Agressor da procuradora-geral de Registro é preso

Justiça já havia decretado a prisão de Demétrius Oliveira de Macedo na tarde de ontem (22). Procurador havia se internado em uma clínica após o episódio

Reprodução/Redes sociais

O procurador Demétrius Oliveira de Macedo foi preso na manhã desta quinta-feira (23), em São Paulo. Ele foi filmado espancando chefe e procuradora-geral do município de Registro, Gabriela Sabadello Monteiro de Barros, durante o expediente na última segunda-feira (20).

A justiça havia determinado a prisão de Demétrius na quarta (22). A polícia de Registro foi até a casa do agressor, mas ele não foi encontrado.

De acordo com o delegado-geral de São Paulo, Osvaldo Nico Gonçalves, o procurador se internou em uma clínica após o episódio vir a público.

“Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

Hoje, Demétrius foi levado para o Palácio da Polícia na capital paulista, onde será cumprido o mandado de prisão e, após exame de corpo de delito, será encaminhado para Registro, onde permanecerá preso.

Nas redes sociais, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), confirmou a prisão. “Que a Justiça faça a sua parte agora e use contra ele todo o peso da lei. Agressor de mulher vai pra cadeia aqui em SP. Denuncie sempre”, escreveu no Twitter.

Leia também:

Agressor da procuradora-geral de Registro pode ser excluído da OAB

Jornal GGN produzirá documentário sobre esquemas da ultradireita mundial e ameaça eleitoral. Saiba como apoiar

Jornal GGN abre inscrições para curso sobre Desinformação, Letramento Midiático e Democracia

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador