CNJ identifica possíveis gastos de R$ 1 bi sem comprovação na Lava Jato

Ana Gabriela Sales
Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.
[email protected]

Órgão realiza correição extraordinária nos tribunais relacionados a força-tarefa

Divulgação

Técnicos do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), responsáveis pela correição extraordinária na 13ª Vara Federal de Curitiba, apuram indícios de gastos na Operação Lava Jato de cerca de R$ 1 bilhão sem documentação comprobatória.

Os valores suspeitos são de bens apreendidos e acordos de leniência. Só os acordos já envolveram cerca de R$ 6 bilhões. No entanto, além das preocupações com os gastos, há suspeitas de irregularidades menores, como destinação indevida de recursos para o Judiciário, a polícia e o Ministério Público.

“Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn”      

Inicialmente, a correição extraordinária estava concentrada em torno de aproximadamente R$ 300 milhões em depósitos judiciais determinados pela Lava Jato, que estavam sob investigação na 13ª Vara e no gabinete dos desembargadores que integram a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Agora, apesar das mudanças na liderança da 13ª Vara, a auditoria continuará tanto na primeira instância quanto na segunda instância responsáveis pela operação. Também está prevista uma análise minuciosa dos acordos de cooperação internacional e do processo de condução das delações premiadas.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Leia também:

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador