Início Tags Jornal Nacional

Tag: Jornal Nacional

Na edição dos 301 mil mortos por Covid, o cheiro é de acomodação e...

A expectativa era de uma edição mais dramática, mais dura, pelo tom que o JN vinha adotando e até pela edição de 5 de março, quando colocou em Jair o carimbo pela Pandemia. Mas não foi isso o que ocorreu.

Após muitos anos, Lula recupera o direito à voz e retoma a cena no...

Novamente, uma edição surpreendente do JN, numa semana que está recheada de edições surpreendentes, com amplo destaque do discurso de Lula

Eliara Santana na Maratona GGN: A queda da Lava Jato atinge a imprensa de...

Declaração foi dada em entrevista concedida ao jornalista Luis Nassif nesta tarde de terça-feira (9), durante a Maratona GGN: o impacto político e jurídico da volta de Lula, live especial exibida na TV GGN

Por que o Jornal Nacional não deu o palavrão de Bolsonaro

Bolsonaro deitou e rolou no caso, a ponto de mandar a imprensa para a p.q.p., em uma churrascaria, sendo saudado como “mito” por suas milícias.

Por que o Jornal Nacional não deu o palavrão de Bolsonaro

Bolsonaro deitou e rolou no caso, a ponto de mandar a imprensa para a p.q.p., em uma churrascaria, sendo saudado como “mito” por suas milícias.

O calvário da Globo, vítima do excesso de poder, por Luis Nassif

Dia desses vou desenterrar uma coluna que escrevi para a Folha, no final dos anos 90, mostrando como o superpoder transformaria a Globo em um paquiderme acomodado, perdendo toda a vitalidade criativa que marcou a era Bonifácio de Oliveira Sobrinho.

A morte de Octavio Tostes e a manipulação do debate de Collor e Lula.

Jornalista foi responsável pela edição do debate entre Lula e Fernando Collor, em 1989; Tostes não resistiu a uma parada cardíaca

JN desta sexta: desinformação sistemática e calhordice, por Eliara Santana

Imagem vermelha com canos enferrujados e dinheiro escorrendo é estampada na leitura da nota, confrontando a inocência de Lula admitida pela juíza

Desinformação, a gente vê por aqui, por Eliara Santana

A construção da desinformação. Com estratégias sempre muito refinadas

Investidas do JN contra família Bolsonaro são estratégicas, analisa Eliara Santana

Análise sobre posicionamento do telejornal acontece em meio ao movimento da grande mídia em explanar censura contra Rede Globo. A mesma mídia que se calou sobre a censura sofrida pelo GGN

Brasil precisa urgentemente de alfabetização midiática, diz Eliara Santana

À TV GGN, doutora em estudos linguísticos fala sobre o tratamento do governo Bolsonaro no Jornal Nacional, os desafios da oposição na área comunicacional, entre outros assuntos. Assista

Caso Palocci: A mídia como promotoria e suas injustiças irreparáveis

A concretude do processo jurídico corre o risco de passar a um segundo plano, e a mídia a exercer o domínio narrativo do caso segundo os seus interesses

Quem decide a política no Brasil são atores externos, comentário de Rafael Viera

Agora, resta a nossas elites (militar, financeira, empresarial, burocrática estatal, midiática, política) seguir o caminho traçado por Washington, rumo ao fúnebre neoliberalismo. Quando mudar o cenário internacional, mudará o Brasil.

Xadrez do pacto ultraliberal com um Bolsonaro domesticado

Julgar que Bolsonaro pode ser eternamente domesticado é a mesma coisa que dar uma dieta vegetariana para uma hiena, e apostar que nunca mais ela voltará a gostar de carniça.

Globo defende ideais do Instituto Millenium, por Wilson Gomes

O Estado brasileiro pode ainda ser menor do que é? Como pode ser menor se nas periferias e grotões ele quase já não existe e todo o dia o telejornal se queixa disso?

Para Bolsonaro, Globo “festejou” 100 mil mortes por covid-19

Presidente usa slogan integralista, diz que emissora “debochou” da cloroquina e celebrou os óbitos “como uma verdadeira final da Copa do Mundo”

O caso CNN com Alexandre Garcia e os limites da opinião, por Luis Nassif

Em um país em que a mídia pratica a invisibilidade em larga escala, é meio paradoxal pedir critérios para expor o contraditório

Boletim do Jornal Nacional de 2 de junho, por Eliara Santana

Blocos foram bem grandes e formaram campos de sentidos muito visíveis e densos.

Boletim do Jornal Nacional de 28 de maio, por Eliara Santana

O bloco geral “Desconstrução” foi um primor. Vinte e seis minutos, em matérias distintas, mas sequenciadas, para dimensionar não apenas quem é o presidente mas quem é o grupo no poder.

Da montanha sai um rato: falha no JN, o teste de Bolsonaro e vídeo...

O teste negativo do COVID-19 do presidente e a guerra semântica de versões sobre “comprometedor” conteúdo do vídeo da reunião interministerial.

Leia também

Últimas notícias

GGN