada por um candidato que o Tio e um Desembargador (segundo numa lista tríplice e nomeado por Aécio) vendiam sentenças para libertação de traficantes; que o helicóptero de seus aliados políticos (os Perrelas – um deles Senador da República) foi abatido pela PF com 400 quilos de cocaína em pasta e que este helicóptero foi abastecido cerca de 14 quilômetros da fazenda de Aécio. Imagina se a Justiça faz a ponte desses episódios?

    Sem contar a inexplicável história do superfaturado Aeroporto de Claudio, que não se sabe a razão de sua construção e utilização para além da comodidade pessoal do candidato e família e que nem autorização de funcionamento possui, apesar do candidato utilizá-lo, acarretando riscos de acidentes aéreos com outras aeronaves.

    A Rede Globo já sabe onde não pode pôr os pés. Aécio Neves não vai ser atacado, mas não será alçado ao posto de “Herói Nacional” para salvar o Brasil do PT. Não vai ser o novo “Caçador de Marajás”, este script não dá. E as razões descrevi acima:

    1) Não está sendo bom associar a imagem da emissora ao candidato, pelas ligações nebulosas de Aécio Neves;

    2) A Rede Globo não tem bala na agulha para detonar o PT hoje, está em desvantagem de aliados (telespectadores em menor número que o número de votos no PT);

    O que se quer quando se exagera contra o PT, quando se coloca acima da notícia os jornalistas da casa é tentar recuperar uma audiência via comiseração. Os coitadinhos estão sendo “humilhados”, estão sendo “desrespeitados”, façamos uma novela para estes protagonistas!

    É a busca de retorno da audiência pela via “novelística”.

    E existe um terceiro ponto a ser recuperado:

    3) A realidade do Poder imaginado e o Poder de fato, em que hoje a Rede Globo mais crê ter (ou sabe que não tem) Poder do que realmente tem Poder. É o começo do fim do Império Global.

    A sobrevida se dá em ameaças pesadas ao Governo Federal, escândalos fabricados, que a emissora sabe não vão surtir efeito concreto, mas podem inibir a Presidenta Dilma de propor uma Regulamentação dos Meios de Comunicação, esta a razão principal da fúria global contra o Governo do PT. Se Dilma acenar que não haverá Lei de Médios e que as verbas publicitárias do Governo Federal e suas estatais se manterão fieis em grande proporção na emissora, eles acalmam e fazem uma “cara de paisagem”.

    O dinheiro da publicidade do Governo e estatais está no centro do jogo.

    Não dá mais para a Rede Globo impor sua Ideologia e pauta política + modelo de sociedade quando o carro-chefe da emissora, o JN tem ficado com 20% de audiência e que sabemos, pode ser fictícia, porque nesse horário a TV fica ligada à espera da novela das 21 horas.

  28. acho que levantaram a bola

    acho que levantaram a bola pra ele mas ele ‘judiou” (como dizem os cronistas esportivos) tanto dela e chutoiu pra todo lado que acertou o arame da porteira do  aeroporto de claudio e o capotão furou…

    daí todo esse papo furadíssiimo…

  29. Tem mato neste coelho! Ou seria ao contrário?

    Parece-me que a rede Globo já deve ter alguma pesquisa qualitativa que indica a queda inexorável do Aécio nas intensões de voto, sendo assim para um balão que já está esvaziando um furinho a mais não faz diferença!

  30. As minhas perguntas

    As minhas perguntas seriam

    a)  do que esse fez para obrigar  Lula fazer acordo com a turma dele para prefeitura de BH

    b) o porquê de ter um operador altamente eficaz em passar mão de grana de estatais para financiar campanha e doa esse aos petistas.

     

  31. A Globo surpreende?

    Houve uma certa perplexidade quanto ao que pareceu ser uma saia justa que a Globo teria criado para Aécio Neves.

    É possível que ela tenha feito algumas perguntas que Aécio não esperava.

    E qualquer pergunta a Aécio gera nele duas reações: dizer platitudes, como foi o caso, ou não responder e sair correndo. Como tem sido com o aecioporto; “isso já foi esclarecido”, e sebo nas pernas como diziam antigamente.

    Mas, de boba a Globo não tem nada.

    Duas possibilidades?

    Talvez.

    Uma, o manchetômetro.

    O manchetômetro da UERJ flagra a Globo num erro jornalístico sem igual.

    Qualquer estudante de jornalismo e mesmo um leigo, desde quando seja inteligente e tenha o mínimo de dignidade, perceberá que a postura da vênus platinada fere os mais elementares princípios do jornalismo minimamente decente. Ficou numa situação no mínimo muito desconfortável e que não tem como ser explicada.

    Se a Globo está preocupada com isso ou não é outra história. Todos sabemos que o desespero pode nos levar a atitudes que em condições normais jamais tomaríamos.

    Outra.

    Serra.

    É possível que ela já tenha percebido em definitivo que com Aécio não dá. Percepção essa em que teria a companhia de empresários e banqueiros (os donos do dinheiro) e os próprios políticos do consórcio PSDB/DEM. E aí, por incrível que possa parecer, Serra seria a solução.

    Melhor dizendo, a alternativa.

    Solução não existe.

    Mas ninguém se engane.

    A Globo não quer Dilma de jeito nenhum. Ao “apertar” um pouco Aécio, ela quer se “mostrar” neutra e se dá o direito de fazer qualquer pergunta.

    Vai tentar jogar Dilma nas cordas.

    A qualquer preço.

    É esperar para ver.

  32. extrangeiros nas estradas
    Vi no JORNAL NACIONAL una horrorosa
    e xenofoba materia sobre como os argentinos
    dirigen mal e cometen infracoes de transitoo.
    Vamos gente ….Como si os brasileiros
    foran todos branca de neve de bonzinhos
    Faz 15anos que moro no BRASIL e vejo
    No dia a dia a salvajaria que e o transito
    neste pais .
    Agora sera que no dio para ver algun
    argentino dirigindo corretamente?
    Esta materia como outras dos medios
    em geral e da GLOBO em particular
    com esse nazionalismo de metade
    do seculo passado ja nao convence
    rnao agrada a ninguein .
    Sinceramente quero dizer que me senti
    enjoado e ofendido com sua materia
    Traten de ser mais tolerantes e universalistas
    Nunca jamais en la vida asisti na argentina
    uma materia de esse ton cacando placas
    a ver si el que comete infracao de transito
    e argentino o brasileiro.
    E infracao e punto.
    Porque nao vao a catar coquinho!!!

  33. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome